Nova Volkswagen Amarok. Maior, mais capaz e premium

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

Nova Volkswagen Amarok. Maior, mais capaz e premium

Após inúmeros teasers, a Volkswagen levanta finalmente o pano sobre a segunda geração da Amarok, a sua pick-up global e ambição não falta.

As expectativas são grandes para a nova geração da Volkswagen Amarok, que ambiciona tanto ou mais sucesso que a antecessora — mais de 830 mil unidades vendidas globalmente desde 2010 — e um posicionamento premium, nas palavras da marca.

É impossível falar da nova Amarok e não falar da Ford Ranger, a líder de vendas europeia. Isto porque, como já foi referido em múltiplas ocasiões, a segunda geração da pick-up alemã partilha com a nova geração da Ranger a sua plataforma e mecânica, resultado do acordo de cooperação assinado entre as duas marcas em 2019.

Apesar de serem tecnicamente idênticas, os designers da Volkswagen conseguiram diferenciar com sucesso, tanto por fora como por dentro, a nova Amarok da sua «prima», não havendo confusões de qual é qual.

VEJAM TAMBÉM: Nova Ford Ranger Raptor. Já sabemos quanto custa em Portugal

Ambas vão partilhar ainda a unidade de produção, localizada na África do Sul. País que será ainda um dos principais mercados para a nova geração da pick-up, assim como a Austrália e a Ásia — mercados onde as pick-up têm uma presença comercial muito forte —, com chegada prevista também à Europa no final do corrente ano.

Ainda maior e mais capaz

Em relação à antecessora, a nova Volkswagen Amarok cresceu praticamente 10 cm em comprimento (5,35 m) e a distância entre eixos cresceu ainda mais — 17,3 cm —, para os 3,27 m.  As projeções dianteira e traseira são assim mais pequenas, o que permitiu aumentar os ângulos de ataque e saída.

Por outro lado, o ângulo ventral sai prejudicado pela maior distância entre eixos, mas a capacidade de vau dá um «salto» de 300 mm, sendo agora de 800 mm no total.

Tal como antes, vai estar disponível nas variantes de cabina simples e cabina dupla, com o aumento das dimensões a refletir-se positivamente nas cotas internas, tanto para passageiros como para carga.

Se na Amarok de cabina dupla são os passageiros traseiros os maiores beneficiados pelas maiores dimensões, na Amarok de cabina simples é a caixa de carga a principal beneficiada permitindo transportar duas europaletes.

Volkswagen Amarok

A capacidade de carga também aumentou para 1200 kg — mais 200 kg que antes — e a capacidade máxima de reboque mantém-se nos 3500 kg.

VEJAM TAMBÉM: Toyota Hilux dentro e fora de estrada. Ainda a melhor pick-up de sempre?

A caixa de carga recebeu também uma atenção especial, estando disponível com diferentes coberturas, que podem ser manuais ou elétricas.

Muitos motores, mas nem todos chegarão à Europa

A Volkswagen anuncia seis motorizações para a nova Amarok — idênticos aos que já vimos na Ford Ranger —, sendo a maioria Diesel, mas também não falta uma motorização a gasolina.

Do lado do Diesel, começamos com um quatro cilindros em linha de 2,0 l, com três patamares de potência a começar nos 150 cv e a terminar nos 210 cv. Acima dele temos um V6 de 3,0 l, com potências entre os 240 cv (Europa) e os 250 cv (resto do mundo).

O mais potente, por agora, é o motor a gasolina, que conta com um quatro cilindros em linha de 2,3 l, turbocomprimido, com 302 cv de potência máxima. Mais tarde, como vai acontecer com a «prima» Ranger, poderão ser adicionadas variantes híbridas plug-in e mesmo 100% elétricas.

VEJAM TAMBÉM: Ao volante da Ford F-150 Lightning. O veículo elétrico mais importante nos EUA?

A diversidade mecânica permite à Volkswagen ter a motorização certa para as necessidades específicas dos mercados e por isso nem todas as motorizações deverão chegar aos concessionários europeus. A composição final da gama Amarok será conhecida mais perto da sua introdução no mercado.

Volkswagen Amarok

Como acontecia com a antecessora, a nova Volkswagen Amarok estará disponível com duas e quatro rodas motrizes. E todas as versões com 210 cv ou mais vêm associadas de série a uma caixa automática de 10 velocidades. Uma caixa manual com seis velocidades é a outra transmissão disponível.

Não falta sofisticação e requinte

É talvez no interior da nova Amarok que o posicionamento premium que a Volkswagen refere seja mais perceptível. O design, apesar do foco na funcionalidade, não destoaria se o víssemos num SUV.

É dominado, como acontece com tantos outros modelos, pela presença de um enorme ecrã central tátil, com orientação vertical, que pode ter 10″ ou 12″, mas não faltam espaços de arrumação — 20 no total.

O ecrã está ladeado por saídas de ventilação e por baixo vemos uma fileira de comandos físicos, de aparência requintada, que dão acesso a algumas das principais funções do veículo. O painel de instrumentos é também digital e varia entre as 8″ nas versões mais acessíveis e as 12″ nas mais equipadas.

Não faltam opções que estamos mais habituados a ver em veículos de passageiros, como o sistema áudio da Harman Kardon, revestimento em pele para o topo do tabliê e, no exterior, podemos ter jantes de até 21″ e os mais sofisticados faróis IQ.Light (LED Matrix).

Cinco linhas de equipamento

A gama da nova Volkswagen Amarok vai estruturar-se em cinco linhas de equipamento. Se as três primeiras são conhecidas de outros modelos da Volkswagen — Amarok (base), Life e Style —, as outras duas são específicas da Amarok: Panamericana e Aventura.

A distinção vai para lá dos equipamentos oferecidos, com as Amarok Panamericana e Amarok Aventura a mostrarem uma frente específica, com um motivo em “X” que une a parte superior e inferior da frente. Nos outros níveis, estas partes estão separadas por uma faixa de cor, marcado assim por linhas horizontais.

Volkswagen Amarok

A Volkswagen Amarok Panamericana é a mais orientada para o fora de estrada, estando equipada com jantes de 18″ e pneus off road, enquanto a Amarok Aventura é a mais requintada e urbana, com vários apontamentos em cromado, jantes de 20″ e uma barra “Stylingbar” imediatamente atrás da cabina.

Quando chega?

A segunda geração da Volkswagen Amarok tem chegada prevista para o final deste ano, não tendo ainda sendo anunciada a gama final ou os preços.

Volkswagen Amarok

Mais artigos em Notícias