Enterrar dinheiro

Preciso da tua ajuda. Estou a pensar comprar um carro velho

Se as horas que passo nos sites de classificados tivessem equivalência académica, já era professor catedrático. Agora quero comprar um carro velho.

Preciso de ajuda. Quero comprar um carro velho. Mas primeiro deixa-me explicar-te o contexto do meu impasse…

Como sabes, passo a vida a trocar de carro. A minha Renault Mégane Break 1.5 dCi de 2003 — da qual podes saber um pouco mais neste artigo — está quase sempre parada nos parques de imprensa das marcas. Os carros de teste da Razão Automóvel ocupam-me a semana toda.

Resultado? O meu carro pessoal está quase sempre parado (na imagem abaixo). E isso abriu-me uma possibilidade…

renault megane II 2003
A minha fiel companheira.

Não preciso de ter um carro prático. Alias, nem sequer preciso de ter carro. Posso ter um carro como mero capricho. Que não precisa de ser prático. Que não precisa de ser poupado. Que não precisa de ser particularmente confortável.

Enfim, que não precisa de obedecer a praticamente nenhum dos pressupostos que normalmente norteiam a compra de um automóvel.

Pode ser uma compra estúpida e por impulso? Pode, claro…

Eu sei, nem parece uma coisa de homem. Compras estúpidas e inúteis? Jamais. Ainda hoje choro não ter comprado um placard vintage da Michelin numa feira de clássicos. Fazia-me tanta falta, custava 400 euros. Obs: Não funcionava e não tinha onde o meter…

VÊ TAMBÉM: Tudo o que aprendi neste carro que foi de uma idosa
ET
Também queria ter comprado este extraterrestre mas já não cheguei a tempo. Estava reservado.

Pois bem, é por isso que preciso da vossa ajudar para tomar más decisões. As questões são as seguintes:

  • Que carro é que compro? Orçamento: 2 500 euros. Vá podem esticar-se um bocadinho mais…
  • Vendo a Mégane ou fico com ela?

Deixe-me as vossas sugestões na caixa de comentários.

SportClasse
No mesmo dia em que deixei escapar a oportunidade de comprar um E.T., o meu amigo André Nunes da SportClasse fechou negócio com um «Pai Natal» gigante da Playmobil. Partiu-se na viagem para Lisboa…

Eu tenho feito a minha parte. Leia-se, perder horas queimar tempo nos sites de classificados. Para já estou inclinado a comprar um Mercedes 190 D, ou um Citroen AX GT, ou um pára-quedas em segunda mão. Sei lá… ajudem-me!

Se as horas que passo nos sites de classificados tivessem equivalência académica, já era professor catedrático.

Por acaso até já escrevi sobre este vício de andar nos sites de classificados: Como estragar a produtividade? Abrir um site de classificados de automóveis.

Mercedes-Benz 190d © Thom V. Esveld
Comprar um carro só para desfrutar dele. Sem compromisso. É tentador, não é?

Enquanto não me decido, ando a tentar convencer o nosso fotografo, o Thom V. Esveld, a vender-me o seu Mercedes-Benz 190 D — as imagens do carro dele acompanham este artigo. Mas ainda não chegámos a um acordo quanto ao preço.

TENS DE VER: A história (mal contada) do revolucionário Mercedes-Benz 190 (W201)

Está em bom estado, tem ar-condicionado, vidros manuais, teto de abrir elétrico e cinco velocidades. Parece-vos um bom negócio?

Mercedes-Benz 190d © Thom V. Esveld
Será que um dia destes vou andar num Mercedes-Benz 190d? #lifegoals

Sabes responder a esta?
Qual foi o primeiro modelo da SEAT?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

O primeiro SEAT da história faz 65 anos
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

O primeiro SEAT da história faz 65 anos

Mais artigos em Crónicas

Os mais vistos