Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Arranque a Frio

Este é o «grito» do V12 atmosférico do Pagani Huayra R

O Pagani Huayra R é o pináculo do Huayra, só para circuitos, e traz com ele um V12 atmosférico com um som… divinal. Aumentem o som!

O coração do novo Pagani Huayra R é verdadeiramente especial. Por detrás da simples designação V12 R escondem-se 12 cilindros em V que somam 6,0 l em capacidade, capazes de produzir 850 cv às 8800 rpm, só parando às 9200 rpm, gerando o que mais parecido deve ser a voz dos deuses mecânicos — sem turbo ou compressor, nem qualquer assistência de eletrões.

Simplesmente puro, o motor perfeito para o Huayra R, o mais extremista e focado de todos os Huayra, apenas para circuitos. Prescindiu do habitual V12 biturbo (AMG) que sempre equipou o Huayra por um V12 atmosférico, criado de raíz, satisfazendo, de acordo com Horacio Pagani, o desejo dos 30 futuros proprietários desta muita especial máquina.

Uma obra-prima mecânica e sinfónica que se junta a outras recentes, numa espécie de renascimento do nobre V12 atmosférico: Ferrari 812 Competizione, GMA T.50 e Aston Martin Valkyrie.

VEJAM TAMBÉM: Caixa manual, V12 atmosférico e 850 cv. A fórmula mágica do Pagani Huayra R

O novo motor tinha que ter o encanto, o romance, o som e a simplicidade dos motores de Fórmula 1 da década de 1980, ao mesmo tempo que incorporava a tecnologia mais avançada disponível na atualidade.

Horacio Pagani, fundador e diretor executivo da Pagani Automobili

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebe o seu café ou ganha coragem para começar o dia, fique a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi fundada a Pagani Automobili?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

A história de Horacio Pagani e o gigantesco «melão» da Lamborghini

Mais artigos em Notícias