Emissões

Um Diesel pode ser “limpo”? O Green NCAP diz que sim

Na mais recente ronda de testes do Green NCAP houve elétricos, motores Diesel, a gasolina e até a GNC, mas acima de tudo houve uma (grande) surpresa.

Depois do EuroNCAP, o Green NCAP. Enquanto o primeiro se dedica a avaliar quão seguros são os modelos à venda no mercado, o segundo (recentemente criado) tem como objetivo avaliar a performance ambiental dos automóveis.

Na sua mais recente ronda de testes, o Green NCAP avaliou cinco modelos, avaliação que assenta em dois índices: Clean Air Index (Índice de Limpeza do Ar) e Energy Efficiency Index (Índice de Eficiência Energética).

O primeiro avalia o desempenho do automóvel na mitigação de emissões de poluentes, atribuindo-lhe uma avaliação de 0 a 10. Já o segundo atribui também uma pontuação de 0 a 10 com base na sua eficiência, ou seja, na capacidade de converter energia para impulsionar o veículo, desperdiçando o mínimo possível. Por fim, a avaliação geral consiste num sumário dos dois índices de avaliação.

VÊ TAMBÉM: Audi A4 faz 25 anos. Todas as gerações do Audi mais vendido de sempre
Nissan Leaf
O Leaf foi, sem grande surpresa, o modelo com a melhor pontuação no teste levado a cabo pela Green NCAP.

Diesel ao nível de um elétrico nas emissões?!

Mercedes-Benz C220d 4MATIC, Renault Scénic dCi 150, Audi A4 Avant g-tron (o primeiro modelo a GNC a ser testado), Opel Corsa 1.0 (ainda da geração made by GM) e Nissan Leaf. Estes foram os cinco modelos postos à prova e a verdade é que houve algumas surpresas.

Em termos de avaliação geral, o Leaf impôs-se, como era de esperar, obtendo um total de cinco estrelas (tal como os BMW i3 e Hyundai Ioniq Electric tinham feito antes dele).

Os elétricos têm uma vantagem óbvia no que toca à emissão de poluentes (Clean Air Index) — não emitem nada, pois não existe combustão. E no que toca a eficiência, os motores elétricos são, de longe, muito mais eficientes que qualquer motor de combustão interna — níveis de eficiência superiores a 80% é a norma (já ultrapassam, em muitos casos, os 90%), enquanto os melhores motores de combustão andam pelos 40%.

No entanto, apesar da missão impossível de um dos modelos testados com motor de combustão interna igualar as cinco estrelas do Leaf, houve uma surpresa quando observamos as pontuações do índice Clean Air. Pela primeira vez, um modelo não elétrico, o Mercedes-Benz C 220 d 4MATIC, conseguiu uma avaliação de 10 pontos em 10 possíveis, igualando o Nissan Leaf — sim, um carro Diesel igualou um elétrico…

VÊ TAMBÉM: Vitória avassaladora do Jaguar I-Pace no Carro Mundial do Ano 2019

Como é que tal é possível?

Obviamente que o C 220 d emite gases poluentes, existe combustão do gasóleo, logo há geração de gases nocivos.

No entanto, na avaliação deste índice, o modelo alemão apresentou emissões de gases poluentes abaixo do limite definido pelo teste do Green NCAP — teste que parte do WLTP, mas que altera alguns parâmetros (por exemplo, a temperatura ambiente a que é realizado), para o aproximar ainda mais das condições reais de condução.

Resultado: o Mercedes-Benz C 220 d 4MATIC obteve pontuações máximas relativamente a todas as emissões medidas no Clean Air Index, ficando abaixo dos valores estipulados pelo Green NCAP.

O que vem demonstrar que os mais recentes Diesel, cumpridores da exigente norma Euro 6d-TEMP, equipados com eficazes filtros de partículas e sistemas de redução catalítica seletiva (SCR) capazes de eliminar a maioria das emissões de óxidos de azoto (NOx), não necessitam de ser estigmatizados, de acordo com o Green NCAP.

No entanto, na classificação geral, o C 220 d 4MATIC acabou prejudicado pelos resultados obtidos no Energy Efficiency Index (ficou-se pelos 5,3 em 10), terminando com uma classificação geral de três estrelas.

Nos restantes modelos testados, o Corsa terminou com quatro estrelas, com o Scénic e o A4 G-Tron (este ainda só cumpre a norma Euro 6b) a igualarem as três estrelas do Classe C.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o Daihatsu Charade GTti?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Daihatsu Charade GTti, o mil mais temido

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos