Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

24 Horas de Le Mans

24 Horas de Le Mans. Toyota faz dobradinha e Alpine fecha o pódio

A Toyota colocou dois carros nas duas primeiras posições da edição de 2021 das 24 Horas de Le Mans. Os franceses fecharam o pódio.

A Toyota Gazoo Racing foi a grande vencedora da edição de 2021 das 24 Horas de Le Mans, ao garantir a “dobradinha” na mítica prova de resistência. Foi a quarta vitória consecutiva da equipa nipónica. O carro número n.º 7, que contou com Kamui Kobayashi, Mike Conway e José Maria Lopez ao volante, teve uma corrida praticamente perfeita e livre de problemas.

Já o carro número n.º 8 da marca nipónica, pilotado por Hartley, Nakajima e Buemi, teve alguns problemas ao longo da corrida e o melhor que conseguiu foi o segundo lugar, ainda assim a permitir uma excelente prestação para a fabricante do país do sol nascente.

Na terceira posição ficou a equipa da “casa”, a Alpine Elf Matmut Endurance Team, com André Negrão, Maxime Vaxivière e Nicolas Lapierre a levarem a bandeira francesa ao pódio.

A NÃO PERDER: Fernando Alonso e Alpine fizeram história com um F1 em Le Mans

O Alpine (com o n.º 36) mostrou-se sempre muito consistente ao longo das 24 horas, mas alguns erros dos seus pilotos (um dos quais logo na primeira hora de prova) ditaram a “sorte” da equipa gaulesa, que depois de passar um dos carros da Scuderia Glickenhaus nunca mais abdicou do terceiro posto.

Alpine Elf Matmut Le Mans © Miguel Dias / Razão Automóvel

A Scuderia Glickenhaus, formação norte-americana que fez este ano a sua estreia em Le Mans, assegurou os quarto e quinto lugares, com o trio de pilotos formado por Luis Felipe Derani, Olivier Pla e Franck Mailleux a afirmar-se como o mais rápido dos dois.

O carro n.º 31 da Team WRT, conduzido por Robin Frijns, Ferdinand Habsburg e Charles Milesi, foi o melhor dos LMP2, garantindo a sexta posição da geral, depois do “carro gémeo”, o n.º 41 (Robert Kubica, Louis Deletraz e Ye Yifei) da Team WRT, ter abandonado na última volta.

A dobradinha da equipa belga nos LMP2 parecia garantida, mas fruto deste abandono foi o carro n.º 28 da JOTA Sport a chegar ao segundo lugar, com os pilotos Sean Gelael, Stoffel Vandoorne e Tom Blonqvist ao volante. O trio Julien Canal, Will Stevens e James Allen, aos comandos do carro número n.º 65 da Panis Racing, ficou na terceira posição.

LEIAM TAMBÉM: Os Hipercarros de Le Mans! Nos bastidores do WEC em Portugal

Nos GTE Pro a vitória sorriu à Ferrari, com o carro número n.º 51 da AF Corse (pilotado por James Calado, Alessandro Pier Guidi e Côme Ledogar) a afirmar-se perante a concorrência.

Ferrari Le Mans 2021

O Corvette de Antonio Garcia, Jordan Taylor e Nicky Catsburg ficou no segundo posto e o Porsche oficial pilotado por Kevin Estre, Neel Jani e Michael Christensen ficou na terceira posição.

A Ferrari venceu ainda na categoria GTE Am com o carro n.º 83 da equipa AF Corse, pilotado por François Perrodo, Nicklas Nielsen e Alessio Rovera.

Portugueses com pouca sorte…

O carro n.º 38 da JOTA Sport, que teve o português António Félix da Costa (fez equipa com Anthony Davidson e Roberto Gonzalez) ao volante, era um dos grandes favoritos ao triunfo nos LMP2, mas viu as suas esperanças irem por “água abaixo” muito cedo, não conseguindo ir além do 13.º lugar final (oitavo da categoria LMP2).

United Autosports

Filipe Albuquerque, que conduziu o carro n.º 22 da United Autosport com Phil Hanson e Fabio Scherer, chegou mesmo a lutar pela liderança da classe LMP2 durante a noite, mas um problema no alternador durante uma paragem nas boxes acabou por ditar um atraso que nunca mais seria recuperado, levando a que o carro do piloto português não fosse além do 18.º lugar na categoria.

A NÃO PERDER: BMW “junta-se à festa”. Regresso a Le Mans na categoria LMDh em 2023

Nos GTE Pro, o Porsche da HUB Racing que partiu na pole position e que tinha o português Álvaro Parente ao volante abandonou durante a noite.

Sabe responder a esta?
Quantos circuitos já receberam o GP de Portugal em Fórmula 1?

Mais artigos em Notícias