Apresentação

Depois do XF e do F-Pace, também o Jaguar XE se renovou. O que traz de novo?

Entre as novidades do revisto Jaguar XE contam-se uma motorização mild-hybrid e o já habitual reforço da oferta tecnológica.

Seguindo o exemplo dos XF e F-Pace, também o Jaguar XE foi alvo de uma renovação pouco mais de um ano depois de ter sido alvo de um… restyling.

Talvez pela proximidade temporal com essa renovação, por fora o Jaguar XE manteve-se inalterado, não havendo novidades e o interior a receber apenas um novo volante e bancos com um novo desenho.

Posto isto, as novidades do Jaguar XE para 2021 surgem apenas no capítulo mecânico e tecnológico.

VÊ TAMBÉM: 60 anos do E-Type darão origem a 12 especiais Jaguar E-Type “60 Edition”
Jaguar XE

Pivi Pro também chegou ao XE

Tal como os Jaguar XF, F-Pace e I-PACE e o Land Rover Discovery Sport, o Range Rover Evoque e o Velar, também o Jaguar XE recebeu o sistema de infotainment Pivi Pro estreado pelo Land Rover Defender.

No caso do XE, este sistema surge associado a um ecrã tátil central de 10”. Por baixo deste na consola central surge um segundo ecrã de 5,5” também com o software Pivi da Jaguar Land Rover que permite controlar a climatização.

Jaguar XE

Como seria de esperar, a adoção do sistema Pivi Pro permitiu à Jaguar dotar o XE de tecnologias como o carregamento sem fios de smartphone; a possibilidade de conetar dois smartphones em simultâneo via Bluetooth e ainda de fazer atualizações remotas de software (over-the-air).

Ainda no campo tecnológico, o revisto Jaguar XE viu o painel de instrumentos digital de 12,3” receber gráficos atualizados assim como passou a contar com um layout configurável. A tudo isto junta-se ainda um sistema que assegura a ionização de ar do habitáculo com filtro PM2.5 que capta alergénios e partículas ultrafinas.

Jaguar XE
VÊ TAMBÉM: BMW Série 3 Touring (G21). Testámos a 6ª geração em vídeo

E os motores?

No capítulo mecânico podemos dizer que a oferta de motorizações do XE é uma “fotocópia” da que encontramos no XF. Desta forma contamos com dois motores a gasolina e um Diesel (este associado a um sistema mild-hybrid de 48 V), todos eles acoplados a uma caixa automática de oito velocidades.

O motor Diesel, consiste num 2.0 l de quatro cilindros e debita 204 cv e 430 Nm, valores esses que podem ser enviados exclusivamente às rodas traseiras ou às quatro rodas.

Jaguar XE

Quanto à oferta a gasolina, esta assenta num 2.0 l turbo de quatro cilindros com dois níveis de potência: 250 cv e 365 Nm ou 300 cv e 400 Nm. No primeiro caso a potência pode ser transmitida às rodas traseiras ou às quatro rodas enquanto a variante mais potente só está disponível com tração integral.

Para já, ainda não se sabe quando é que o revisto Jaguar XE chegará ao mercado nacional nem qual será o seu preço por cá.

Sabes responder a esta?
Qual é a potência do Jaguar I-PACE?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Testámos o Jaguar I-Pace. Elétrico para entusiastas da… condução

Mais artigos em Notícias