Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Duelo

Mercedes-AMG A 45 S ou Audi RS 3: qual o derradeiro “mega hatch”?

O novo Audi RS 3 não destronou o Mercedes-AMG A 45 S em potência ou em binário, mas promete ser mais rápido dos 0 aos 100 km/h. Mas será que isso chega para reivindicar o trono?

O segmento dos mega hatch está como nunca esteve e o que há um punhado de anos era considerado território de supercarros, agora pertence a modelos como o Mercedes-AMG A 45 S ou o Audi RS 3.

O primeiro a atingir a barreira dos 400 cv foi o Audi RS 3 (geração 8V), mas pouco depois mereceu uma resposta impressionante por parte dos “vizinhos” de Affalterbach, que lançaram o Mercedes-AMG A 45 S com 421 cv e 500 Nm, que passou a ser o “hot hatch mais potente do mundo“, um verdadeiro mega hatch.

A expectativa para “receber” uma nova geração do Audi RS 3 era, por isso, grande. Será que iria suplantar o arquirrival da AMG?

A NÃO PERDER: A bordo do novo Audi RS 3. Até é capaz de “andar de lado”
Audi RS 3
Audi RS 3

Rumores diziam que o RS 3 poderia atingir os 450 cv, mas o novo “bad boy” da marca dos quatro anéis manteve os 400 cv de potência do antecessor. O que aumentou foi o binário máximo, agora de 500 Nm, mais 20 Nm do que antes, igualando o valor do A 45 S.

Com este aproximar de “números”, a “guerra” pelo trono dos mega hatch nunca foi tão fervorosa e isso pede uma comparação entre estes dois candidatos. E enquanto não os colocamos lado a lado, na estrada, vamos metê-los a “frente a frente”… neste artigo!

Audi RS 3

No lado esquerdo do ringue — e com calções vermelhos vestidos (não resisti a esta analogia com o boxe…) está o novo “kid on the block“, o recém-apresentado Audi RS 3.

Com uma eletrónica mais sofisticada, com mais binário e com um chassis aprimorado, o Audi RS 3 manteve o motor turbo de 2.5 litros com cinco cilindros que há muito o caracteriza e hoje em dia único no mercado e que aqui produz 400 cv (entre as 5600 e as 7000 rpm) e 500 Nm (2250 às 5600 rpm).

Graças a estes números, e com o Pacote RS Dynamic Package opcional, o RS 3 é agora capaz de atingir os 290 km/h de velocidade máxima (mais do que o seu oponente) e precisa de apenas 3,8s (com Launch Control) para acelerar dos 0 aos 100 km/h.

LEIAM TAMBÉM: Mercedes-AMG A 45 S 4MATIC+ testado. O senhor eficácia

A potência é distribuída pelas quatro rodas através de uma caixa de dupla embraiagem de sete velocidades, sendo que através de um sofisticado repartidor de binário este RS 3 pode receber a totalidade do binário nas rodas traseiras, no modo RS Torque Rear, que permite fazer derivas de traseira.

Mercedes-AMG A 45 S

No outro canto do ringue está o Mercedes-AMG A 45 S, animado pelo quatro cilindros de produção mais potente do mundo, o M 139.

Mercedes-AMG A 45 S 4Matic+
Mercedes-AMG A 45 S 4Matic+ © Thom V. Esveld / Razão Automóvel

Com 2.0 litros de capacidade, turbo, este motor produz 421 cv (às 6750 rpm) e 500 Nm (entre as 5000 e as 5250 rpm) e consegue catapultar o A 45 S dos 0 aos 100 km/h em 3,9s (o redline apenas é atingido às 7200 rpm) e até aos 270 km/h de velocidade máxima.

Ao contrário do que acontece no Audi RS 3, o sistema de vetorização do binário do A 45 S — que também conta com uma caixa automática de dupla embraiagem (mas de oito relações) e com tração integral — nunca envia mais do que 50% da força para o eixo traseiro, nem mesmo no modo drift.

A NÃO PERDER: Será que o A 45 S com tração integral bate um M8 Competition em modo tração traseira?

Contas feitas, o Mercedes-AMG A 45 S — cujo motor tem um cilindro a menos que o Audi — produz mais 21 cv do que o RS 3, mas é mais lento na aceleração dos 0 aos 100 km/h, pela margem mínima de 0,1s, e tem uma velocidade de ponta inferior (menos 20 km/h).

Mercedes-AMG A 45 S 4MATIC+

Em termos de peso, apenas 10 kg a separar estes dois “monstros”: o Audi RS 3 pesa 1645 kg e o Mercedes-AMG A 45 S pesa 1635 kg.

As diferenças nas especificações são, por isso, mínimas e sem recorrer aos “chavões” da potência e performance, não é fácil declarar o rei desta categoria. Será preciso levar o confronto para a estrada, mas ainda teremos de aguardar mais algum tempo por ele.

LEIAM TAMBÉM: Confronto germânico: Volkswagen Golf R defronta Audi S3, Mercedes-AMG A 35 e BMW M135i

O Mercedes-AMG A 45 S já revelou uma elevada eficácia no asfalto, mas conseguirá o Audi RS 3 suplantá-lo não só nas aptidões dinâmicas, como também na mais subjetiva das qualidades, a experiência de condução?

Qual escolhiam?

E o BMW M2?

Mas muitos poderão estar a perguntar: e a BMW, a parte em falta do “trio alemão do costume” não entra nesta conversa?

Bem, o equivalente da BMW ao Mercedes-Benz Classe A e ao Audi A3 é o BMW Série 1, cuja versão mais potente da atualidade é a M135i xDrive, que é animada por um motor de 2.0 litros com quatro cilindros que produz “apenas” 306 cv e 450 Nm. Números que fazem desta proposta um rival do Audi S3 (310 cv) e do Mercedes-AMG A 35 (306 cv).

Sendo rigorosos, o BMW M2 não é um “hot hatch“. É um coupé, um verdadeiro coupé. Contudo, é a proposta da marca de Munique que mais perto se posiciona, em preço e performance, destes dois modelos da Mercedes-AMG e da Audi Sport.

BMW M2 Competition 2018
Não precisa de “drift mode”

O BMW M2 Competition é alimentado por um seis cilindros em linha (como manda a tradição da marca de Munique) com 3.0 l que envia 410 cv e 550 Nm apenas e só para o eixo traseiro, o que o deixa cumprir o sprint até aos 100 km/h em 4,2s (com a caixa de dupla embraiagem) e chegar aos 280 km/h de velocidade máxima (quando equipado com o M Driver’s Package).

A NÃO PERDER: Já testámos o BMW M2 CS. O que vale o “presente de despedida”?

É a experiência de condução mais pura dos três, e a BMW prepara-se para lançar uma nova geração, a G87, do modelo em 2022, que manterá a receita do atual: seis cilindros em linha, tração traseira e, para os mais puristas, até haverá uma caixa manual.

Especula-se que a potência possa subir também até aos 450 cv (equivalendo-se ao M2 CS), mas ainda carece de confirmação. Até lá, relembramos que a BMW acabou de apresentar a nova geração do Série 2 Coupé (G42).

Sabe responder a esta?
Qual a potência do Alfa Romeo 147 GTA com um motor V6 de 3.2 litros?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Hot Hatch com 6 cilindros. A receita mais apaixonante?

Mais artigos em Notícias