Antevisão

Citroën C4 Cactus. Vem aí um sucessor, mas será um Cactus?

A CEO da Citroën confirmou que o C4 Cactus não só vai ter um sucessor como vai contar com uma versão elétrica. Não se sabe é se vai manter o nome.

A notícia foi avançada pela Automotive News Europe e veio confirmar aquilo que te tínhamos dito há cerca de um ano: o Citroën C4 Cactus vai mesmo ter um sucessor e este vai contar com uma inédita versão elétrica.

A confirmação do sucessor do C4 Cactus foi feita pela própria CEO da Citroën, Linda Jackson, numa entrevista. No entanto, ainda não se sabe quando é que este será revelado nem quando é que entrará em produção.

Outra das incógnitas prende-se com o nome. Para já, ainda não se sabe se o sucessor do C4 Cactus vai manter o nome “Cactus” ou se será apenas conhecido como “C4” — com o restyling, o C4 Cactus foi reposicionado assumindo também a posição antes ocupada pelo C4.

VÊ TAMBÉM: Citroën BX 4TC: o carro de ralis que a Citroën quis esquecer

Tendo em conta a atual organização da gama da Citroën, o mais provável é que o nome “Cactus” desapareça com o modelo que o estreou (e o único que o utilizou).

Citroën C4 Cactus
O sucessor do C4 Cactus já está confirmado. Resta saber se o nome “Cactus” se mantém.

O que já sabemos

Apesar de ainda não haver data de apresentação ou sequer nome oficial, já se conhecem algumas informações acerca do sucessor do C4 Cactus.

Para além da já confirmada versão 100% elétrica, que se insere numa estratégia de eletrificação com a qual a Citroën pretende, até 2025, ter versões eletrificadas — entre híbridos plug-in e elétricos — de todos os seus modelos, já se sabe que o futuro modelo deverá recorrer à plataforma CMP, a mesma do Peugeot 208, Opel Corsa, Peugeot 2008 e DS 3 Crossback.

No fundo, o que a Citroën se prepara para fazer é o mesmo que a Skoda fez com o Scala: desenvolver um modelo de segmento C com base numa plataforma usada por modelos do segmento B.

VÊ TAMBÉM: Ao volante do novo Citroën C5 Aircross. Valeu a pena esperar?
Citroën C4 Cactus
Com o tempo, as soluções de design mais radicais do C4 Cactus foram dando a opções mais conservadoras. O que podemos esperar do seu sucessor?

Aliás, esta estratégia não é novidade no seio da Citroën, pois o atual C4 Cactus recorre a uma plataforma também usada no segmento B, neste caso a PF1, a mesma da atual geração do C3.

VÊ TAMBÉM: Citroën C3 Aircross. Rei do espaço e do conforto?

Sucessor do C5 também a caminho

Para além de ter confirmado os planos para um sucessor do C4 Cactus, Linda Jackson revelou ainda que a Citroën pretende lançar um substituto do C5.

Com chegada prevista para depois do lançamento do novo C4, de acordo com a CEO da Citroën este modelo deverá inspirar-se no protótipo CXperience revelado em 2016.

Fonte: Automotive News Europe.

Sabes responder a esta?
Em que ano é que o Citroën AX foi eleito Carro do Ano em Portugal?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Citroën AX. Vencedor do Carro do Ano 1988 em Portugal

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos