Conduzimos o novo BMW Série 2 Coupé (G42). A traseira mais polémica da BMW?

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Vídeos

Conduzimos o novo BMW Série 2 Coupé (G42). A traseira mais polémica da BMW?

Até pode ter um estilo polémico, mas isso não afetou as expectativas em torno do novo BMW Série 2 Coupé. Será que cumpre em estrada?

Desde o momento em que foi apresentado, o novo BMW Série 2 Coupé não deixou ninguém indiferente. Com um estilo polémico, o novo Série 2 está longe de ter uma imagem unânime — principalmente na secção traseira.

Uma imagem que não afetou as expectativas geradas à sua volta, sobretudo da versão M240i xDrive, a mais potente da gama até à chegada do M2.

E para tirar as primeiras dúvidas, o Guilherme Costa já lhe deitou as mãos e conta-vos em vídeo o que sentiu nos primeiros quilómetros ao volante deste “bimmer“.

A NÃO PERDER: Ainda com tração traseira. Tudo sobre o novo BMW Série 2 Coupé (G42)

O que mudou?

Ao contrário do visual — sempre subjetivo — no que diz respeito à plataforma não há margem para dúvidas: a BMW recorreu ao melhor que tinha em «casa». Nomeadamente à plataforma CLAR, a mesma que encontramos nas gamas superiores do construtor bávaro.

Graças a este upgrade, o BMW Série 2 Coupé é agora 105 mm mais comprido e 64 mm mais largo do que o seu antecessor. Ao nível das suspensões também há novidades: o novo BMW Série 2 herda as ligações ao solo do BMW Série 4 e Z4.

A isto a BMW somou ainda um aumento de 12% em resistência à torção e manteve a distribuição de peso 50-50, sendo que, no caso do M240i xDrive, contamos de série com a suspensão M Sport, estando opcionalmente disponível a suspensão adaptativa M.

LEIAM TAMBÉM: A grelha é gigante, a potência também. Tudo sobre o BMW Concept XM
BMW M240i © Guilherme Costa / Razão Automóvel

De série, o M240i xDrive destaca-se por “calçar” jantes de 19”, sendo que em opção é possível equipar jantes de 20” e pneus de alta performance.

Descubra o seu próximo carro:

Seis em linha de 3.0 litros

A animar este BMW M240i xDrive está um motor 3.0 turbo de seis cilindros em linha. Em relação ao antecessor ganhou 34 cv, tendo agora 374 cv de potência e um binário máximo de 500 Nm.

Graças a estes números a BMW anuncia para este M240i xDrive — o mais potente que podem comprar até à chegada da versão M2 — uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em 4,3s e 250 km/h de velocidade máxima (limitada eletronicamente).

BMW M240i © Guilherme Costa / Razão Automóvel

A gerir esta entrega de potência encontramos uma caixa Steptronic Sport de oito velocidades — caixa manual… só no futuro M2! — que acrescenta patilhas atrás no volante e duas funções muito especiais: Launch Control e Sprint (para acelerações imediatas já em movimento).

A NÃO PERDER: BMW M celebra 50 anos com logótipo histórico e 50 cores exclusivas

E o preço?

Já disponível no mercado português, o novo BMW M240i xDrive tem preços a começar nos 70 000 euros. Vale a pena esperar pelo novo M2? A resposta é afirmativa se estiverem à procura da derradeira interpretação desportiva do BMW Série 2 Coupé (G42). Se procurarem algo mais «civilizado», o M240i tem tudo aquilo que procuram num coupé deste segmento.

Primeiras impressões

7 / 10
O novo BMW Serie 2 está mais maduro que nunca. O "empréstimo" da plataforma CLAR oriunda das gamas superiores faz toda a diferença. O conforto saiu beneficiado e a dinâmica também. Nesta versão M240i não falta sequer o «apelo» mecânico que amantes da marca tanto gostam. Até à chegada do novo BMW M2, esta é a versão mais potente que podem comprar.

  • Compromisso dinâmica/conforto;

  • Resposta do motor;

  • Sonoridade.

  • Lista de opcionais;

  • Espaço nos lugares traseiros;

  • Não está disponível um modo 100% tração traseira.

Preço

70.000

Sabe responder a esta?
Qual a potência da versão de competição do BMW 530 MLE?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

BMW 530 MLE. O avô do M5 era um puro especial de homologação

Mais artigos em Testes, Primeiro Contacto