Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Vídeos

Novo Skoda Fabia em vídeo. O novo “rei do espaço” do segmento

A quarta geração do Skoda Fabia chega no último trimestre do ano, mas já o conduzimos. Fiquem com o primeiro teste nacional em vídeo.

Em Gdansk, Polónia

Lançado originalmente em 1999, mais de 4,5 milhões de unidades vendidas e três gerações depois, fomos até à Polónia, na cidade de Gdańsk para conhecer, finalmente, a quarta e nova geração do Skoda Fabia.

Quer ser a geração mais ambiciosa de sempre, com promessas de ser o mais espaçoso do segmento, o mais aerodinâmico e detentor de elevados conteúdos tecnológicos.

Cumpre o que promete? Acompanhem o Miguel Dias na descoberta do novo Skoda Fabia, conhecendo as suas principais características por dentro e por fora, e também fiquem a par das primeiras impressões de condução neste primeiro contacto em vídeo… em português:

VEJAM TAMBÉM: Vem aí um novo Skoda Fabia e vai continuar a ter carrinha

Finalmente, a MQB A0

Com chegada prevista para o último trimestre de 2021, as ambições do Fabia são “culpa” e muito da nova plataforma que traz, a MQB A0, a mesma dos “primos” SEAT Ibiza ou Volkswagen Polo, mas também dos maiores Scala e Kamiq. O Fabia era o único modelo do Grupo Volkswagen que ainda recorria à “velhinha” PQ26, cujas origens remontam à PQ24 usada na… primeira geração do Fabia.

É ela a responsável pelo aumento exterior das dimensões, sendo este o primeiro Fabia a ultrapassar de forma clara a barreira dos quatro metros de comprimento — 4107 mm de comprimento, mais 110 mm que o antecessor —, mas é também 48 mm mais largo (1780 mm) e tem uma distância entre eixos 94 mm mais longa (2564 mm). Apenas a altura de 1460 mm é marginalmente inferior ao antecessor, por 7 mm.

Skoda Fabia © Miguel Dias / Razão Automóvel
As emissões de carbono deste teste serão compensadas pela BP
Saiba como pode compensar as emissões de carbono do seu automóvel Diesel, gasolina ou GPL.

Dimensões que ajudam (e muito) a dar ao novo Skoda Fabia uma maior “presença de palco”, mais assertiva que a do seu antecessor. E por dentro reflete-se em cotas de habitabilidade que, como o Miguel constatou, são referenciais no segmento. O mesmo podemos afirmar em relação à sua bagageira que, com 380 l (mais 50 l que o antecessor) está em paridade com muitas propostas do segmento… acima.

O mais aerodinâmico do segmento

São várias as estreias que podemos ver no novo Fabia, inéditas na história do modelo como as aletas ativas na grelha dianteira ou a presença de faróis LED.

VEJAM TAMBÉM: Skoda Ferat. O redesign ao “carro-vampiro” que foi estrela de cinema

No caso das aletas ativas, estas abrem e fecham conforme as necessidades de arrefecimento do motor, contribuindo para a excelente performance aerodinâmica do utilitário. Com um Cx de apenas 0,28 (0,32 no antecessor), o Fabia é o modelo atual com o menor coeficiente de resistência aerodinâmica do segmento, o que traz benefícios em matéria de consumos e refinamento.

Skoda Fabia © Miguel Dias / Razão Automóvel

Mais digital

Saltando para o interior, além do espaço, a maior aposta no digital é clara, dominado pela presença do ecrã tátil do sistema de infoentretenimento que pode ter até 9,2″ (6,8″ para o mais pequeno). Também o painel de instrumentos pode ser, em opção, digital, com uma diagonal de 10,25″.

Porém, os comandos físicos para as operações mais frequentes, como o ajuste da climatização (opcionalmente bi-zona, uma estreia), mantém-se, e bem, nesta nova geração.

Também a destacar o maior conteúdo tecnológico, sobretudo o referente à conectividade e aos assistentes de condução, com estes últimos a permitirem condução semiautónoma (nível 2)

Descubra o seu próximo carro:

Só a gasolina

Tendo em conta a proximidade técnica com os “primos” Ibiza e Polo, não causa surpresa as motorizações que equipam o novo Skoda Fabia. O tricilíndrico de apenas um litro de capacidade é o principal responsável por mover o Fabia, surgindo em diversas versões. As primeiras, sem turbo, apresentam-se com 65 cv e 80 cv, estando associadas a uma caixa manual de cinco velocidades.

De seguida, agora equipado com um turbocompressor, o pequeno mil vê a sua potência crescer até aos 95 cv e 110 cv. Se o primeiro continua a estar associado a uma caixa manual de cinco velocidades, o segundoe vem equipado com uma caixa manual de seis velocidades ou, em alternativa, a uma automática, de dupla embraiagem, com sete velocidades (DSG).

Skoda Fabia © Miguel Dias / Razão Automóvel

A encimar a gama, encontramos o único quatro cilindros, com 1,5 l de capacidade e turbocomprimido, com 150 cv, exclusivamente associado à DSG de sete velocidades.

As motorizações Diesel deixam de fazer parte do Fabia, um tipo de motor que, até agora, tinha feito sempre parte do modelo. Curiosamente, e tendo em conta os tempos que vivemos, também não se prevêem motorizações híbridas ou elétricas para o novo Fabia — uma característica partilhada com todos os outros modelos assentes sobre a MQB A0.

VEJAM TAMBÉM: Skoda Enyaq iV 80 (204 cv). Provavelmente, o melhor Skoda de sempre

Com chegada prevista para o último trimestre de 2021, ainda não há preços para o novo Skoda Fabia, ainda que a marca checa prometa valores similares à geração que irá substituir.

Primeiras impressões

8 / 10
A nova geração do Skoda Fabia foi, para mim, uma agradável surpresa. Além da imagem exterior, que já tinha “marcado pontos” na apresentação do modelo, fiquei surpreendido com a evolução registada no habitáculo e, sobretudo, ao volante. Mais maduro, mais equilibrado e bem mais interessante de conduzir, o Fabia destaca-se por oferecer um “pacote de argumentos” muito completo, a começar logo no espaço e passando, naturalmente, pelo vasto equipamento que oferece. É sem dúvida uma opção a ter muito em conta neste segmento.

  • Espaço

  • Maturidade do conjunto

  • Imagem exterior e interior

  • Soluções “simply clever”

  • Sem versões eletrificadas

  • Direção demasiado leve


Mais artigos em Testes, Primeiro Contacto