Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Antevisão

Lotus revela futuro 100% elétrico: 2 SUV, um coupé de 4 portas e um desportivo a caminho

Na inauguração da sede da Lotus Technology na China, a marca britânica confirmou que vai lançar quatro novos modelos elétricos nos próximos cinco anos.

A Lotus acaba de apresentar os contornos principais da sua ofensiva elétrica para os próximos anos e confirmou o lançamento de quatro modelos 100% elétricos até 2026.

O primeiro destes quatro modelos será um SUV — algo que tem sido murmurado há muitos anos — e tem chegada prevista ao mercado em 2022. Trata-se de uma proposta para o segmento E (onde residem o Porsche Cayenne ou o Maserati Levante) e que é conhecida internamente pelo nome de código Type 132.

Um ano mais tarde, em 2023, entrará em cena um coupé de quatro portas — também direcionado ao segmento E, onde habitam propostas como o Mercedes-AMG GT 4 Portas ou o Porsche Panamera — que já foi batizado com o nome de código Type 133.

A NÃO PERDER: Porque é que tantos Lotus começam pela letra “E”?
Lotus EV
Lotus Evija, já conhecido, é o primeiro de uma geração de modelos elétricos na marca britânica.

Em 2025 ficaremos a conhecer o Type 134, um segundo SUV, desta vez para o segmento D (Porsche Macan ou Alfa Romeo Stelvio), e por fim, no ano seguinte, chegará ao mercado o o Type 135, um desportivo 100% elétrico totalmente novo, desenvolvido a meias com a Alpine.

Este anúncio foi feito durante o lançamento oficial da sede mundial da Lotus Technology, uma nova divisão do Grupo Lotus que tem como principal missão “acelerar” a inovação no campo das baterias, da gestão de baterias, dos motores elétricos e da condução autónoma.

Lotus Technology sede

Este “quartel general” da Lotus Technology, localizado em Wuhan, na China, estará completo em 2024 e terá a “companhia” de uma fábrica completamente nova destinada à produção dos elétricos da Lotus para os mercados globais.

VEJAM TAMBÉM: Radford Type 62-2. É assim que se faz um desportivo nostálgico com genes Lotus

Se tudo correr como previsto, esta unidade de produção estará operacional no último trimestre deste ano e terá uma capacidade de produção anual de 150 000 veículos.

Lotus Technology fábrica

Armada elétrica a caminho

Dois dos quatro novos modelos elétricos previstos até 2026 serão produzidos na nova fábrica da Lotus na China, mas a marca britânica ainda não especificou quais.

LEIAM TAMBÉM: Emira. O último Lotus com motor de combustão

Para já sabe-se apenas que o tão esperado modelo desportivo Type 135, o tal desenvolvido em colaboração com a Alpine, vai fabricar-se em 2026 em Hethel, no Reino Unido.

Estes quatro novos modelos vão juntar-se ao Lotus Evija, o hiperdesportivo elétrico da marca britânica, e ao novo Emira, o último desportivo com motor de combustão interna da Lotus. Ambos serão produzidos no Reino Unido.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi fundada a Lotus?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Lotus Mark I. Onde está o primeiro Lotus construído pelo seu fundador?

Mais artigos em Notícias