Motores

Tipo F134. O motor com três cilindros, a dois tempos e com um compressor desenvolvido pela… Ferrari!?

Nos anos 90, a Ferrari decidiu desenvolver um pequeno 1.3 l de três cilindros a dois tempos com um compressor chamado Tipo F134. Descobre porquê.

Normalmente, quando falamos acerca de motores desenvolvidos pela Ferrari falamos de enormes V12 ou V8 mas nunca de pequenos motores de três cilindros. No entanto, o Tipo F134 prova que a marca de Maranello já “navegou” por essas águas, como mostra este vídeo da Drivetribe.

Desenvolvido durante os anos 90, o pequeno Tipo F134 consiste num motor tricilíndrico com 1.3 l de capacidade, a dois tempos e um compressor.

As razões por detrás do seu desenvolvimento foram muito simples: testar soluções que depois seriam aplicadas a um motor V6 a dois tempos com um compressor. A ideia era testar as soluções a implementar nesse motor no Tipo F134 e depois simplesmente juntar dois destes pequenos tricilindricos para criar o tal V6.

VÊ TAMBÉM: “Ford v Ferrari”. Este documentário conta-te o que o filme não contou

Um motor pequeno mas evoluído

Segundo nos conta o apresentador do vídeo que nos deu a conhecer esta raridade, o pequeno motor a dois tempos da Ferrari não se acanhava em termos tecnológicos.

Assim sendo, este pequeno tricilíndrico contava com injeção direta em vez de um carburador e com válvulas de escape controladas por uma árvore de cames. Já o compressor aumentava a quantidade de ar nos cilindros e ajudava a expulsar os gases de escape, aumentando assim a eficiência da combustão.

Segundo indica a CarScoops, o pequeno Tipo F134 debitava cerca de 130 cv (ou seja, o motor V6 não iria além dos 260 cv). No entanto, há rumores que indicam que a Ferrari chegou a ponderar aplicar-lhe um turbo para aumentar a potência para cerca de 216 cv (ou seja, no caso do V6 esta subiria para os 432 cv).

Como nos mostra a história, as soluções aplicadas no Tipo F134 nunca viram a luz do dia, mas, numa altura em que o diretor técnico da Fórmula 1 falou na hipótese de a disciplina vir a recorrer a motores a dois tempos, será que a Ferrari vai buscar poderá ir buscar ao baú os ensinamentos adquiridos no desenvolvimento deste três cilindros?

Sabes responder a esta?
Em que ano foi revelado o Ferrari 365 GT4 BB?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Fomos enganados. Afinal BB em Ferrari 365 GT4 BB não significa Berlinetta Boxer

Mais artigos em Autopédia