Carro do Ano 2019

Carro do Ano 2019. Estes são os dois grandes SUV a concurso

Os principais destaques dos candidatos a Grande SUV do Ano: Hyundai Santa Fe 2.2 CRDi e Volkswagen Touareg 3.0 TDI.

Hyundai Santa Fe 2.2 CRDi 4×2 Premium 200 cv — 59 950 euros

A Hyundai reforça a sua presença no mercado SUV com a quarta geração do Santa Fe. Na Europa, nos últimos 17 anos, foram vendidos mais de 400 mil veículos deste modelo. O design exterior é caracterizado por uma postura ampla e robusta e um visual atlético e arrojado.

A segurança passiva é melhorada através de uma maior robustez da carroçaria para proteger os passageiros em caso de colisão. Graças à utilização de estampagem a quente numa área alargada, juntamente com diâmetros de soldadura maiores, o peso geral do Hyundai Santa Fe é reduzido ao mesmo tempo que proporciona uma maior resistência à colisão.

O motor CRDI de 2.2 l com tração integral e caixa automática de oito velocidades, tem 197 cv (144 kW) e 436 Nm. De acordo com a informação avançada pela marca, o consumo combinado de combustível no Hyundai Santa Fe é de 6,3 l/100 km e as emissões CO2 combinadas (conversão NEDC) são entre 150 g/km e 165 g/km.

Está disponível com caixa manual de seis velocidades e tração dianteira ou integral bem como caixa automática de oito velocidades e tração dianteira. A Hyundai vai lançar brevemente duas motorizações alternativas para o Santa Fe, as versões hybrid e plug-in hybrid.

Hyundai Santa Fé 2018
Hyundai Santa Fé 2018

Tração integral melhorada com HTRAC

O Hyundai Santa Fe integra um sistema de tração integral com aplicação de binário melhorada em função da aderência dos pneus e da velocidade do veículo denominado HTRAC. A tecnologia de tração integral controla, de forma variável, a distribuição do binário e a potência de travagem das rodas dianteiras e traseiras. Esta tecnologia assiste o condutor nas diferentes situações de condução, quer seja em condições de neve, em piso escorregadio ou em condições de estrada normais, para além de melhorar a estabilidade nas curvas.

Hyundai SmartSense

O novo Hyundai Santa Fe oferece tecnologias de segurança ativa e assistência à condução SmartSense. O sistema de Alerta de Passageiros nos Bancos Traseiros monitoriza os bancos traseiros para detetar a presença de passageiros e alerta o condutor quando este sai do veículo.

O sistema de Alerta de Tráfego na Retaguarda do Veículo com Travagem Autónoma é também uma estreia na Hyundai. Quando o condutor do Hyundai Santa Fe faz marcha-atrás em zonas com pouca visibilidade, o sistema, para além de avisar o condutor da aproximação de veículos na retaguarda, trava automaticamente. O Safety Exit Assist previne acidentes quando os veículos se aproximam de trás trancando as portas, temporariamente, antes da sua abertura, para que os passageiros possam sair em segurança.

Hyundai Santa Fé 2018
Hyundai Santa Fé 2018

Na segunda fila o espaço para as pernas aumentou 38 mm e o banco é 18 mm mais alto. O novo acesso à terceira fila com um só toque facilita o acesso dos ocupantes aos bancos da terceira fila. O espaço em altura na terceira fila aumentou 22 mm. A bagageira do Hyundai Santa Fe tem agora capacidade para 625 l (aumento de 40 l) (VDA).

O sistema Display Áudio permite que os clientes liguem os seus smartphones a um ecrã LCD tátil a cores de 7’’ através do Apple CarPlay e do Android Auto. Os ocupantes podem utilizar as capacidades de navegação dos smartphones sem terem de recorrer à navegação incorporada no Hyundai Santa Fe. O sistema reconhece a voz do passageiro permitindo-lhe ditar mensagens ou fazer chamadas telefónicas. O sistema Display Áudio possui também uma câmara de marcha-atrás com orientações dinâmicas e visão do atrelado.

RELACIONADO: Hyundai Santa Fe em Genebra. A Diesel, mas com híbrido a caminho

Volkswagen Touareg 3.0 TDI 231 cv Elegance Plus — 99 701 euros

O porta-estandarte da Volkswagen ocupa uma posição de destaque no segmento SUV, com o seu design expressivo, sistemas de assistência, conforto e segurança.

Os maiores mercados para a nova geração do Volkswagen Touareg são a China, a Europa e a Rússia. As vendas mundiais das duas gerações anteriores somam quase um milhão de unidades.

A terceira geração do Volkswagen Touareg é mais larga e mais comprida. As novas dimensões refletem-se nas proporções do veículo e nas cotas do espaço interior. O comprimento é de 4,878 m, a largura de 1,984 m, a altura de 1,717 m e a distância entre eixos de 2,904 m.

Volkswagen Touareg 2018
Volkswagen Touareg 2018 – exterior, frente

A Volkswagen apresenta no Touareg, pela primeira vez, o totalmente digitalizado Innovision Cockpit. Aqui, os instrumentos digitais (Digital Cockpit com ecrã de 12’’) e o sistema de infotainment Discover Premium (com ecrã de 15’’) fundem-se para formar uma unidade digital de funcionamento, informação, comunicação e entretenimento. O Innovision Cockpit custa 2395 euros.

A capacidade de bagagem no Volkswagen Touareg aumentou dos 697 l para os 810 l (com banco traseiro em posição normal). A carga fica oculta por uma chapeleira elétrica opcional. Apesar do comprimento e largura terem aumentado, a carroçaria é 106 kg mais leve, devido à construção mista em alumínio (48%) e aços de alta resistência (52%).

Em Portugal, a Volkswagen disponibiliza, durante a fase inicial, dois motores Diesel V6 3.0 TDI de 231 cv e 286 cv, contando o Touareg com a tração permanente 4MOTION acoplada a uma caixa automática de oito velocidades.

A versão mais potente do Volkswagen Touareg possui um binário máximo de 600 Nm entre as 2250 e as 3250 rpm, a aceleração 0-100 km/h é de 6,1s e a velocidade máxima de 235 km/h. O consumo médio ponderado divulgado oficialmente pela marca é de 6,6 l /100 km e as emissões de CO2 de 173 g/km.

Volkswagen Touareg 2018
Volkswagen Touareg 2018, interior

Night Vision deteta pessoas e animais através de uma câmara com imagem térmica

O Volkswagen Touareg é lançado com a maior gama de sistemas de assistência e conforto oferecidos num modelo da marca. Incluem tecnologias como o sistema de assistência Night Vision (deteta pessoas e animais em zonas escuras, através de uma câmara com imagem térmica), Roadwork Lane Assist (direção semi-automatizada e permanência na faixa de rodagem, aceleração e travagem até 60 km/h), Front Cross Traffic Assist (reage ao tráfego que circula de frente para o Touareg), direção ativa às quatro rodas, novas barras estabilizadoras controladas eletromecanicamente, IQ.Light – LED matrix headlights (controlo interativo dos faróis baseado numa câmara e nas luzes dos “máximos”) e um Head-up Display projetado no para-brisas.

Equipamento opcional da unidade que os jurados conduziram:

Innovision Cockpit 2394,98 euros; Bola Reboque Elétrica 1342 euros; Jantes em Liga Leve “Braga” 9J X 20 1091,99 euros; Faróis LED Matrix 1858 euros; Pacote Driver Assistance “Plus” 338 euros; Suspensão “Air Steering” 2833 euros; Barras de Tejadilho Cromadas 109 euros; Easy Open/ Easy Close 1767,01 euros; Vidros Traseiros Escurecidos 404,01 euros; Pacote Ambiente “Colored World” 380 euros; Depósito de Combustível para 90 l, 107 euros.

ENSAIO: Volkswagen Touareg 3.0 TDI V6 (286 cv). O teste completo em vídeo

Texto: Essilor Carro do Ano | Troféu Volante de Cristal

Mais artigos em Notícias