Apresentação

Descobre o que traz de novo o renovado Kia Stonic

Com mais tecnologia e opções de personalização e um novo motor mild-hybrid, o Kia Stonic procura manter-se competitivo num dos segmentos mais concorridos.

Lançado no mercado europeu no final de 2017 e depois de já ter acumulado mais de 150 mil unidades vendidas, o Kia Stonic foi agora alvo da habitual “renovação de meia-idade”.

Esteticamente pouco mudou no crossover  da Kia, com as novidades a resumirem-se à adoção de faróis LED e à chegada de novas cores e novas jantes de 16”.

Já no interior, o Kia Stonic passou a contar com um novo sistema de infotainment com um ecrã de 8” e o UVO Connect “Phase II”, viu a resolução do ecrã de 4,2” presente no painel de instrumentos ser melhorada e recebeu novas opções de personalização.

VÊ TAMBÉM: Qual é o melhor SUV 2020? Captur vs 2008 vs Kamiq vs Puma vs Juke

No campo da conetividade, passou a ser possível emparelhar os sistemas Apple CarPlay e Android Auto sem fios e a nova função “User Profile Transfer” permite aos condutores guardarem as suas preferências e transferi-las para outros modelos da Kia com o mesmo sistema.

O que mudou na mecânica?

Se no capítulo estético as mudanças são discretas, o mesmo não acontece no campo da mecânica, com o renovado Kia Stonic a receber uma inédita versão mild-hybrid.

Designada “EcoDynamics+”, esta conjuga um motor com 1.0 l, três cilindros e turbo a um sistema mild-hybrid de 48 V, apresentado-se com 100 ou 120 cv e é idêntica à motorização usada pelo Hyundai i20.

No que à transmissão diz respeito, esta motorização surge acoplada a uma caixa automática de dupla embraiagem de sete velocidades ou à caixa manual inteligente (iMT) de seis velocidades que é capaz de desacoplar automaticamente o motor da transmissão (sem ser necessário ao condutor pôr em ponto morto).

VÊ TAMBÉM: Kia Ceed Sportswagon PHEV. Poupada, mesmo quando a bateria acaba

Quanto às restantes motorizações, já conhecidas do Stonica, também estas foram alvo de melhoramentos. Assim encontramos o 1.0 T-GDi de 100 cv — que surge acoplado a uma caixa automática de dupla embraiagem de sete relações ou a uma nova caixa manual de seis velocidades — e uma nova versão do 1.2 l atmosférico com 84 cv.

O que mais traz de novo?

Por fim, o Kia Stonic conta ainda com novidades no campo dos sistemas de segurança e ajuda à condução, apresentando-se com sistemas como o assistente de anti-colisão frontal com travagem autónoma e deteção de peões e ciclistas, radar de ângulo morto, sistema de informação da velocidade máxima, cruise control adaptativo ou o sistema de manutenção na faixa de rodagem.

Com chegada ao mercado europeu prevista para o terceiro trimestre de 2020, ainda não são conhecidos os preços do renovado Kia Stonic.

Sabes responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do Kia Niro HEV?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Mais competitivo? Testámos o renovado Niro HEV, o crossover híbrido da Kia

Mais artigos em Notícias