Leon Sportstourer FR TDI testada. A receita não é nova, mas ainda faz sentido?

Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Desde 39 471 euros

Leon Sportstourer FR TDI testada. A receita não é nova, mas ainda faz sentido?

Uma carrinha com motor a gasóleo. A SEAT Leon Sportstourer FR TDI recorre a uma receita que já teve muitos fãs, mas ainda é válida?

Não foi há tanto tempo assim que uma carrinha do segmento C com motor Diesel como a SEAT Leon Sportstourer FR TDI tinha o sucesso praticamente garantido.

Contudo, hoje não só os SUV «reinam» no mercado, como as soluções híbridas plug-in (também disponíveis na gama Leon) estão a fazer «mossa» nas vendas dos Diesel.

Face a tudo isto, será que a SEAT Leon Sportstourer FR TDI ainda se mantém como uma opção a ter em conta?

A NÃO PERDER: Skoda Octavia Break Scout testada. Com carrinhas assim, quem precisa de um SUV?
Seat Leon Sportstourer FR © Thom V. Esveld / Razão Automóvel

FR, mas não muito desportiva

Desde sempre que na SEAT a sigla FR é sinónimo de desportividade, sobretudo no campo visual. Apesar disso, devo admitir que nesta Leon Sportstourer não se vê muito desse «espírito» mais desportivo.

Sim, a ausência de cromados confere-lhe um ar um pouco mais desportivo, mas as jantes de «apenas» 17” (tem 18″ como opção, que melhor preenchem as cavas) e a ausência de elementos estéticos diferenciadores mais notórios fazem com que esta versão passe algo despercebida.

Independente de qualquer nível de equipamento é o visual robusto e sóbrio da Leon Sportstourer do qual devo admitir que sou fã.

Espaçosa como se esperava

Tal como no exterior, também no interior o «espírito FR» deu lugar a uma maior sobriedade, sendo uma das poucas exceções os pespontos vermelhos nos bancos e o volante parcialmente forrado a couro perfurado.

Ainda sobre o interior, tudo o que tenho a dizer já o disse quando testei a versão híbrida plug-in da Leon Sportstourer.

O visual é moderno, a falta dos comandos físicos e das teclas de atalho obriga a alguma habituação e a agradabilidade dos materiais e a robustez dos acabamentos merecem elogios, com o Leon cada vez mais perto do Golf neste capítulo.

Contudo, a área na qual a Leon Sportstourer mais impressiona é mesmo na habitabilidade. Baseada na plataforma MQB, a carrinha espanhola tem espaço para «dar e vender».

Os 620 l de capacidade da bagageira estão bem acima dos 470 l disponíveis na versão híbrida plug-in (a «arrumação» das baterias a isso obriga) e tornam a carrinha da SEAT na escolha ideal para quem quer viajar sem deixar «nada para trás».

O espaço nos bancos traseiros também abunda seja para dois adultos ou para duas cadeiras para crianças.

Descubra o seu próximo carro:

Diesel, para que te quero?

Respondendo muito rapidamente a esta pergunta, este 2.0 TDI de 150 cv «nasceu» com um objetivo: «devorar» quilómetros em autoestrade e estrada aberta.

Com a potência máxima disponível entre as 3000 rpm e as 4200 rpm, e os 360 Nm de binário prontos logo às 1600 rpm e disponíveis até às 2750 rpm, este propulsor impressiona pelo seu desempenho.

As recuperações comprovam não só a pujança do motor como o bom escalonamento da rápida e suave caixa DSG de sete relações e face à versão híbrida plug-in, a única diferença que sentimos ao volante diz respeito à entrega imediata de binário da versão eletrificada.

O que diz muito das qualidades deste propulsor Diesel, quando constatamos que a versão híbrida plug-in tem mais 54 cv (204 cv contra os 150 cv do TDI).

Contudo, há outro campo no qual o Leon Sportstourer FR TDI «brilha». Falo, claro está, dos consumos. Sim, é possível obter médias muito baixas no híbrido plug-in, mas para isso obriga a carregar com frequência a bateria.

Consola central com manípulo de transmissão
A caixa revelou-se rápida e suave, duas características já «típicas» das caixas DSG. © Thom V. Esveld / Razão Automóvel

Já no caso do Diesel para conseguir bons consumos basta… conduzir. E nem são precisos muitos cuidados. Com calma consegui médias de 4,5 l/100 km, sem ela estes subiram aos 6,5 l/100 km, o mesmo valor alcançado em condução urbana.

No final e com mais de 700 km percorridos com a Leon Sportstourer TDI, muitas vezes carregada de passageiros e carga nos mais diversos trajetos, a média ficou-se por uns comedidos 5,0 l/100 km.

É o carro certo para si?

Em matéria de espaço, é difícil encontrar um SUV que iguale a carrinha espanhola e por muito interessantes que sejam as soluções híbridas plug-in, a verdade é que só os Diesel permitem obter bons consumos sem nos exigir qualquer alteração às nossas rotinas.

Quanto a tudo o resto, as qualidades da SEAT Leon Sportstourer — a qualidade geral, o conforto de rolamento, o comportamento são — continuam presentes e fazem da proposta espanhola uma das carrinhas mais interessantes do segmento e a solução ideal para quem precisa de espaço e trata as autoestradas por «tu».

Preço

unidade ensaiada

44.157

Versão base: €39.471

IUC: €225

Classificação Euro NCAP:

  • Motor
    • Arquitectura: 4 cilindros em linha
    • Capacidade: 1963 cm3
    • Posição: Dianteira transversal
    • Carregamento: Injeção direta common rail + Turbo de geometria variável + Intercooler
    • Distribuição: 2 a.c.c., 4 válvulas por cilindro (16 válv.)
    • Potência: 150 cv entre 3000-4200 rpm
    • Binário: 360 Nm entre 1600-2750 rpm
  • Transmissão
    • Tracção: Dianteira
    • Caixa de velocidades: Automática DSG de 7 relações
  • Capacidade e dimensões
    • Comprimento / Largura / Altura: 4642 mm / 1799 mm / 1437 mm
    • Distância entre os eixos: 2686 mm
    • Bagageira: 620 l
    • Jantes / Pneus: 225/45 R17
    • Peso: 1491 kg
  • Consumo e Performances
    • Consumo médio: 4,5 l/100 km
    • Emissões de CO2: 119 g/km
    • Vel. máxima: 217 km/h
    • Aceleração: 8,8s
  • Equipamento
    • Espelhos retrovisores com regulação elétrica e aquecidos com recolhimento elétrico (do passageiro com ajuste ativado pela marcha atrás)
    • Sensor de luz e de chuva
    • Espelho interior anti encandeamento automático
    • Assistente de Faixa de Rodagem
    • Seleção do perfil de condução e amortecedor convencional
    • Aviso de colisão, com travagem de emergência, com outros veículos, peões ou ciclistas
    • Cruise control com limitador de velocidade
    • Sensores de estacionamento traseiros
    • 2 portas USB Type C dianteiras + 2 portas USB Type C traseiras
    • Painel de instrumentos digital
    • Controlo de pressão de pneus
    • Jantes de liga leve de 17''
    • Faróis de nevoeiro dianteiros LED com função luz de curva
    • Farolins traseiros LED com luz infinita
    • Luzes diurnas com controlo automático e função Coming & Leaving Home
    • Travão de mão elétrico
    • Ajuste lombar nos bancos dianteiros
    • Apoio de braço dianteiro
    • Banco traseiro rebatível assimetricamente com apoio de braço
    • Spoiler traseiro
    • Para-choques desportivos
    • Vidros escurecidos
Extras
Pintura exterior Cinzento Magnetic Tech — 494,90 €; Connectivity box (carregamento sem fios) — 194,55 €; Forra do teto preto — 212,94 €; Pacote Segurança & Condução XL — 865,53 €; Assistente automático de estacionamento — 369,20 €; Iluminação interior ambiente envolvente LED — 291,05 €; Full Link para sistema de navegação plus — 165,45 €; Sistema Keyless avançado sem função Safe — 242,04 €; SEAT Full LED com ajuste automático dos faróis (Faróis LED + Farolins traseiros Full LED + Welcome light) — 1144,50 €; Sistema de navegação Plus 10'' — 703,14 €.
Avaliação
8 / 10
A «receita» aplicada na SEAT Leon Sportstourer FR TDI pode não ser nova, mas após alguns dias ao volante rapidamente relembrei-me das razões pelas quais as carrinhas Diesel tiveram tanto sucesso. Deu para ficar com uma certeza: para quem precisa de espaço e percorre muitos quilómetros esta Leon Sportstourer com motor Diesel tem de fazer parte do lote de escolhas.
  • Espaço
  • Disponibilidade do motor
  • Consumos
  • Dinâmica
  • Ausência de comandos físicos para a climatização
Sabe responder a esta?
Qual foi o primeiro modelo da SEAT?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

SEAT 1400. Este foi o primeiro automóvel da marca espanhola

Mais artigos em Testes, Ensaio