Antevisão

Novo Opel Mokka perde o “X”, mas ganha versão elétrica

Desenvolvido com base na plataforma CMP, o novo Opel Mokka deverá perder o "X" do nome e apresentar-se com variantes a gasolina, Diesel e elétricas.

Com chegada prevista para 2021, a nova geração do Opel Mokka já se deixou antecipar num teaser agora divulgado pela marca alemã.

Lançado em 2012, o Mokka passou praticamente despercebido em Portugal devido ao nosso aberrante sistema de classes nas portagens — era Classe 2. No entanto, foi um enorme sucesso lá fora, tendo sido um dos B-SUV mais vendidos na Europa, só perdendo algum fulgor com a chegada do Crossland X.

Em 2016 foi renovado e passou a ser designado por Mokka X. Mas a nova geração, como o comunicado da Opel avança, vai perder o “X” que entretanto se tornou imagem de marca dos SUV da Opel.

VÊ TAMBÉM: Lembras-te deste? Opel Tigra, o “coupé do povo”
Opel Mokka

O que já se sabe?

Como seria de esperar, as informações acerca do novo Opel Mokka são escassas. Ainda assim há alguns dados que já te podemos adiantar. Ainda não o conseguimos ver por baixo da camuflagem, mas ao que tudo indica o novo Mokka deverá adotar linhas inspiradas pelo concept GT X Experimental revelado em 2018.

VÊ TAMBÉM: Lembras-te deste? Opel Tigra, o “coupé do povo”

Para começar, e como já era expetável, o novo Mokka deverá assentar na plataforma CMP, a mesma que serve de base ao Opel Corsa e aos “primos” Peugeot 2008 e DS 3 Crossback.

Ao nível das motorizações, o destaque será a introdução de uma variante elétrica, muito provavelmente com os mesmos 136 cv que encontramos no Corsa-e, alimentados por uma bateria de 50 kWh.

Para além desta variante elétrica, a Opel afirma ainda que o novo Mokka vai contar com motorizações convencionais. Entre estas, e caso o Mokka venha a partilhar as motorizações com o 2008, deverão encontrar-se o 1.2 PureTech nas variantes de 100, 130 e 155 cv e um 1.5 Diesel com 100 ou 130 cv.

Fica por saber se está nos planos uma variante com tração às quatro rodas, uma das características diferenciadoras do Mokka X, perdão, Mokka, no segmento — são poucos os modelos deste segmento que disponibilizam dois eixos motrizes.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi revelado o Opel Calibra?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Opel Calibra, esculpido pelo vento

Mais artigos em Notícias