BMW i3 regressa… como a versão elétrica do Série 3 para a China

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

BMW i3 regressa… como a versão elétrica do Série 3 para a China

Designado BMW i3 eDrive35L, este modelo baseia-se na versão longa do Série 3 vendida na China e destina-se somente àquele país.

Já foi anunciada a «reforma» do BMW i3 original, com o fim da sua produção marcado para o início do verão, mas a designação não vai ficar muito tempo «na gaveta», pelo menos no mercado chinês.

Tal como revelámos há uns meses, o i3 eDrive35L (é esta a sua designação oficial) baseia-se na versão longa do BMW Série 3 que se vende na China, estando, pelo menos para já, destinado somente àquele mercado.

Além da designação, a revelação do Série 3 elétrico ganha importância por mostrar uma frente redesenhada e atrás, podemos ver novos farolins traseiros, assim como um novo para-choques. Alterações a antecipar o restyling do Série 3 «europeu»?

A NÃO PERDER: Testámos o BMW iX3. Valeu a pena transformar o X3 num elétrico?
BMW i3

Também no interior destacam-se os dois enormes ecrãs que são consideravelmente diferentes dos adotados pelo Série 3 que conhecemos na Europa. Será que também os veremos por cá?

Os números do novo i3

Com 4872 mm de comprimento e uma distância entre eixos de 2966 mm, o novo BMW i3 é consideravelmente maior que o Série 3 «normal». É mais comprido em 163 mm e a distância entre eixos é 115 mm superior.

Já a bagageira deste modelo elétrico oferece 410 l contra os 480 l da variante europeia com motor de combustão.

No campo da mecânica, o novo BMW i3 recorre à mesma cadeia cinemática Gen5 eDrive já usada pelos i4, iX3 e iX. Com o motor montado no eixo traseiro, o i3 apresenta-se com 285 cv e 400 Nm, números que lhe permitem cumprir os 0 aos 100 km/h em 6,2s.

A alimentar este motor elétrico encontramos uma bateria com 70,3 kWh (66,1 kWh líquidos) que lhe permitem percorrer até 526 km entre carregamentos (segundo o ciclo de homologação chinês). Quanto aos consumos, a marca alemã anuncia uma média de 14,3 kWh/100 km.

VEJAM TAMBÉM: Sabiam que o Fiat Multipla teve uma «segunda vida» na China?

Especialmente pensado para a China

Capaz de suportar carregamentos com potências de até 95 kW em corrente contínua e 11 kW em corrente alternada, são precisos apenas 35 minutos para carregar a bateria do i3 dos 10% aos 80% (corrente contínua) e é possível repor 97 km de autonomia em 10 minutos.

Com apresentação oficial marcada para 20 de abril no Beijing Auto Show (Salão de Pequim), o novo BMW i3 não esconde que foi projetado exclusivamente para o mercado chinês, contando até com uma suspensão especialmente afinada para as estradas daquele país.

Sabe responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do CUPRA Born?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

CUPRA Born testado. O primeiro elétrico da CUPRA convence?

Mais artigos em Notícias