Insólito

Smarlinette. A fusão de um Alpine A110 com um Smart Roadster

O Alpine A110 Berlinette, o clássico, é muito caro? Este Smarlinette custa apenas um terço — basta ter um Smart Roadster.

O desafio, assumido não sem uma certa dose de loucura, foi tomado entre mãos por uma empresa francesa de materiais compósitos, de nome Quelet Composites. A qual, liderada por um homem de nome Philippe Chalot, ele próprio um ex-aluno do italiano Franco Sbarro, decidiu aproveitar a “loucura” criada com o regresso à vida da Alpine.

Philippe Chalot propõe, assim, uma espécie de A110, com imagem colada ao A110 Berlinette original, da década de 60, mas por quase um terço do preço do novo Alpine A110.

Recordamos que o novo Alpine A110, foi apresentado como um rival do Porsche 718 Cayman, e está já disponível em Portugal, nunca por menos de 55 mil euros. Ao passo que este “A110”, pode ser adquirido por menos de 17 mil euros. Como? O nome Smarlinette dá algumas dicas.

RELACIONADO: A avózinha com um Lamborghini Countach abandonado na garagem

Dos Vaillante Grand Défi ao Smarlinette

Com um currículo do qual faz parte, entre outros, a criação dos Vaillante Grand Défi, um conjunto de 12 carros fabricados propositadamente para o filme de Luc Besson, “Michel Vaillant”, Philipe Chalot tem-se dedicado, desde que fundou a empresa Quelet Composites, em 2013, a fabricar materiais compósitos e protótipos, para os mais variados construtores automóveis.

Vaillante Grand Défi
O Vaillante Grand Défi, concebido por Philippe Chalot, para o filme de Luc Besson, “Michel Vaillant”

Este trabalho levou, por outro lado, a que empresa francesa tenha já uma considerável experiência e know-how neste domínio, e que acabou por materializar agora neste projeto, sem dúvida, desafiante — um clássico e histórico Alpine A110, feito a partir de um Smart Roadster.

Cópia (quase) fiel

Diga-se que não poderia ter escolhido uma melhor base — o Smart Roadster é um tudo atrás e, como é apanágio dos Smart, é bastante compacto, características partilhadas com o A110 Berlinette.

Tomando como base as fotos divulgadas, é caso para dizer que o resultado final deste “A110” acaba por ser bastante conseguido, com os puxadores das portas ou as jantes a serem os elementos que rapidamente identificamos do Smart Roadster original.

Até mesmo no interior, a Quelet Composites não se poupou a esforços para, não só disfarçar todas as semelhanças com o carro alemão, como aproximar o produto final, daquela que é a imagem do desportivo francês.

Smarlinette Alpine Smart 2018
Recuperação de um modelo que fez sucesso nos ralis, o Smarlinette é também uma forma mais acessível de possuir uma imitação do saudoso Alpine A110

Quanto aos aspetos técnicos, tudo permanece igual à fórmula utilizada pelo Smart: o mesmo motor 0,7 turbo de 82 cv, a mesma (e não propriamente brilhante…) caixa robotizada de seis velocidades, já para não falar nos (poucos) 815 kg de peso. Fator, aliás, importante, na manutenção dos 11,7s de aceleração dos 0 aos 100 km/h, assim como nos 180 km/h de velocidade máxima.

RELACIONADO: Não é montagem. O Honda Civic Type R pick-up é uma realidade

Encomendas, aceitam-se?

Interessado? O Smarlinette já foi oficialmente apresentado, no último Le Mans Classic, que teve lugar entre 6 e 8 de julho, e já existe um site onde podes encomendar o teu. Dá uma olhada em smarlinette.fr.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Sabes responder a esta?
Em quantos circuitos o Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid conseguiu já a volta mais rápida para berlinas híbridas de quatro portas?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Seis circuitos, seis recordes, um Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos