Encontre o seu próximo carro Pisca Pisca

Ensaio O que torna este Skoda Fabia mais especial que todos os outros?

Desde 31 075 euros

O que torna este Skoda Fabia mais especial que todos os outros?

Na sua versão Monte Carlo, o Skoda Fabia consegue reunir quase todos os melhores componentes que estão disponíveis para este formato.

Skoda Fabia Monte Carlo 1.5 TSI DSG

7.5/10

Um visual mais desportivo faz assim tanta diferença? Sim, faz.

Prós

  • Espaço no habitáculo
  • Equipamento de série
  • Soluções “Simply Clever”

Contras

  • Preço
  • Apple CarPlay e Android Auto apenas com cabo

A escolha da designação Monte Carlo para o Skoda Fabia pretende celebrar a ligação da marca ao mundial de ralis e à histórica prova, «responsável» por inaugurar o calendário, todos os anos, há mais de um século.

Fora da competição, nas gamas da Skoda em que não está incluída a opção mais desportiva do construtor checo para os seus modelos de estrada, a RS (Rally Sport), tem sido adicionado o nome Monte Carlo. Afinal, há clientes que gostam de um visual mais desportivo nos seus automóveis.

É o caso da unidade que tive oportunidade de testar. Ao longe, parece um Skoda Fabia igual a todos os outros desta quarta geração, que já inclui um visual mais sofisticado. No entanto, não é preciso chegar muito perto para perceber que esta versão está longe de ser igual às outras.

Tal como nas restantes versões Monte Carlo da Skoda, este Fabia recebeu diversos elementos em preto. Desde frisos, defletores aerodinâmicos, saias laterais, grelha frontal e até as designações da marca e modelo.

Tudo isto são elementos que, no Fabia que está nas imagens, até podem passar mais despercebidos por estarem na mesma cor da carroçaria, mas acabam por «amplificar» os traços mais vincados que o Fabia «normal» já inclui.

Além disso, a unidade ensaiada ainda contava com as (opcionais) jantes de liga leve com 18” de diâmetro, o que reforça o visual mais desportivo de todo o conjunto. E para identificar esta versão, não falta o nome Monte Carlo, associado a uma bandeira xadrezada nos para-lamas dianteiros.

Monte Carlo inclui visual mais desportivo

No habitáculo, o Skoda Fabia mantém o «tom» mais desportivo, através de assentos dianteiros com um maior apoio lateral e encostos de cabeça integrados. Ainda que façam parte do ambiente mais escuro que os modelos do Grupo Volkswagen costumam incluir nas suas versões mais desportivas, contam com riscas verticais ao centro, em tons de cinzento e vermelho.

Para envolver ainda mais o condutor neste ambiente, tanto o tabliê como a consola central e os puxadores das portas incluem frisos num tom vermelho vivo, que combina com a decoração do painel de instrumentos digital e com a decoração de alguns revestimentos, que simulam a fibra de carbono. Nos lugares traseiros, a decoração dos assentos mantém-se, mas já não existem decorações em vermelho.

Espaço surpreendente a bordo do Fabia

Um dos maiores trunfos do Skoda Fabia é o espaço que este utilitário disponibiliza a bordo, tanto nos lugares da frente como nos traseiros. Ao volante, contamos com uma excelente posição de condução e atrás com boas medidas em altura e no espaço para as pernas.

Menos positivo é o facto de quase todos os materiais do habitáculo serem rígidos — ainda que não existam ruídos desconfortáveis — e a mensagem que surge no monitor tátil quando queremos ligar o telefone através de Apple CarPlay, referindo que ainda é necessário usar um cabo.

ADN de competição, mas só no visual

O Skoda Fabia Monte Carlo tem um visual mais desportivo, mas é necessário relembrar que não se trata de uma versão RS. Ou seja, o visual é meramente decorativo. Tanto a suspensão como a direção são precisamente as mesmas das restantes versões da gama.

Skoda Fabia Monte Carlo - andamento
© Thomas V. Esveld / Razão Automóvel

No entanto, a presença de jantes com 18”, acaba por proporcionar um «pisar» mais firme, enquanto também melhora as reações das rodas dianteiras aos movimentos do volante. Sendo que tudo isto se junta a um chassis evoluído e capaz de oferecer uma dinâmica mais apurada, com reações previsíveis, tal como nas restantes versões da gama.

Com quatro ou apenas dois cilindros

Um dos maiores trunfos deste Skoda Fabia Monte Carlo, no entanto, está escondido debaixo do capô. O motor 1.5 TSI EVO do Grupo Volkswagen consegue oferecer 150 cv de potência e inclui melhorias que lhe permitem registar uma maior eficiência térmica. Além disso, este é o motor que também inclui a capacidade de desligar dois dos seus quatro cilindros, quando estes não estão a ser necessários. E isso, teoricamente, ajuda nos gastos de combustível.

Segundo os dados da marca e com a colaboração da caixa de velocidades automática DSG de dupla embraiagem e sete velocidades, a média de consumo desta versão anda pelos 5,6 l/100 km num percurso misto. Neste ensaio, no entanto, a média registada no final ficou em 6,3 l/100 km. Ainda assim, um valor interessante, tendo em conta que inclui alguns quilómetros num ritmo menos moderado.

Descubra o seu próximo automóvel:

Skoda Fabia Monte Carlo - logótipo
© Thomas V. Esveld / Razão Automóvel

Versão especial com preço especial

Com o nível de equipamento Monte Carlo, o Skoda Fabia ganha uns pontos em carisma, por se tratar de uma opção com um «toque» mais especial. Além disso, o equipamento de série é bastante completo e inclui alguns elementos exclusivos, como a decoração interior, por exemplo.

A desvantagem é que o preço deste Skoda Fabia Monte Carlo já fica muito próximo da fasquia dos 32 mil euros. E se ainda se adicionar o custo dos opcionais que faziam parte da unidade ensaiada, a fasquia que se segue já é a dos 35 mil euros.

Ou seja, este já é o patamar de preço que permite escolher, praticamente, qualquer um dos utilitários disponíveis no nosso mercado, nas suas versões mais potentes ou mesmo as equipadas com sistemas híbridos.

Entre eles, estão modelos como o Peugeot 208, o Renault Clio ou mesmo o SEAT Ibiza. Neste caso, na sua versão de visual mais desportivo (FR), com o mesmo motor e caixa de velocidades do Skoda Fabia — ainda que sem um equipamento de série tão recheado e muitos mais opcionais disponíveis para escolha.

Onde está o Monte Carlo vermelho?

O Skoda Fabia Monte Carlo é assim um dos utilitários mais especiais de todos os disponíveis no mercado nacional. Inclui um motor a gasolina tecnologicamente avançado, mesmo sem ajudas eletrificadas e a caixa de velocidades DSG que também melhora a experiência.

O visual mais desportivo é capaz de ser o maior trunfo, mas não percebi porque não está disponível o tom “Vermelho Velvet” da carroçaria que foi mostrado na apresentação desta versão. Apenas branco, preto e dois tons de cinzento.

Veredito

Skoda Fabia Monte Carlo 1.5 TSI DSG

7.5/10

De forma a compensar o facto de o Skoda Fabia não contar com uma versão mais desportiva, esta versão Monte Carlo adiciona um visual mais apelativo e um dos melhores motores que estão disponíveis para este segmento. O resultado é um utilitário bastante apetecível em vários aspetos, mas que se faz pagar caro por tudo o que inclui.

Prós

  • Espaço no habitáculo
  • Equipamento de série
  • Soluções “Simply Clever”

Contras

  • Preço
  • Apple CarPlay e Android Auto apenas com cabo

Especificações técnicas

Versão base:31.933€

IUC: 148€

Classificação Euro NCAP: 5/5

34.578€

Preço unidade ensaiada

  • Arquitectura: 4 cilindros em linha
  • Capacidade: 1498 cm³
  • Posição:Dianteira, transversal
  • Carregamento: Injeção direta, com turbo
  • Distribuição: 2 a.c.c., 4 válv./cil. (16 válv.)
  • Potência: 150 cv entre as 5000-6000 rpm
  • Binário: 250 Nm entre as 1500-3500 rpm

  • Tracção: Dianteira
  • Caixa de velocidades:  Automática DSG de dupla embraiagem com 7 velocidades

  • Largura: 4108 mm
  • Comprimento: 1780 mm
  • Altura: 1459 mm
  • Distância entre os eixos: 2564 mm
  • Bagageira: 380 litros
  • Jantes / Pneus: 215/40 R18
  • Peso: 1362 kg

  • Média de consumo: 5,9 l/100 km
  • Emissões CO2: 133 g/km
  • Velocidade máxima: 222 km/h
  • Aceleração máxima: >8s

    Tem:

    • Airbags frontais, laterais e de cortina
    • Bancos dianteiros desportivos
    • Faróis dianteiros em LED
    • Jantes de liga leve 17″
    • Pára-choques desportivos
    • Revestimento dos pedais em alumínio
    • Sensores de parqueamento traseiros
    • Tomadas USB-C

Pintura metalizada: 490 €
Cockpit virtual: 445 €
Ar condicionado Climatronic: 375 €
Jantes de liga leve de 18″: 570 €
Light and Rain Assist: 320 €
Pack câmara traseira: 445 €