Novo Suzuki Swift «apanhado» pela primeira vez. Que segredos esconde?

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Fotos-espia

Novo Suzuki Swift «apanhado» pela primeira vez. Que segredos esconde?

Os protótipos de teste do novo Suzuki Swift surgiram pela primeira vez em fotos-espia. O que podemos esperar do utilitário nipónico?

O novo Suzuki Swift — nome de código interno YED — deixou-se «apanhar» pela primeira vez em testes de estrada e, apesar de ainda surgir muito camuflado, já é possível antecipar algumas mudanças.

A nova geração continuará a assentar na plataforma Heartect do Swift atual, ainda que numa versão evoluída.

O protótipo de testes, apesar da camuflagem, mostra uma silhueta em tudo similar à da geração atual, mas composta por novos elementos, destacando-se o capô, que passa a ser do tipo concha. Ainda na frente, esperam-se novos faróis em LED.

VEJAM TAMBÉM: Jimny de cinco portas vai mesmo acontecer. Fotos-espia confirmam-no
Suzuki Swift foto-espia traseira
O utilitário da Suzuki deverá manter as formas arredondadas que lhe são características. © Razão Automóvel

De perfil, o maior destaque é a passagem dos puxadores das portas traseiras do pilar C do modelo atual para uma posição mais convencional e prática, alinhados com os puxadores das portas dianteiras. Quanto à traseira, também é de esperar encontrar novos farolins em LED.

Apesar de ainda não termos imagens do interior, o design do tabliê deverá ser totalmente novo e, previsivelmente, veremos um reforço da oferta tecnológica. Nesta área, é de esperar que o novo Swift se apresente com a mais recente geração de serviços conectados.

E os motores?

No campo da mecânica, tudo aponta para que o novo Swift continue a contar com as motorizações mild-hybrid da geração atual, compostas por um 1,2 l e um 1,4 l turbo.

Contudo, há rumores de que poderá surgir uma versão híbrida do novo Swift. Resta saber se vai recorrer à mecânica do Vitara híbrido que testámos recentemente, com a outra possibilidade a estar no recurso da tecnologia híbrida da Toyota, gigante com o qual a Suzuki tem várias parcerias.

 

Apesar de ainda pouco se saber sobre a nova geração do utilitário japonês, a chegada de um novo Swift Sport parece estar assegurada.

A geração atual recorre ao K14D, um 1.4 Turbo mild-hybrid com 129 cv — em mercados como o indiano e o australiano ainda usa o K14C, sem ser mild-hybrid, com 140 cv —, também usado pelos Vitara e o S-Cross. Por agora, os rumores indicam que o novo Suzuki Swift Sport manterá a mesma motorização, ficando por saber se haverá alterações ao nível da potência.

Quando chega?

A revelação do Suzuki Swift deverá acontecer durante 2023, mas a nova geração do utilitário japonês poderá demorar a chegar ao mercado europeu, podendo só acontecer em 2024. Quando ao Swift Sport, deverá tardar entre seis a 12 meses mais após a revelação do Swift.

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Daihatsu Charada GTti?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Glórias do Passado. Daihatsu Charade GTti, o mil mais temido

Mais artigos em Notícias