Salão de Detroit 2019

Oficial. Finalmente, aqui está o novo Toyota GR Supra

Depois de uma longa espera aqui está ele: o novo Toyota GR Supra. Este é o primeiro modelo GR global produzido pela Toyota GAZOO Racing.

Depois de vários renders, teasers, fugas de imagens e longos anos de espera, aqui está a quinta geração do Toyota Supra. Apresentado hoje no Salão de Detroit, o novo Toyota GR Supra mantém-se fiel à fórmula eternizada pelos seus antecessores: motor dianteiro de seis cilindros em linha e tração traseira.

Mas a inspiração no passado não está apenas no layout, com a Toyota a afirmar que o capot longo, a carroçaria compacta e o tejadilho com duas bolhas são influência do saudoso Toyota 2000GT. Já as asas traseiras e o arco do spoiler integrado são inspirados na quarta geração do Supra.

Evidente é ainda a aproximação do novo Toyota GR Supra ao concept  FT-1, revelado em 2014 no Salão de Detroit. De acordo com a Toyota, o novo GR Supra foi desenhado com base no conceito “Condensed Extreme” que compreende três elementos: uma curta distância entre eixos, rodas grandes e ampla largura.

VÊ TAMBÉM: Lexus UX 200. Já conduzimos o PRIMEIRO SUV compacto da Lexus
Toyota Supra

A técnica por detrás do Toyota GR Supra

Mas se o layout do novo Toyota GR Supra cola-se ao dos seus antepassados, a plataforma e o motor da quinta geração do desportivo nipónico provêm de terras bem distantes do Japão. Mais precisamente da Alemanha, com a Toyota a partilhar a plataforma com o BMW Z4, e pelo caminho trouxe também o seis cilindros em linha turbo utilizado pelo modelo germânico.

Assim, a animar o GR Supra encontramos um motor de seis cilindros em linha de 3.0 l equipado com um turbocompressor twin-scroll, injeção direta de combustível de alta precisão e controlo de válvulas continuamente variável. Este debita 340 cv e 500 Nm de binário e está associado a uma caixa automática de oito velocidades (o condutor pode optar por usá-la em modo manual através das patilhas no volante).

Toyota GR Supra

O Toyota GR Supra oferece ainda dois modos de condução: Normal e Sport. Quando se seleciona o segundo, este atua sobre o som e a resposta do motor, as passagens de caixa, o amortecimento, a direção e ainda o desempenho do diferencial ativo (que vai equipar todas as versões do GR Supra vendidas na Europa).

Para ajudar a aumentar o desempenho do novo Toyota GR Supra estão ainda disponíveis o “Controlo de Lançamento” (Launch Control) que permite ao desportivo cumprir os 0 aos 100 km/h em apenas 4,3s e um modo “Pista” que atua sobre o controlo de estabilidade e que reduz a intervenção deste sistema.

VÊ TAMBÉM: Suzuki Jimny vs Toyota Land Cruiser: qual deles é o melhor todo o terreno?

Por dentro do novo GR Supra

No habitáculo a Toyota quis focar-se completamente no condutor. Assim, não é de estranhar a opção por criar uma consola central assimétrica que marca uma divisão clara entre a zona do habitáculo destinada ao condutor e ao passageiro.

O painel de instrumentos, composto por um ecrã de alta definição de 8,8″ conta com o conta-rotações de efeito 3D e o indicador de mudança engrenada ao centro, estando o indicador de velocidade à esquerda e a informação de navegação à direita do conta-rotações. Para além do painel de instrumentos, o condutor dispõe ainda de um head-up display.

Já no tablier, o destaque vai para o desenho horizontal, baixo e fino e para o ecrã multimédia de 8,8″ que pode ser utilizado de forma tátil ou através de um comando rotativo (tal como na… BMW). Aliás, no interior do novo GR Supra saltam à vista alguns componentes vindos da BMW como a alavanca da caixa de velocidades ou as hastes da coluna de direção.

VÊ TAMBÉM: Oficial. Finalmente, aqui está o novo Toyota GR Supra

Duas versões de equipamento

O novo Toyota GR Supra será lançado com dois níveis de equipamento: Active e Premium. A versão Active oferece equipamentos como a suspensão adaptativa variável, jantes de liga leve de 19″, ar condicionado automático bi-zona, cruise control adaptativo, bancos revestidos em Alcantara negra reguláveis eletricamente e ainda o pacote Supra Safety +, que inclui equipamentos como o monitor de ângulos mortos, aviso de saída de faixa de rodagem, alerta de colisão traseira entre outros.

A versão Premium acrescenta equipamentos como os estofos em pele, sistema de som premium JBL de 12 altifalantes, head-up display, carregador de telemóvel sem fios entre outros. Para já, ainda não se sabe quais as versões que estarão disponíveis no mercado nacional.

VÊ TAMBÉM: Suzuki e Mitsubishi também abandonam motores Diesel

Série especial para começar

Para celebrar o regresso do Supra, a Toyota decidiu criar a versão especial Toyota GR Supra A90 Edition. Limitada a 90 unidades, esta versão apresenta o GR Supra com a pintura mate Storm Gray, equipado com jantes de liga leve negras baças e habitáculo revestido a pele vermelha.

Esta versão estará apenas disponível para os primeiros 90 clientes europeus que façam a pré-encomenda através das plataformas de reservas específicas de cada país (não se sabe quantas unidades se destinam a Portugal).

Já em relação aos restantes GR Supra, a Toyota só vai disponibilizar 900 unidades para a Europa no primeiro ano de comercialização. Assim, estes primeiros clientes a reservar o desportivo vão desfrutar de vários benefícios, como um programa de experiências e de recompensas que não podem ser compradas no período que antecede a entrega do carro, a partir do final do verão de 2019.

Para já ainda não se sabe quantas destas 900 unidades virão para Portugal nem o preço do novo Toyota GR Supra no nosso mercado.

Sabes responder a esta?
Em que ano é que o Toyota MR2 deixou de ser produzido?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

O regresso do Toyota MR2 será como um… elétrico?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos