Mercado

SEAT bate todos os recordes em Portugal e no mundo

Desde um recorde de vendas mundial até um 7º lugar no mercado português, 2019 foi um ano de sucesso para a SEAT. Estes são os números de um ano histórico.

Tal como te tínhamos dito há cerca de um mês, 2019 foi sinónimo de sucesso para a SEAT. Se entre janeiro e novembro do ano passado a marca já havia batido o recorde de vendas obtido em 2018, o mês de dezembro serviu para consolidar ainda mais um ano histórico para a marca espanhola.

No total, em 2019 a SEAT vendeu 574 100 automóveis (entre janeiro e novembro tinham sido vendidas 542 800 unidades), um valor que representa um crescimento de 10,9% face a 2018 e, como é óbvio, mais um recorde de vendas a nível mundial para a marca sediada em Martorell.

Como te dissemos, o mês de dezembro veio confirmar o “bom momento de forma” da SEAT. Só no último mês do ano as vendas subiram 23,4% face ao mês homólogo de 2018, tendo sido vendidas 31 300 unidades.

Este novo recorde de vendas sublinha o êxito da estratégia que lançámos em 2016 com a ofensiva SUV. Pelo terceiro ano consecutivo, as nossas entregas cresceram a dois dígitos e somos uma das marcas com maior crescimento na Europa.

Wayne Griffiths, vice-presidente de Vendas e Marketing da SEAT e CEO da CUPRA
VÊ TAMBÉM: Entrevistámos Isidre López, o «guardião» da história da SEAT

Os best-seller da SEAT em 2019

Apesar de o seu substituto ter revelação marcada para 28 de janeiro, o SEAT Leon cotou-se como o modelo mais vendido da SEAT em 2019. No total foram comercializadas 151 900 unidades do modelo lançado em 2012. Atrás deste ficou o Ibiza, com 125 300 unidades vendidas.

VÊ TAMBÉM: Aqui está ela! Esta é a primeira eScooter da SEAT

Representando 44,4% das vendas da SEAT em 2019, os SUV voltaram a revelar a sua importância para o crescimento da marca. O mais vendido foi o Arona, com 123 700 unidades entregues (+25% que em 2018), seguido pelo Ateca (98 500 unidas, +25,9%) e pelo Tarraco do qual se venderam 32 600 unidades no seu primeiro ano de comercialização.

VÊ TAMBÉM: Testámos o SEAT Ateca 1.5 TSI com 150 cv. Faz esquecer o 2.0 TDI?
SEAT gama SUV

Em crescendo estiveram ainda as vendas do Alhambra e do Mii. No caso do monovolume produzido em Palmela foram comercializadas 23 700 unidades (+6,3%) enquanto o citadino viu serem vendidas 13 200 unidades (+0,7%).

VÊ TAMBÉM: Testámos a SEAT Leon ST 1.5 TSI FR. Não é novidade, mas é ainda uma opção a considerar?
SEAT Mii electric
SEAT Mii electric

A CUPRA também ajudou

Com um crescimento de 71,4% nas vendas no seu segundo ano de existência, a CUPRA também tem a sua quota parte de responsabilidade no recorde obtido pela SEAT em 2019.

No total, a marca recém criada vendeu em 2019 um total de 24 700 automóveis. O best-seller foi o Leon CUPRA, com um total de 14 300 unidades vendidas (+7,9%). A este junta-se o CUPRA Ateca, do qual foram comercializadas 10 400 unidades no ano passado.

VÊ TAMBÉM: SEAT Leon Cupra R ST. Lobo em pele de… isso mesmo!

Líder em Espanha e novo recorde na Alemanha

Sem grandes surpresas, a SEAT voltou a consagrar-se como a marca mais vendida em Espanha. No total foram por lá comercializados 108 mil automóveis da marca sediada em Martorell, com o Leon a ser, uma vez mais, o modelo mais vendido no país vizinho.

VÊ TAMBÉM: Este é o plano da SEAT para dinamizar o GNC
SEAT vendas mundiais 2019

Já nos principais mercados europeus, a tendência das vendas da SEAT foi só uma: crescimento. Em Itália as vendas cresceram 30,8% (26 200 unidades), em França 19% (37 800 unidades, o melhor valor desde 2001) e no Reino Unido subiram 9,5% (68 800 unidades).

Já na Alemanha, o crescimento foi de 16,1% com a SEAT a registar por lá, pelo terceiro ano consecutivo, um novo recorde de vendas, com um total de 132 500 unidades vendidas.

VÊ TAMBÉM: A SEAT quer que os carros “falem” com os semáforos

Um ano em grande também em Portugal

Não foi só lá fora que o ano de 2019 foi de sucesso para a SEAT. A prová-lo estão os números alcançados pela marca espanhola no mercado nacional onde a SEAT se estabeleceu no ano passado como a 7ª marca mais vendida (em 2018 tinha sido a 11ª).

O crescimento da marca tem vindo a ser consolidado de forma positiva, em contraciclo com o ambiente económico verificado. A SEAT continua a ganhar quota e mercado, graças à sua ofensiva de produto, em especial à gama SUV

João Borrego, Diretor de Vendas da SEAT Portugal

No total, a marca espanhola vendeu entre janeiro e dezembro um total de 11 302 automóveis em Portugal (contra 9607 vendidos em 2018), um valor que representa um crescimento de 18% nas vendas e que lhe permitiu alcançar uma quota de mercado de 5,05% em 2019 face aos 4,2% registados em 2018.

VÊ TAMBÉM: Nova estratégia de produto pode tornar a SEAT mais premium
SEAT ALHAMBRA Portugal
Produzida em Palmela, a SEAT Alhambra viu as suas vendas crescerem a nível global em 2019.

Os números alcançados em 2019 vêm ainda confirmar uma tendência de crescimento das vendas da SEAT que se tem vindo a fazer sentir desde 2017. É que entre 2017 e 2019 a SEAT alcançou um crescimento de 37%, passando a contar com uma quota de mercado em Portugal de 5,05% face aos 3,7% com que contava em 2017.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o primeiro modelo da SEAT?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

O primeiro SEAT da história faz 65 anos
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

O primeiro SEAT da história faz 65 anos

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos