Salão de Genebra 2018

Peugeot Rifter 4×4 Concept. O lado mais aventureiro do novo MPV

Depois de apresentado o novo Peugeot Rifter, a marca revela agora os pormenores da versão mais aventureira com tração integral e muitos mais pormenores. Para já, é um concept…

O novo Peugeot Rifter vem substituir o anterior Peugeot Partner, e assume agora uma inspiração SUV para definir o seu aspeto mais robusto e jovem. A provar as novas aptidões do Peugeot Rifter está o sistema Advanced Grip Control, que otimiza a tração para diferentes tipos de piso, e que já conhecemos de outros modelos do construtor e também o Hill Assist Descent Control, sistema uma vez mais conhecido de modelos como o Peugeot 3008, e que mantém uma velocidade otimizada em descidas acentuadas.

Mas a grande novidade é uma versão com tração integral, denominada mesmo de Rifter 4×4, para já ainda um concept. O desenvolvimento desta versão foi um esforço conjunto com o parceiro de longa data da Peugeot, a Dangel — empresa que se dedica à transformação de modelos Peugeot, adicionando tração integral e capacidades fora de estrada.

Com o show-car RIFTER 4x4 CONCEPT conseguimos criar um veículo ainda mais polivalente e eficaz, num estilo muito moderno e distinto, que joga com o contraste de cores e de materiais

Keith RYDER, Responsável do design PEUGEOT RIFTER

Estilo aventureiro

O Peugeot Rifter 4×4 Concept conta com quatro pneus específicos de todo-o-terreno, da BF Goodrich AllTerrain, que permitem uma melhor progressão em terrenos mais degradados ou escorregadios.

Sobressai de imediato a maior altura ao solo, mais elevada em 80 mm, bem como as jantes e pneus específicos.

O concept, que estará presente no próximo Salão de Genebra, destaca-se ainda por vários detalhes em amarelo forte, em contraste com o preto mate no capot, bem como a assinatura “RIFTER” na lateral e no vidro traseiro.

As cores e materiais distintos prolongam-se ao interior, com bancos específicos com alcantara preta, costuras no mesmo tom amarelo, e mais alguns pormenores.

Potência e tração

A equipar esta versão está o motor BlueHDi de 130 cv, com transmissão manual de seis velocidades e um binário máximo de 300 Nm.

A transmissão 4×4 é ativada através de um sistema de acoplamento viscoso, operado através de um seletor situado à mão no painel de bordo, à direita da manete da caixa de velocidades, e com três modos de condução — “2WD”, “4WD” e “Lock”. O primeiro permite uma tração apenas no eixo dianteiro, para o dia-a-dia, enquanto o segundo trata de enviar potência para as rodas traseiras, quando necessário, e de forma automática. Naturalmente o modo “Lock”, bloqueia a tração às quatro rodas para situações mais extremas de transposição de obstáculos.

Peugeot Rifter 4x4
Sistema de comutação de modos de tração do Peugeot Rifter 4×4 Concept

Para lá da cidade

Longe das cidades, o Peugeot Rifter 4×4 Concept poderá contar com uma rampa de luzes LED na parte superior do para-brisas. Curvada e com uma largura de 1,35 m, integra um alinhamento de 100 LED, divididos por duas filas, aproveitando uma potência total de 300 W.

Para além disso, o Rifter 4×4 Concept está ainda equipado com uma tenda de campismo da Overland, desenvolvida pela Autohome, com colchão revestido do mesmo têxtil dobrável para se integrar facilmente no volume da tenda.

O Concept do Peugeot Rifter 4×4 traz ainda a BTT Peugeot eM02 FS Powertube, uma bicicleta de assistência elétrica, com bateria integrada, e é a primeira da nova geração de eBikes da marca.

Sabes responder a esta?
Quantas unidades do Italdesign Zerouno Roadster vão ser produzidas?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Italdesign Zerouno Roadster. R8 e Huracán na base do superdesportivo italiano

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos