Técnica

Esta é a primeira caixa manual inteligente sem cabo de embraiagem

Parece que a «velha» caixa manual ainda tem truques na manga. A Kia acaba de apresentar o primeiro sistema de embraiagem sem cabos (fly by wire) do mundo.

Atenção. Não se trata de uma caixa manual robotizada, nem tão pouco de uma caixa automática. É simplesmente a nossa velha conhecida caixa manual, agora com um novo truque na manga.

Ao contrário do que era habitual neste tipo de caixas, nesta nova caixa manual inteligente (iMT) da Kia, o accionamento da embraiagem não acontece por intermédio de um cabo. Em vez disso, o cabo de embraiagem é substituído por um servo electrónico (fly by wire).

Ou seja, em vez de termos uma ligação física pedal/embraiagem por intermédio de um cabo, agora temos uma ligação feita por intermédio de um sistema eletrónico.

VÊ TAMBÉM: Kia Ceed Sportswagon PHEV. Poupada, mesmo quando a bateria acaba

Tanta electrónica para quê?

Havia algum problema com o simples, barato e fiável cabo de aço? Um sistema usado durante mais de 100 anos na indústria automóvel. À primeira vista a resposta é não.

Pedal de embraiagem
Como podem ver, na perspectiva do condutor nada muda.

Mas, numa indústria em que cada grama de CO2 é contabilizada, todos os detalhes contam. A Kia afirma que com esta nova embraiagem “fly by wire” é possível aumentar eficiência do motor e reduzir as emissões de CO2 em cerca de 3% em condições reais.

Como é que o sistema funciona?

À semelhança das mais recentes caixas automáticas — dupla embraiagem ou conversor de binário —, também esta caixa manual inteligente (iMT) da Kia tem a função «à vela».

Quando o sistema electrónico do carro percebe que para manter a velocidade não é preciso o auxílio do motor, procede ao desacoplamento da transmissão por via da embraiagem.

Resultado? É possível percorrer mais quilómetros com menos combustível porque é reduzida a inércia mecânica.

VÊ TAMBÉM: Agora para a Europa. Este é o renovado Kia Picanto
Este é o servo hidráulico responsável pelo accionamento da embraiagem.

Consigo sentir a embraiagem?

A Kia afirma que sim. O sistema eletrónico está desenvolvido para simular a sensibilidade das embraiagens convencionais — por cabo ou com circuito hidráulico direto.

Por isso, arrancar, travar e mudar de velocidade nestas caixas manuais será uma experiência em tudo igual ao que sempre conhecemos.

A eletrificação continua a avançar para campos que outrora pensámos serem exclusivos da mecânica «pura e dura». Os engenheiros teimam em contrariar-nos — mais uma prova disso mesmo aqui.

Ainda bem. #savethemanuals

Sabes responder a esta?
Qual era a potência da Peugeot 505 4x4 Dangel?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Peugeot 505 Dangel 4×4 para todo o terreno

Mais artigos em Autopédia