Desporto automóvel

E vão três! Filipe Albuquerque volta a triunfar nas 24 Horas de Daytona

A estrear-se numa nova equipa, a Wayne Taylor Racing, Filipe Albuquerque venceu pela terceira vez (2ª à geral) as 24 Horas de Daytona.

Depois de um 2020 em grande no qual não só venceu as 24 Horas de Le Mans na classe LMP2 como conquistou o Campeonato Mundial de Endurance da FIA e a European Le Mans Series, Filipe Albuquerque entrou “com o pé direito” em 2021.

Nas 24 Horas de Daytona, a primeira prova do ano do Campeonato Norte Americano de Resistência (IMSA), o piloto português voltou a subir ao lugar mais alto do pódio, conquistando a sua segunda vitória à geral na prova (a terceira foi obtida em 2013 na categoria GTD).

Em estreia aos comandos do Acura da sua nova equipa, a Wayne Taylor Racing, o piloto português partilhou o volante com os pilotos Ricky Taylor, Helio Castroneves e Alexander Rossi.

A NÃO PERDER: Fica a conhecer todos os pilotos portugueses que chegaram à Fórmula 1
Filipe Albuquerque 24 Horas de Daytona
Filipe Albuquerque começou 2021 a como acabou 2020: a subir ao pódio.

Uma vitória difícil

A prova disputada em Daytona terminou com uma diferença de apenas 4,704s entre o Acura de Albuquerque e o Cadillac do japonês Kamui Kobayashi (Cadillac) e de 6,562 segundos entre o primeiro lugar e o terceiro.

O Acura número 10 pilotado pelo português alcançou o primeiro lugar da prova a cerca de 12 horas do fim e desde então praticamente não largou essa posição, resistindo aos “ataques” dos adversários.

Acerca desta prova, Filipe Albuquerque afirmou: “Nem tenho palavras para descrever a sensação desta vitória. Foi a corrida mais difícil da minha vida, sempre nos limites, para tentar compensar o andamento dos nossos adversários”.

Nota ainda para o resultado alcançado por João Barbosa (que já venceu a prova por três vezes, a última em 2018 partilhando carro com Filipe Albuquerque). Desta vez, o piloto português correu na categoria LMP3 e aos comandos de um  Ligier JS P320 Nissan da equipa Sean Creech Motorsport conseguiu um segundo lugar na classe.

Sabe responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do Hyundai i30 SW?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Testámos o Hyundai i30 SW 1.0 TGDi N Line. Mudou, mas está melhor?

Mais artigos em Notícias