Bugatti Bolide deixou-se ver e ouvir em Villa d'Este

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Hipercarros

Bugatti Bolide deixou-se ver e ouvir em Villa d’Este

O Concours d’Elegance de Villa d’Este é o «habitat natural» do Bugatti Bolide e isso ficou bem patente neste vídeo.

Eleito no ano passado o hipercarro mais bonito do mundo, o Bugatti Bolide continua a captar atenções para onde quer que vá e agora fê-lo também no Concours d’Elegance de Villa d’Este.

O emblemático evento realiza-se todos os anos em Itália e costuma reunir os automóveis mais belos e exclusivos de sempre — do passado, presente e, como neste caso, do futuro —, pelo que mesmo um hipercarro como o Bolide poderia «passar despercebido».

Mas não foi isso que aconteceu. O protótipo, totalmente funcional, permitiu ver o Bugatti Bolide em movimento e ouvir o seu colossal W16 tetraturbo, ainda que, por agora, sempre a «passo de caracol».

A NÃO PERDER: Bugatti tem um novo banco de potência e Chiron Super Sport já o estreou

O Bugatti Bolide

O novo Bugatti Bolide revelou-se ao mundo com 1850 cv de potência e 1850 Nm, por enquanto os números mais elevados a saírem do 8.0 W16 tetraturbo desde que este foi estreado no Veyron.

O protótipo anunciava ainda apenas 1240 kg a seco (sem fluídos), quase «nada» para os 1850 cv moverem, o que se traduz uma relação peso/potência de apenas 0,67 kg/cv. Entre os números mirabolantes revelados, os mais de 500 km/h de velocidade máxima são apenas um deles.

Contudo, na passagem à produção — vão ser feitas apenas 40 unidades — o Bugatti Bolide será obrigado a tornar-se mais civilizado. Por exemplo, o protótipo consome gasolina de competição de 110 octanas, enquanto o Bolide de produção consumirá gasolina de 98 octanas, o que fará a potência descer até aos 1600 cv.

LEIAM TAMBÉM: Bugatti Centodieci. Quanto tempo para fazer o seu interior?

Também a massa do Bólide, com todos os fluídos que necessita para funcionar, irá fixar-se nos 1450 kg — à volta de meia tonelada mais leve que um Chiron Super Sport —, o que permitirá aos 40 Bolide que a Bugatti vai produzir continuem a apresentar uma relação peso/potência de 0,9 kg/cv, abaixo do mágico 1 kg/cv.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Bugatti EB110?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Bugatti EB110. O último Bugatti antes da era Volkswagen

Mais artigos em Notícias