Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Desporto automóvel

Oficial. Cadillac também regressa a Le Mans em 2023

Há mais um construtor a caminho das 24 Horas de Le Mans. Inserida na categoria LMDh, a Cadillac regressa às provas de resistência em 2023.

Os efeitos positivos da “reinvenção” da categoria “rainha” das provas de resistência continuam a fazer-se sentir e há mais uma marca com presença confirmada nas 24 Horas de Le Mans a partir de 2023: a Cadillac.

Há muito prometido, o regresso da marca norte-americana a Le Mans será feito com um protótipo baseado nos regulamentos LMDh (Le Mans Daytona Hybrid), permitindo desta forma à Cadillac correr não só nas 24 Horas de Le Mans e no WEC como no norte-americano IMSA Championship.

É pouco provável que vejamos a Cadillac marcar presença no WEC, mas o designado Cadillac LMDh-V.R certamente quererá continuar o legado de sucesso do atual DPi-V.R que compete no campeonato norte-americano IMSA, onde já conquistou 19 vitórias e 16 poles em 41 provas e ainda dois campeonatos.

A NÃO PERDER: WM P88 Peugeot. O «rei da velocidade» nas 24 Horas de Le Mans
Cadillac LMP
Foi com este carro que a Cadillac “tentou a sua sorte” pela última vez em Le Mans, no distante ano de 2022.

Fruto de uma parceria

O Cadillac LMDh-V.R ai bater-se na categoria LMDh com rivais de marcas como a Audi, Acura, BMW, Porsche e, ao que parece, até a Lamborghini. Já quando correr em Le Mans vai ainda contar com a oposição dos LMH (Le Mans Hypercar) da ToyotaAlpinePeugeot e Ferrari.

Como o Guilherme Costa nos explicou no vídeo que fez aquando das 8 Horas de Portimão, os LMDh recorrem a um de quatro chassis previamente designados (produzidos pela Dallara, Multimatic, ORECA e Ligier) e a um sistema híbrido e caixa de velocidades standard.

Ora, para “sorte” da Cadillac, um dos fornecedores de chassis é, nada mais nada menos que, a Dallara, empresa em conjunto com a qual a marca norte-americana desenvolveu o atual DPi-V.R.

Quanto a quem terá a “missão” de colocar em pista os carros da marca norte-americana, essa tarefa vai estar a cargo das equipas Chip Ganassi Racing e Action Express Racing.

A categoria IMSA LMDh parece ser muito competitiva com vários fabricantes (…) Tivemos muito sucesso com o Cadillac DPi-V.R e estamos ansiosos para fazer parte do próximo capítulo da Cadillac Racing.

Gary Nelson, diretor da equipa AXR (Action Express Racing)

Assim, o Cadillac LMDh-V.R vai resultar de uma parceria entre a GM Design e a Dallara, permitindo desta forma à Cadillac regressar a Le Mans, uma prova na qual não corre desde 2002 e que nunca conseguiu vencer.

Sabe responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do Jeep Renegade?

Mais artigos em Notícias