V12 e eletrificado. Tudo o que sabemos sobre o sucessor do Lamborghini Aventador

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Fotos-espia

V12 e eletrificado. Tudo o que sabemos sobre o sucessor do Lamborghini Aventador

O sucessor do Lamborghini Aventador já está em testes e confirma-se o previsto: o V12 continua, mas será híbrido.

Com o fim da produção do Lamborghini Aventador fechou-se um ciclo na marca de Sant’Agata Bolognese. Afinal, este foi o último modelo da marca a contar com um V12 naturalmente aspirado e sem qualquer tipo de eletrificação.

Porém, o seu sucessor manter-se-á fiel ao motor V12, mas não vai «resistir» à eletrificação. Foi o que Stephan Winkelmann, presidente e diretor executivo da Lamborghini, já tinha dito e este novo conjunto de fotos-espia confirma-o.

Isto porque nas imagens a que tivemos acesso podemos ver o painel de instrumentos do supercarro italiano onde é possível ver a designação “Hybrid” e um ícone do posto de carregamento imediatamente ao lado do conta-quilómetros parcial.

A NÃO PERDER: Huracán Sterrato será o último Lamborghini exclusivamente a combustão

Por outro lado, também podemos constatar que o redline do V12 começa às 8500 rpm — tal como no Aventador Ultimae, por exemplo.

E ainda é possível ver que o painel de instrumentos «denuncia» a existência de um modo de condução “città”, ou seja, específico para condução urbana.

De resto, do pouco mais que conseguimos ver no interior, destaque para a adoção de dois ecrãs: um à frente do condutor que serve de painel de instrumentos e outro ao centro, para o infoentretenimento.

E o exterior?

Além do interior, as fotos-espia mostram um pouco mais do exterior do sucessor do Lamborghini Aventador.

A camuflagem ainda é muita, mas já é mais fácil antecipar as linhas do novo supercarro transalpino. O perfil é inconfundível e não podia ser outra coisa que não um Lamborghini.

sucessor Lamborghini Aventador perfil © Razão Automóvel

Na dianteira é possível «adivinhar» linhas muito agressivas, com os faróis a parecerem estar embutidos num nicho triangular e, abaixo destes, temos entradas de ar.

Na traseira é o conjunto óticas e saídas de escape que se destaca, ao estarem ambos os elementos numa posição elevada e ao mesmo nível. E é impossível não reparar no novo formato hexagonal das duas enormes saídas de escape.

O que esperar?

O sucessor do Lamborghini Aventador será revelado em 2023. Por enquanto ainda pouco se sabe sobre o novo superdesportivo da Lamborghini, mas há já rumores que nos dão pistas sobre o que esperar.

Ao contrário dos Sián FKP 37 e Sián Roadster, que contam com um pequeno motor elétrico alimentado por um supercondensador — adicionava 34 cv aos 785 cv do V12 —, no sucessor do Aventador a eletrificação terá um papel maior.

Lamborghini Aventador fotos-espia vista traseira 3/4
Na traseira destaca-se o posicionamento das saídas de escape. © Razão Automóvel

Já sabemos que será híbrido, mas deverá ser do tipo plug-in, o que permitirá recorrer alguns quilómetros em modo 100% elétrico.

Se for como noutros supercarros híbridos plug-in, como o McLaren Artura ou o Ferrari 296 GTB, não é de esperar que a autonomia elétrica do sucessor do Aventador seja extensa: 31 km e 25 km, respetivamente.

A combinação da máquina elétrica com o V12 deverá garantir uma potência máxima combinada algures entre os 800 cv e os 900 cv, superando os 780 cv do Aventador Ultimae, o mais potente deles todos.

devendo oferecer entre 800 cv e 900 cv de potência e, claro está, deverá ser capaz de percorrer alguns quilómetros em modo 100% elétrico.

Sabe responder a esta?
Qual foi o primeiro modelo da Lamborghini?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Ferruccio vs Enzo: as origens da Lamborghini
Em cheio!!
Vá para a próxima pergunta

ou leia o artigo sobre este tema:

Ferruccio vs Enzo: as origens da Lamborghini

Mais artigos em Notícias