Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Desde 32 250 euros

Renegade “veste-se a rigor” para celebrar os 80 anos da Jeep. Opção a ter em conta?

Recentemente renovado, o Jeep Renegade "vestiu-se a rigor" para comemorar os 80 anos da marca. Vale a pena optar pela série especial 80th Anniversary?

A comemorar 80 anos de vida, a Jeep decidiu “vestir a rigor” alguns dos seus modelos com a série especial 80th Anniversary que chegou, entre outros, ao Jeep Renegade.

Com um visual mais exclusivo e o sempre apelativo “selo” de série especial (se bem que não numerada), será que o Renegade 80th Anniversary tem substância para lá da “decoração”?

Para descobrir se esta versão traz reais mais-valias a quem optar por ela, pusemos à prova o Renegade 80th Anniversary naquela que é, para já, a sua versão mais potente, a equipada com o 1.3 l turbo a gasolina de 150 cv.

A NÃO PERDER: Crossover por fora, monovolume por dentro. Opel Crossland renovado ainda é opção a ter em conta?
Jeep Renegade
Recentemente renovado, o Renegade continua a captar atenções por onde passa. © Thom V. Esveld / Razão Automóvel
As emissões de carbono deste teste serão compensadas pela BP
Saiba como pode compensar as emissões de carbono do seu automóvel Diesel, gasolina ou GPL.

O que se ganha?

Para começar, o Renegade 80th Anniversary começa por oferecer uma maior exclusividade e um maior destaque num parque automóvel no qual (para bem da Jeep) o Renegade é uma visão usual.

Para tal apresenta-se com uma série de logótipos específicos aos quais se juntam as aplicações em Cinzento Granite Crystal de baixo brilho; os bancos revestidos de tecido com padrão de diamante; as aplicações no interior em preto brilhante; as jantes específicas; os vidros escurecidos; o pack Full LED por fora e o infoentretenimento Uconnect com ecrã tátil de 8,4”.

Mas há mais. Como seria de esperar, esta versão especial de aniversário apresenta-se com uma (muito) completa lista de equipamento de série na qual não faltam sistemas como um eficaz cruise control adaptativo ou o aviso de transposição de faixa de rodagem e de colisão frontal.

Aliás, para terem uma ideia, na unidade testada só há três equipamentos opcionais: a pintura metalizada, o teto de abrir panorâmico e um pack que traz consigo um sistema de estacionamento automático, o assistente de ângulo morto e a útil câmara de estacionamento traseira.

Igual a si mesmo

Se estas eram as diferenças do Jeep Renegade 80th Anniversary para os outros Renegade, de resto continua a ser o B-SUV que já conhecíamos.

Começando pelo interior, por lá continuamos a encontrar uma ergonomia correta (não falta a presença de vários comandos físicos) e uma boa robustez geral. Ainda assim, é a sensação de espaço a bordo que mais impressiona.

É verdade que os 351 litros de capacidade da bagageira não são referenciais e até a fita métrica nos relembra que as cotas de habitabilidade estão somente na média do segmento. Contudo, as formas “quadradas” da carroçaria contribuem para uma agradável sensação de espaço e desafogo a bordo do mais pequeno Jeep da atualidade.

LEIAM TAMBÉM: Renault Captur E-TECH (híbrido plug-in). O mais económico é também o mais caro. Vale a pena?

Já ao volante, o 1.3 l turbo a gasolina de 150 cv continua a convencer mais do que o seu congénere de 1.0 l turbo de 120 cv, mas ainda assim sem ser uma referência no segmento. Acoplado a uma caixa automática de dupla embraiagem e seis relações, este prefere o modo “Sport” para mostrar o que de melhor tem para oferecer.

O único senão é que, quando o selecionamos, os consumos tem tendência a aumentar — de 6,5-7,0 l/100 km numa condução calma para valores na casa dos 8,0 l/100 km —, independentemente do “teatro de operações”, seja no mais usual, a selva urbana, seja em autoestrada.

A NÃO PERDER: Hyundai Kauai Hybrid foi renovado e tem mais rivais. Ainda é opção a ter em conta?

Por fim, no campo do comportamento continuamos a contar com um modelo são e previsível que, apesar da considerável altura, faz um bom trabalho a “contrariar” as leis da física e assegura um bom compromisso entre conforto e comportamento.

É o carro certo para si?

As séries especiais como esta 80th Anniversary são, quase sempre, boas oportunidades para os consumidores. Isto porque estas costumam enriquecer as lista de equipamento de série sem encarecer em excesso o preço final.

Ora, é precisamente isso que acontece com este Jeep Renegade 80th Anniversary que, por cerca de 32 000 euros, se apresenta com uma completa lista de equipamento para continuar a escrever a história de sucesso da marca que nasceu há 80 anos.

Às qualidades já reconhecidas ao Jeep Renegade, esta versão junta uma maior “aura” de exclusividade sem se tornar excessivamente vistosa, algo que poderá afastar potenciais clientes destas versões.

Nota: à data de publicação deste artigo encontra-se em vigor uma campanha no valor de 3750 euros que permite adquirir um Jeep Renegade 80th Anniversary com a especificação do exemplar testado por 32 671 euros.

Preço

unidade ensaiada

35.100

Versão base: €32.250

IUC: €172

Classificação Euro NCAP:

  • Motor
    • Arquitectura: 4 cilindros em linha
    • Capacidade: 1332 cm3
    • Posição: Dianteira transversal
    • Carregamento: Injeção direta + Turbo + Intercooler
    • Distribuição: 2 a.c.c., 4 válv. por cilindro (16 válv.)
    • Potência: 150 cv às 5500 rpm
    • Binário: 270 Nm às 1850 rpm
  • Transmissão
    • Tracção: Dianteira
    • Caixa de velocidades: Automática de dupla embraiagem de 6 velocidades
  • Capacidade e dimensões
    • Comprimento / Largura / Altura: 4236 mm / 1805 mm / 1667 mm
    • Distância entre os eixos: 2570 mm
    • Bagageira: 351 litros
    • Jantes / Pneus: 225/55 R18
    • Peso: 1395 kg
  • Consumo e Performances
    • Consumo médio: 6,6-7,1 l/100 km
    • Emissões de CO2: 155 g/km
    • Vel. máxima: 203 km/h
    • Aceleração: 9,8s
  • Garantias
    • Mecânica: 48 meses sem limite de quilómetros
    • Reviews Interval: 15 mil em 15 mil quilómetros
  • Equipamento
    • Sistema multimédia Uconnect NAV Rádio 8,4" (MP3, AUX, USB, NAV, Bluetooth®)
    • TFT premium a cores 7" no paínel de instrumentos
    • Sistema de áudio Kenwood
    • Uconnect Link - Sistema Mirroring Apple CarPlay & Android Auto
    • Jantes em liiga leve de 18" 80th Anniversary
    • Retrovisores elétricos c/ desembaciamento
    • Ar condicionado automático bi-zona
    • Volante em pele com comandos multifunções
    • Cruise control adaptativo
    • Sensores de estacionamento traseiros e dianteiros
    • Vidros traseiros escurecidos
    • Saída de escape cromada
    • Barras de tejadilho longitudinais em Granite Crystal
    • Pack Visibility (Espelho retrovisor interno eletrocromático, sensores de chuva e luz e regulação automática de máximos)
    • Pack Function II ( Espelhos retrovisores rebatíveis eletricamente com ação remota, Keyless Entry, Keyless Go, Armazenagem de carga reversível e à prova de água, Banco traseiro rebatível assimetricamente 40/20/40 com apoio de braço e passagem para skis, Fecho dos vidros por ação remota, Alarme volumétrico e perimétrico, Vidros dianteiros e traseiros automáticos)
    • Aviso de transposição de faixa de rodagem e de colisão frontal Plus
    • Travão de estacionamento elétrico
    • TPMS (Alerta de falta de pressão de pneus com indicação digital)
Extras
Pack Parking (Sistema de estacionamento automático, Assistente de ângulos mortos, Câmara de estacionamento traseira) — 750 €; Teto de abrir elétrico panorâmico — 1500 €; Pintura Metalizada "Vermelho colorado" — 600 €.
Avaliação
7 / 10
Com um visual robusto e um espaço a bordo na média do segmento, o Jeep Renegade vê esta versão especial trazer-lhe um bem-vindo reforço do equipamento de série que lhe permite continuar a estabelecer-se como uma alternativa a ter em conta num segmento em constante ebulição e onde o modelo da Jeep continua a fazer da imagem de marca um dos seus principais argumentos. O melhor de tudo é que apesar do bom nível de equipamento, o preço manteve-se (quase) inalterado.
  • Robustez
  • Equipamento
  • Infoentretenimento fácil de usar
  • Bagageira mediana
  • Visibilidade traseira
Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Opel Tigra?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Lembras-te deste? Opel Tigra, o “coupé do povo”

Mais artigos em Testes, Ensaio