Recorde

Adivinhem quem voltou a ser o mais rápido tração dianteira no Nürburgring?

O Mégane R.S. Trophy-R volta a trazer para a Renault o título do mais rápido tração dianteira no "inferno verde", destronando o Civic Type R.

A Renault Sport não iria deixar a Honda ficar a rir-se: no dia 5 de abril de 2019 o novo Renault Mégane R.S. Trophy-R alcançou um tempo de 7min40,1s nos 20,6 km de extensão do Nordschleife. Bateu por mais de três segundos o tempo conseguido pelo Honda Civic Type R que, recordamos, foi de 7min43,8s.

Para destronar o Civic Type R, a Renault Sport não adicionou mais equídeos ao 1.8 TCe — a potência mantém-se nos 300 cv, tal e qual o Mégane R.S. Trophy que já testámos. Ao invés, os preciosos segundos ganhos foram conseguidos através da perda de massa, aerodinâmica otimizada e chassis revisto.

Infelizmente, de momento, a Renault Sport ainda não detalhou o que alterou e retirou do R.S. Trophy para o transformar num R.S. Trophy-R — apenas foi avançado que existem 130 kg de diferença entre os dois modelos, um valor substancial.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

A Renault Sport também indicou os seus parceiros “de crime”: o sistema de escape é da Akrapovič, os travões vieram da Brembo, os pneus da Bridgestone, os amortecedores da Öhlins e as baquets são da Sabelt.

Claro, falta referir o ingrediente essencial para obter o recorde, o piloto Laurent Hurgon que extraiu tudo o que havia para extrair do hot hatch para obter o recorde.

Renault MÉGANE R.S. TROPHY-R
Laurent Hurgon. Missão cumprida.

O outro tempo do Mégane R.S. Trophy-R

Existe um segundo tempo anunciado pela Renault Sport para o Mégane R.S. Trophy-R de 7min45,389s. Porquê o segundo tempo? Tem tudo a ver com as novas regras impostas em Nürburgring sobre a forma como estes tempos são alcançados.

O tempo de 7min40,1s é o tempo de referência que pode ser diretamente comparado ao do Civic Type R, já que ambos cumpriram os 20,6 km de extensão medidos entre o fim da linha de partida e o seu início localizados na T13.

Já os 7min45,389s são medidos de acordo com as novas regras impostas este ano, com o cronómetro a iniciar e a terminar a contagem no mesmo ponto na linha de partida/chegada à mesma na T13, totalizando 20,832 km, estendendo a distância em mais 232 m que anteriormente. De acordo com as novas regras, o Mégane R.S. Trophy-R insere-se na classe dos carros compactos (veículos de produção homologados sem modificações).

Renault MÉGANE R.S. TROPHY-R

E agora, Civic Type R?

Este duelo ainda não terminou. Na mesma altura em que a Renault Sport se encontrava no “inferno verde” à procura do recorde perdido, foram avistados vários protótipos de teste, parcialmente camuflados, do Honda Civic Type R, a sugerir que podemos esperar algum tipo de atualização do que tem sido a referência neste segmento. Novos desenvolvimentos para breve, certamente.

Renault MÉGANE R.S. TROPHY-R

Especial e limitado

O Renault Mégane R.S. Trophy-R chegará ao mercado no final de 2019, mas será limitado a umas quantas centenas de unidades, ainda não tendo sido avançado um número concreto.

No entanto, a sua primeira aparição pública acontecerá já no próximo dia 24 de maio, por ocasião do Grande Prémio do Mónaco em mais uma etapa do Campeonato Mundial de Fórmula 1, com os pilotos Daniel Ricciardo e Nico Hülkenberg ao volante.

Sabes responder a esta?
Que nova plataforma a quinta geração do Renault Clio vai estrear?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Este é o novo Renault Clio. Evolução, não revolução

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos