Indústria

É o adeus ao Ferrari GTC4Lusso. Purosangue, o SUV, aproxima-se a passos largos

A Ferrari deixou de aceitar pedidos de encomenda para o GTC4Lusso, o mais prático de todos os seus modelos. Isto até chegar o SUV.

A produção em si ainda não terminou, pois a Ferrari tem de satisfazer todos os pedidos efetuados até agora para o GTC4Lusso e o GTC4Lusso T, mas o fim não está longe.

A marca italiana costuma ter ciclos de vida de cinco anos para os seus modelos, pelo que o GTC4Lusso, lançado em 2016, deverá ver a sua produção terminar ou ainda antes de 2020 acabar ou no início do próximo ano.

Será o adeus a um dos mais radicais e fascinantes Ferrari até hoje feitos, uma reinterpretação ousada do que poderia ser um GT de motor dianteiro na marca.

VÊ TAMBÉM: Recorde de vendas na Lamborghini. O culpado? Urus, o SUV
Ferrari GTC4Lusso

FF, a shooting brake original

Temos de recuar até 2011, quando a Ferrari surpreendeu meio mundo com o lançamento do FF, o substituto do 612 Scaglietti. No lugar de um GT 2+2 tradicional, com carroçaria coupé, surgia uma longa (e verdadeira) shooting brake. Uma carrinha de três portas com performance de superdesportivo e V12 atmosférico, mas com quatro espaçosos lugares e uma bagageira generosa. E ainda, em estreia na marca, tração às quatro rodas.

Em vez de sucumbir à moda SUV que já varria o mundo automóvel — não sucumbiu na altura, sucumbirá em breve… —, a Ferrari criou um objeto único, mais interessante do ponto de vista concetual, mas em simultâneo fiel aos pergaminhos da marca.

Ferrari FF
Ferrari FF

O FF seria revisto substancialmente em 2016, mudando de nome para GTC4Lusso, mas mantendo o radical corpo de shooting brake, o glorioso V12 atmosférico (agora com 690 cv) e a tração às quatro rodas.

Não foi preciso esperar muito para conhecermos uma segunda versão, mais acessível, o GTC4Lusso T. O “T” na sua denominação significava a presença de um V8 turbo (610 cv) — herdado do 488 GTB — e apenas tração traseira.

TENS DE VER: O Último dos… Ferrari a vir equipado com uma caixa manual

Ferrari versátil e prático, procura-se…

Com o fim anunciado da produção, o GTC4Lusso sai de cena, sem no entanto, deixar um sucessor direto.

No entanto, um Ferrari mais versátil e prático já se avizinha no horizonte, com chegada programada para 2022 — sabes de certeza ao que me estou a referir. É o Purosangue, o nome avançado para o primeiro SUV de sempre na marca de Maranello.

E se o GTC4Lusso (e também o FF) foi um Ferrari como nenhum outro, o Purosangue promete levar essa premissa mais longe, ao vir com contornos mais assumidamente SUV. Além da prevista tração às quatro rodas, promete vir com um par de portas adicionais — uma estreia na marca —, e… distância acrescida ao solo(!). Conseguirá manter a essência da Ferrari? Teremos de aguardar.

Ferrari GTC4Lusso

Mais artigos em Notícias