Notícias V12 continua no sucessor do Lamborghini Aventador, mas não evita eletrões

Antevisão

V12 continua no sucessor do Lamborghini Aventador, mas não evita eletrões

Aposta da Lamborghini no motor V12 vai manter-se no sucessor do Aventador, que pode ser apresentado ainda este ano com uma mecânica híbrida inspirada no Sián.

Lamborghini Aventador SVJ

A Lamborghini prepara-se para lançar em 2022 o tão esperado substituto do Aventador, logo depois da chegada ao mercado de uma versão híbrida plug-in do SUV da marca de Sant’Agata Bolognese, o Urus.

Estes serão dois passos importantes rumo à reinvenção da fabricante italiana para a era elétrica, já que ao contrário do que acontecia com o Aventador, o seu sucessor vai render-se à eletrificação. Era inevitável…

Mas como Maurizio Reggiani, diretor técnico da Lamborghini, confirmou há cerca de quatro meses, em declarações à Car and Driver, o sucessor do Aventador vai continuar a adotar um motor V12 atmosférico (como manda a tradição…), mas contará com o auxílio de um sistema híbrido, tal como já vimos acontecer no novo Lamborghini Sián, que produz um total de 819 cv.

A NÃO PERDER: Lamborghini Huracán STO. Diretamente dos circuitos para a estrada
Lamborghini Aventador S

O diretor técnico da marca transalpina sugeriu ainda que o motor elétrico poderá surgir no eixo dianteiro, afirmando que “se tivermos a possibilidade de contar com um eixo dianteiro com vetorização de binário podemos fazer algo verdadeiramente excecional no campo da dinâmica”. A accionar as rodas traseiras continuaria o bloco V12 de 6.5 litros.

Por determinar está o facto de o novo superdesportivo poder vir a recorrer a supercondensadores — como acontece no Sián — para dar energia ao motor elétrico, ou se, por outro lado, vai contar “apenas” com uma bateria de iões de lítio.

Stephan-Winkelmann CEO Bugatti e Lamborghini
Winkelmann é atualmente CEO da Bugatti e da Lamborghini.

A chegada ao mercado em 2022 ainda não foi confirmada pela Lamborghini, mas em declarações à Autocar, Stephan Winkelmann, diretor geral da fabricante italiana, deixou no ar a possibilidade de a marca transalpina poder vir a revelar dois novos modelos de motor V12 ainda em 2021.

VEJA TAMBÉM: Foco na dinâmica e não nas acelerações: a receita para os futuros Lamborghini

Tudo indica que um deles deverá corresponder a uma primeira revelação do sucessor do Aventador, que se irá perfilar como o V12 de próxima geração da Lamborghini. Este é um modelo que já foi adiado por diversas ocasiões, em parte por culpa da pandemia, mas também porque a Lamborghini precisa de desenvolver uma mecânica híbrida capaz de respeitar a dinâmica e o caráter que os seus modelos de motor V12 sempre tiveram e ao mesmo tempo estar em conformidade com todas as normas de emissões.

Lamborghini Sián FKP 37
Lamborghini Sián é o primeiro híbrido da marca de Sant’Agata Bolognese.

Winkelmann não entrou em detalhes, mas lembrou que “o desafio é cumprir as exigências dos legisladores sem defraudar as expectativas dos clientes nos próximos anos”. E neste capítulo, o Sián — apresentado em 2019 — volta a ser importante para perceber o que se segue: “O Sián é uma história de sucesso, porque percebemos que temos que vender a eletrificação dando um benefício aos proprietários de superdesportivos”, acrescentou.

A NÃO PERDER: Aumenta o som! Esta é a “voz” do Lamborghini Essenza SCV12

Sobre o futuro da Lamborghini, Winkelmann não tem dúvidas de que será “a legislação a dizer o que não podemos mais fazer”. Mas mesmo assim, e como referiu há cerca de quatro meses, em entrevista aos britânicos da Top Gear, o seu objetivo é “manter o motor de combustão interna o maior tempo possível” nas duas marcas que gere.

Lamborghini Sian
Lamborghini Sián

“O meu maior desafio é ter uma estratégia clara para o que vai acontecer depois de 2030, para conseguir acompanhar a próxima geração — não apenas em termos de produto, mas também em termos do que isso representa para a marca. O primeiro passo é perceber o que isso significa até 2030”, disse Winkelman.

 

Sabe esta reposta?
Qual a potência do motor V12 atmosférico do Lamborghini SC20?