Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

Ainda com tração traseira. Tudo sobre o novo BMW Série 2 Coupé (G42)

A BMW levantou o pano, finalmente, sobre a segunda geração do Série 2 Coupé que promete níveis de competência dinâmica e prazer de condução referenciais.

O novo BMW Série 2 Coupé (G42) foi finalmente revelado e, boas notícias, mantém-se fiel à tradição. O mais pequeno coupé da BMW continua a assentar sobre uma arquitetura de tração traseira, ao contrário dos outros membros da diversificada família Série 2, que são de tração dianteira.

Uma arquitetura que dá ao novo Série 2 Coupé as proporções certas: capô longo, habitáculo em posição recuada e o eixo dianteiro em posição avançada. Porém, são claras as diferenças estéticas em relação ao antecessor (F22), com o novo G42 a caracterizar-se por um estilo mais expressivo (elementos e linhas mais carregadas, angulares e aparência geral mais musculada) — no entanto, nada de duplo rim XXL, como vimos no Série 4 Coupé.

Em comparação com o antecessor, o mais pequeno coupé da BMW cresceu substancialmente: é mais comprido em 105 mm (4537 mm), mais largo em 64 mm (1838 mm) e a distância entre eixos cresceu 51 mm (2741 mm). A altura, por outro lado, foi reduzida em 28 mm ficando-se pelos 1390 mm.

VEJAM TAMBÉM: Futuro BMW M2 (G87). “Drift machine” mantém tração traseira, chega em 2022

Objetivo: curvar

A maior largura exterior traduz-se em vias também mais largas (entre 54 mm e 63 mm à frente e 31 mm e 35 mm atrás), e quando a estas juntamos o incremento de 12% em resistência à torção, ao mesmo tempo que continuamos a ter uma distribuição de peso próxima dos ideais 50-50, são alguns dos ingredientes, diz a BMW, que ajudam a melhorar as capacidades de curvar do Série 2 Coupé.

Além do mais, os componentes e tecnologia que formam o chassis e assistem a dinâmica foram pedidos “emprestados” ao maior Série 4 Coupé e Z4, ainda que recalibrados para este novo modelo. A BMW diz que, em relação ao antecessor, há um “claro melhoramento em agilidade, precisão da direção e dinamismo a curvar”. Isto sem comprometer as suas capacidades como estradista, com a marca a referir níveis otimizados de conforto de rolamento e insonorização.

BMW M240i xDrive Coupé

O novo Série 2 Coupé herda o esquema de suspensão dianteiro (MacPherson) e traseiro (multilink de cinco braços) dos Série 4 e Z4, ambos com uma construção em alumínio e aço. Em opção está disponível a suspensão M Sport que adiciona ainda a direção desportiva de rácio variável. No caso do M240i xDrive, a versão de topo, vem de série com a suspensão M Sport (mas com especificações próprias), estando opcionalmente disponível para este modelo suspensão adaptativa M.

As rodas são de 17″ de série que crescem para as 18″ quando optamos pelo pacote M Sport. Mais uma vez, o M240i xDrive distingue-se dos restantes Série 2 Coupé ao vir de série com jantes de 19″, tendo como opção pneus de alta performance. É possível ainda optar por jantes de 20″.

Que motores tem?

Na fase de lançamento o novo BMW Série 2 Coupé estará disponível com três motorizações, duas a gasolina e uma a gasóleo.

VEJAM TAMBÉM: BMW X7. Depois do “duplo rim” gigante, os faróis bipartidos

No topo da hierarquia temos o M240i xDrive, equipado com o seis cilindros em linha de 3,0 l de capacidade e turbocomprimido. Em relação ao antecessor ganhou 34 cv, tendo agora 374 cv de potência (e 500 Nm de binário). É, de momento, o único dos Série 2 Coupé equipado com tração às quatro rodas, justificando os parcos 4,3s até aos 100 km/h (velocidade máxima limitada a 250 km/h).

O 220i vem equipado com um quatro cilindros em linha de 2,0 l, também com turbo. Anuncia 184 cv e 300 Nm, o que se traduz em 7,5s até aos 100 km/h e 236 km/h de velocidade máxima. Por fim, a única opção Diesel encontramo-la no 220d, também com 2,0 l de capacidade e quatro cilindros, anunciando 190 cv e 400 Nm. Os 100 km/h são atingidos em 6,9s e alcança 237 km/h de velocidade máxima. Dentro de um ano o novo BMW Série 2 Coupé será enriquecido com a variante 230i, de 245 cv, extraídos do 2,0 l de quatro cilindros a gasolina.

Apesar de estar prometido para o futuro M2 Coupé a opção de uma caixa manual, no caso destas três motorizações estão todas acopladas, apenas e só, à caixa automática Steptronic de oito velocidades (fica por saber se haverá uma caixa manual no futuro). Opcionalmente está disponível a variante Steptronic Sport (de série no M240i xDrive) que adiciona patilhas atrás do volante e as funções Launch Control e Sprint (para momentos de aceleração imediata quando já em movimento).

4 lugares

O sentimento de familiaridade é grande no interior do novo BMW Série 2 Coupé, adotando as mesmas soluções de design já vistas em outros BMW. De série o novo modelo vem equipado com um ecrã de 8,8″ para o sistema de infoentretenimento (BMW Operating System 7), auxiliado por um ecrã a cores de 5,1″ no painel de instrumentos. Podemos optar pelo BMW Live Cockpit Professional que inclui um painel de instrumentos 100% digital de 12,3″ e um ecrã de 10,25″ para o infoentretenimento.

BMW M240i xDrive

A marca alemã promete uma posição de condução baixa, em consonância com as aspirações mais desportivas do modelo, enquanto atrás temos espaço para apenas dois passageiros — lotação máxima é de quatro lugares.

A bagageira cresceu 20 l — tem agora 390 l —, o acesso à mesma melhorou, com a altura do seu limite inferior a estar 35 mm mais próxima do chão, e a versatilidade sai beneficiada com a possibilidade de rebater o banco traseiro de forma tripartida (40:20:40).

Previsivelmente, o arsenal tecnológico em matéria de assistentes à condução é vasto. De série encontramos os alertas de colisão frontal ou saída da via de rodagem e o cruise control com função de travagem. Opcionalmente temos funções como condução semiautónoma (nível 2) e equipamentos como prevenção de colisão traseira, alerta de cruzamento de tráfego traseiro, cruise control ativo com função Stop&Go, e assistentes à marcha a ré (com câmara, vista “surround” e “remote 3D”). Pela primeira vez, o BMW Série 2 Coupé também pode vir equipado com um Head-Up Display.

VEJAM TAMBÉM: Vem aí um Mercedes-Benz Classe C Cabrio? Fotos-espia “alimentam” a hipótese

Quando chega?

O novo BMW Série 2 Coupé tem chegada marcada para o início de 2022, com a sua produção a acontecer, não na Europa, mas na fábrica da BMW em San Luis Potosi no México, que se iniciará em breve. Não foram ainda anunciados preços para o nosso mercado.

Mais artigos em Notícias