Leilão

“Muscle car” para as curvas. Camaro Z/28 de Chris Harris vai a leilão

Um dos poucos "muscle car" que gostava tanto das curvas como das retas, o Chevrolet Camaro Z/28 de Chris Harris vai agora a leilão.

Petrolhead que é petrolhead tem que ter algum amor pelo puro “músculo americano”. Chris Harris não é diferente, e no seu caso, veio sob a forma de um Chevrolet Camaro Z/28 de 2015, e do seu enorme e ironicamente denominado “small block” (bloco pequeno) LS7 V8 naturalmente aspirado com 7008 cm3 (505 cv e 652 Nm) de capacidade ou umas muito americanas 427 ci (polegadas cúbicas).

O Camaro Z/28 é o equivalente ao GT3 num 911sim, um “muscle car” para… circuitos —, e na altura, para provar as suas aptidões dinâmicas, a Chevrolet enviou-o para o “inferno verde“, onde conseguiu um respeitável tempo de 7min37,47s — not bad, not bad at all…

Foi este o motivo para o interesse de Harris no Camaro? Quem sabe… Deixamos umas pistas:

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Chris Harris (@harrismonkey) on

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Chris Harris (@harrismonkey) on

VÊ TAMBÉM: Ford Mustang GT conduzido por Steve McQueen no filme Bullitt vai a leilão

Z/28, o GT3 dos Camaro

Como referimos, o Z/28 é o GT3 dos Camaro. O LS7, co-desenvolvido com a Corvette Racing, no entanto, é complementado com uma caixa manual de seis velocidades TREMEC TR6060 — old school…, como nós gostamos. Não é apenas o LS7 V8 que impressiona pela sua força e voz, o chassis brilha ao mesmo nível.

Equipado com amortecedores DSSV da Multimatic derivados da competição, todos os restantes componentes na suspensão foram revistos — tudo ficou bem mais firme —, ganhou travões em carbono-cerâmica à prova de fadiga, enormes pneus 305/30 ZR19, tanto atrás como à frente, e não faltava um diferencial autoblocante.

A aerodinâmica foi profundamente revista: splitter dianteiro, difusor traseiro, asa traseira mais pronunciada, novos painéis para um fundo mais plano. Resultado: 186 kg de downforce a 240 km/h.

Também foi aligeirado. Menos isolamento acústico, o revestimento da bagageira foi removido e o óculo traseiro passou a ser 9% mais fino. As massas não suspensas foram igualmente reduzidas — novas jantes forjadas, os já mencionados travões de carbono-cerâmica e até os pneus contribuiram para esse resultado. No final, o Chevrolet Camaro Z/28 apresentava-se 130 kg mais leve que o ZL1, o mais possante dos Camaro — ainda assim acusava substanciais 1732 kg.

A NÃO PERDER: Vin Diesel recebeu como prenda de aniversário um Dodge Charger… com mais de 1600 cv
Chevrolet Camaro Z/28 de Chris Harris
Glorioso e sonoro LS7 V8

O Camaro Z/28 de Chris Harris

O Chevrolet Camaro Z/28 de Harris foi importado para o Reino Unido pela Litchfield Motors em 2015, e seria adquirido por ele em 2017, com apenas 223 milhas no odómetro (359 km). Atualmente marca 7962 milhas, o equivalente a 12 813 km.

De acordo com a vendedora, Collecting Cars, o exemplar de Harris está muito bem conservado. Não há danos na pintura, toda ela a preto, nem nos revestimentos interiores, onde podemos encontrar bancos Recaro em pele e painéis centrais em camurça.

O “muscle car” mantém-se original, tendo sido mantido pela Litchfield Motors, com a última revisão a ter acontecido em dezembro de 2018.

O licitador que arrematar este pedaço de “americana”, terá ainda o bónus de ser convidado para se deslocar a um circuito (Inglaterra), onde o Camaro Z/28 será entregue pelo próprio Chris Harris, juntamente com algumas voltas rápidas… e provavelmente de lado, com o conhecido apresentador.

À altura da publicação deste artigo, o leilão ainda não tinha arrancado, nem foi divulgado uma estimativa de por quanto a Collecting Cars espera vender o Chevrolet Camaro Z/28 que foi de Chris Harris.

Sabes responder a esta?
Qual a principal novidade no novo Chevrolet Corvette C8?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos