Apresentação

SEAT Tarraco “casa” 2.0 TDI 150 cv com DSG e tração dianteira

O SEAT Tarraco 2.0 TDI 150 cv de tração dianteira, até agora disponível apenas com caixa manual, passa a disponibilizar também a DSG.

Até agora disponível apenas com caixa manual, o SEAT Tarraco 2.0 TDI 150 cv de tração dianteira vê adicionada às suas opções a caixa DSG de sete velocidades (dupla embraiagem).

O maior SUV da marca espanhola, e também o seu modelo topo de gama atual, só permitia a combinação de um motor Diesel com a transmissão DSG na versão 4Drive, ou seja, com tração às quatro rodas.

Com a introdução do 2.0 TDI 150 cv DSG, o SEAT Tarraco aumenta a versatilidade da sua oferta, sobretudo no mercado de frotas.

VÊ TAMBÉM: SEAT Ibiza ganha a sua versão mais potente. Não, não é um CUPRA
SEAT Tarraco 2.0 TDI 150 cv DSG

SEAT Tarraco 2.0 TDI 150 cv DSG

Os números do 2.0 TDI são familiares. O bloco de quatro cilindros em linha debita 150 cv entre as 3000 rpm e 4200 rpm, e passa a oferecer mais 20 Nm em relação à versão com caixa manual, fixando-se nos 360 Nm.

Os consumos e emissões de CO2 anunciados são, respetivamente, de 5,4-6,0 l/100 km e 140-157 g/km, de acordo com o protocolo WLTP.

Esta nova opção está disponível tanto na variante de cinco como de sete lugares, assim como nas linhas de equipamento Style, Xcellence e FR, esta última também uma novidade na gama do SUV espanhol.

Ainda não foram avançados preços para esta nova opção.

TENS DE VER: David Gendry. “Estou surpreendido pela falta de apoio ao setor automóvel em Portugal”

Após a introdução do SEAT Tarraco 2.0 TDI 150 cv DSG com tração dianteira, seguir-se-á o lançamento, no início de 2021, do SEAT Tarraco híbrido plug-in.

Sabes responder a esta?
Em que fábrica é produzido o SEAT Leon?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Fomos buscar a nova carrinha SEAT Leon Sportstourer à fábrica de Barcelona

Mais artigos em Notícias