BMW M Hybrid V8 revelado. A nova arma da BMW para as 24 Horas de Le Mans

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

BMW M Hybrid V8 revelado. A nova arma da BMW para as 24 Horas de Le Mans

O BMW M Hybrid V8 antecipa o protótipo que, além das 24 Horas de Le Mans, terá presença assídua no campeonato IMSA de 2023.

Não deixa de ser apropriado que a BMW mostre as primeiras imagens do BMW M Hybrid V8, o seu protótipo LMDh, na semana que antecede as 24 Horas de Le Mans e no mesmo ano em que a BMW M comemora 50 anos.

Até porque a marca prometeu há um ano que regressaria à mais importante das provas de resistência em 2023, e antes de iniciar os testes de desenvolvimento deu-nos um primeiro olhar sobre a sua nova máquina.

Além das 24 Horas de Le Mans em 2023, o BMW M Hybrid V8 fará também parte do IMSA WeatherTech SportsCar Championship de 2023, o campeonato norte-americano equivalente ao WEC.

VEJAM TAMBÉM: Peugeot 9X8. Hypercar foi revelado mundialmente no Autódromo do Algarve
BMW M Hybrid V8

Como já tinha sido anunciado antes, o protótipo foi desenvolvido de acordo com os regulamentos para os LMDh (Le Mans Daytona hybrid), que prometem custos inferiores (haverá partes comuns a todos eles) em relação aos LMH (Le Mans Hypercar).

O que talvez ajude a justificar o número generoso de entradas oficiais nos LMDh. Além da BMW, também as germânicas Audi e a Porsche já anunciaram a sua entrada nesta categoria, assim como a Alpine, Acura, Cadillac e, mais recentemente, a Lamborghini.

BMW M Hybrid V8

Tem de parecer um BMW

Ainda não foram avançadas quaisquer especificações técnicas — os regulamentos permitem potências máximas combinadas (combustão + elétrico) até 500 kW, o mesmo que 680 cv de potência —, mas apesar de os regulamentos LMDh serem mais restritivos no que toca à aerodinâmica em comparação com os LMH, é dada liberdade aos construtores para dar uma identidade única aos protótipos.

É o que podemos ver no BMW M Hybrid V8, onde não faltam elementos estilísticos que nos dizem tratar-se de um BMW. Uma preocupação partilhada por Franciscus van Meel, diretor da BMW M:

"A tarefa mais crítica e o maior desafio para a equipa de design no programa LMDh era de que o protótipo teria de ser reconhecível como um carro da BMW M Motorsport. E eu posso dizer isto a todos os fãs, basta apenas um olhar para confirmar que o BMW M Hybrid V8 é um BMW."

Franciscus van Meel, diretor executivo da BMW M GmbH
BMW M Hybrid V8

O destaque, como não podia deixar de ser, encontra-se na frente, onde o incontornável duplo rim destaca-se pelas suas generosas dimensões — à imagem do que tem acontecido nos modelos de produção.

Além do duplo rim, temos as duplas óticas representadas por dois traços diagonais em LED (algo já visto no BMW i Vision Circular) e nem sequer falta o Hofmeister kink a definir o contorno da janela lateral.

BMW M Hybrid V8

Também de notar a camuflagem deste protótipo que o acompanhará durante o período de testes, que contém muitos elementos da história de cinco décadas de competição da BMW na América do Norte.

VEJAM TAMBÉM: Porque é que a BMW M decidiu fazer o XM e não um novo M1?

Podemos discernir imagens dos vários carros de corrida que competiram no campeonato IMSA como o 3.0 CSL, M1/C, 320i Turbo, GTP, M3 (E36) GTS-2, Z4 GTLM e M8 GTE. Sobre a camuflagem, Michael Scully, diretor do BMW Group Designworks, esclarece-nos o que estamos a ver:

"A decoração da camuflagem celebra os 50 anos da M ao comemorar todos os grande carros da história BMW nas corridas IMSA, ao mesmo tempo que esconde a futura geometria exterior e tecnologias do BMW M Hybrid V8 durante a fase crítica de desenvolvimento em pista do projeto".

Michael Scully, diretor global automóvel BMW Group Designworks

Mais artigos em Notícias