Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Fotos-espia

Mercedes-Benz EQE. Fotos-espia revelam o Classe E dos elétricos

São quatro os modelos 100% elétricos que a marca da estrela apresentará durante 2021. O Mercedes-Benz EQE, apanhado nestas fotos-espia, será um deles.

Para compreender onde “encaixa” o futuro Mercedes-Benz EQE (V295), não é difícil. Da mesma forma que o EQS está para o Classe S e o EQA para o Classe A (neste caso, o GLA é a relação mais correta), o EQE estará para o Classe E.

Como é possível de constatar por estas fotos-espia — em exclusivo nacional na Razão Automóvel —, o futuro EQE assume a forma de uma berlina de contornos fluídos, destacando-se a vasta distância entre eixos e os vãos curtos, resultando em secções dianteira e traseira mais compactas que o normal, sobretudo quando as comparamos com as do mais convencional Classe E.

Proporções só possíveis por o futuro Mercedes-Benz EQE assentar na nova plataforma dedicada a veículos elétricos do fabricante de Estugarda, a EVA (Electric Vehicle Architecture), a mesma que servirá o EQS. Os restantes elétricos da marca como o EQC, EQA, EQV e futuro EQB, por outro lado, derivam de plataformas pensadas originalmente para veículos com motores de combustão interna.

TEM DE VER: Já conduzimos o Mercedes-Benz EQS, o Classe S dos elétricos
Mercedes-Benz EQE fotos espia © Razão Automóvel

À primeira vista o EQE parece apenas ser um EQS mais pequeno, mas é de esperar que as cotas internas sejam bastante generosas — mais generosas do que num Classe E atual — consequência das rodas terem sido “empurradas” para os cantos da carroçaria, garantindo um habitáculo amplo.

Apesar da camuflagem é possível detetar outras diferenças para o EQS, além do menor tamanho. A terceira luz de stop, por exemplo, surge na tampa da mala, ao contrário do seu “irmão” maior, que surge no topo do óculo traseiro.

Deduz-se assim que este Mercedes-Benz terá uma abertura da bagageira mais tradicional — o óculo traseiro será fixo —, em linha com outros sedãs de três volumes, ao contrário do EQS, que tem um portão traseiro que integra o óculo traseiro (ou seja, um cinco portas). Ainda na traseira, destaque para o pequeno, mas protuberante spoiler, e para o tratamento distinto da área vidrada junto ao pilar C.

De resto, deverá recorrer aos mesmos atributos motrizes do seu “irmão” de maiores dimensões. Nomeadamente a presença de dois motores elétricos, um por eixo, o que garante tração integral. Mais especificações, como potência ou autonomia, de momento ainda não sabemos.

O que sabemos é que a revelação do novo Mercedes-Benz EQE deverá acontecer no final do verão, coincidindo, muito provavelmente, com o Salão de Munique (7-12 de setembro), que tomou o lugar do Salão de Frankfurt. As primeiras entregas, no entanto, só deverão acontecer no início de 2022.

Sabe responder a esta?
O Alfa Romeo 156 foi Carro do Ano em Portugal em que ano?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Alfa Romeo 156. Vencedor do troféu Carro do Ano 1998 em Portugal

Mais artigos em Notícias