Apresentação

Os Porsche Cayenne mais potentes que podes comprar são híbridos plug-in

Tal como no Panamera, os Porsche Cayenne e Cayenne Coupé mais potentes passam a ser híbridos plug-in. Fica a conhecer os novos Turbo S E-Hybrid.

A pouco tempo da revelação do seu primeiro modelo elétrico, o Taycan, a Porsche continua apostada na eletrificação da sua gama e a prova disso mesmo é a chegada da versão Turbo S dos Cayenne e Cayenne Coupé que, tal como aconteceu com o Panamera, passa a ser também híbrida plug-in — dêem as boas vindas aos novos Cayenne e Cayenne Coupé Turbo S E-Hybrid.

Em ambos os casos, a potência combinada é de 680 cv e é extraída da conjugação de um V8 de 4.0 l e 550 cv com um motor elétrico integrado na transmissão Tiptronic S de oito velocidades que oferece 136 cv. Já o binário combinado é de 900 Nm e está disponível desde o ralenti.

No que diz respeito às prestações, tanto o Cayenne Turbo S E-Hybrid como o Cayenne Turbo S E-Hybrid Coupé cumprem os 0 aos 100 km/h em 3,8 s e alcançam os 295 km/h. Tudo isto enquanto oferecem uma autonomia em modo 100% elétrico de 32 km e consumos (já medidos de acordo com o ciclo WLTP) de 4,8 a 5,4 l/100 km.

RELACIONADO: Pelo Alentejo ao volante do Porsche Panamera mais potente de sempre
Porsche Cayenne e Cayenne Coupé
Com a chegada da versão Turbo S E-Hybrid o Cayenne e Cayenne Coupé viram a sua potência subir para os 680 cv.

Quanto ao carregamento da bateria de iões de lítio de 14,1 kWh de capacidade que alimenta o sistema híbrido plug-in, esta demora 2,4 horas a carregar com o carregador de bordo de 7,2 kW ligado a uma tomada de 400 V e 16 A ou seis horas numa tomada doméstica com 230 V e 10 A.

VÊ TAMBÉM: Este Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid Sport Turismo não é como os outros…

Equipamento não lhes falta

De série a Porsche decidiu equipar os Cayenne Turbo S E-Hybrid e Cayenne Turbo S E-Hybrid Coupé com o sistema elétrico de estabilização Porsche Dynamic Chassis Control (PDCC),  bloqueio do diferencial traseiro, sistema de travagem de alta performance com travões em cerâmica, jantes de 21”, direção assistida Plus e ainda o Pacote Sport Chrono.

De série é também a suspensão pneumática adaptativa com três câmaras, que inclui o Porsche Active Suspension Management (PASM). Quanto às jantes de 22” e o eixo traseiro direcional são opcionais.

VÊ TAMBÉM: Testámos o Porsche Macan 2.0 turbo. Será que faz sentido?
Porsche Cayenne Coupé
De uma só vez o Cayenne Coupé passou a contar não com uma mas com duas versões híbridas plug-in.

Versão E-Hybrid também é novidade

Para além da versão Turbo S E-Hybrid, o Cayenne Coupé recebeu também uma segunda versão híbrida plug-in, mais acessível, a E-Hybrid. Esta recorre a um V6 turbo de 3.0 l de cilindrada e oferece uma potência combinada de 462 cv e um binário máximo combinado de 700 Nm.

VÊ TAMBÉM: Este Suzuki Jimny queria ser um Jeep Grand Wagoneer
Porsche Cayenne

Quanto aos consumos, o Cayenne E-Hybrid Coupé apresenta valores entre os 4,0 e os 4,7 l/100 km sendo capaz de percorrer em modo 100% elétrico até 37 km. Ao mesmo tempo, a Porsche voltou também a disponibilizar o Cayenne E-Hybrid para encomenda, que passou a integrar um filtro de partículas de gasolina.

VÊ TAMBÉM: O renovado Renault Twingo já chegou a Portugal. Fica a saber quanto custa
Porsche Cayenne

Quanto vão custar?

Os novos Porsche Cayenne híbridos já estão disponíveis para encomenda em Portugal e já têm preços estipulados. O Cayenne E-Hybrid está disponível a partir dos 99 233 euros enquanto a versão Turbo S E-Hybrid está disponível a partir de 184 452 euros. Já no caso do Cayenne Coupé a versão E-Hybrid arranca nos 103 662 euros enquanto a Turbo S E-Hybrid Coupé está disponível a partir dos 188 265 euros.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o primeiro Porsche 911 GT3?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Porsche 911 GT3, o alvo a abater

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos