Antevisão

Ami não é o único. Citroën revela planos para eletrificação e anuncia novo… C4

O plano de eletrificação da Citroën é, no mínimo, ambicioso. Até ao final do ano a marca francesa vai lançar um total de seis modelos eletrificados.

A nossa recente viagem até Paris não serviu apenas para ficarmos a conhecer o novo Citroën Ami, e na capital francesa ficámos a par do ambicioso plano de eletrificação da Citroën.

No total, até ao final deste ano a Citroën pretende lançar seis modelos eletrificados: cinco 100% elétricos e um híbrido plug-in, que já conhecemos: o C5 Aircross Hybrid já tem preços para Portugal e chega em junho ao mercado nacional.

No que diz respeito ao resto do plano de eletrificação da Citroën, este é composto pelas versões elétricas dos comerciais Jumper e Jumpy, pela versão elétrica do SpaceTourer, pelo novo Citroën Ami e por um novo modelo do segmento C (um verdadeiro sucessor para o C4). Todos eles deverão chegar ao mercado até ao final do ano.

VÊ TAMBÉM: Esta é a nova face do Citroën C3, mas há mais novidades
Citroën SpaceTourer
Tal como as “primas” Opel Zafira Life e Peugeot Traveller, também a Citroën SpaceTourer vai contar com uma versão elétrica.

O que já se sabe sobre o novo C4?

Como é óbvio, o modelo que mais atenções capta em todo o plano de eletrificação da Citroën é precisamente aquele cujas formas desconhecemos.

Destinado a substituir o C4 Cactus, que por sua vez já tinha tomado o lugar do C4 quando foi re-estilizado, o novo modelo também vai contar com motores a gasóleo e a gasolina. Ao que tudo indica será desenvolvido com base na plataforma CMP, a mesma dos Peugeot 208 e 2008, DS 3 Crossback e Opel Corsa.

Segundo a diretora de produto da Citroën, Laurence Hansen, o novo modelo irá “ao encontro das expetativas dos consumidores. Não será um hatchback típico e terá uma postura mais elevada”, o que deixa antever um modelo com o formato crossover tão em voga na atualidade.

VÊ TAMBÉM: Citroën C4 Cactus. Vem aí um sucessor, mas será um Cactus?

Já o CEO da Citroën, Vincent Cobee afirmou que o modelo terá linhas mais consensuais que o C4 Cactus, modelo com o qual a marca francesa “se deixou entusiasmar um pouco com as suas próprias capacidades de inovação”.

Sabes responder a esta?
Qual era a cilindrada do Citroën BX 4TC?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Citroën BX 4TC: o carro de ralis que a Citroën quis esquecer

Mais artigos em Notícias