Apresentação

Mercedes-Benz EQC. Começou hoje a ofensiva elétrica da Mercedes

Depois da apresentação da sub-marca EQ no Salão de Paris de 2016, a Mercedes deu a conhecer o primeiro produto elétrico EQ: o Mercedes-Benz EQC 400 4MATIC.

É a primeira proposta da nova marca 100% elétrica da Mercedes-Benz, o Mercedes-Benz EQC representa, segundo o fabricante da estrela, o idioma de design “Luxo Progressivo”, num corpo que facilmente se posiciona entre os SUV e os SUV Coupé.

Exterior

Como principal característica do exterior, está o painel negro que envolve faróis e grelha frontal, delimitado no topo por uma fibra óptica, que durante a noite cria uma faixa de luz horizontal quase ininterrupta entre as lâmpadas de circulação diurna.

No caso dos faróis Multibeam LED, estes têm um interior igualmente em preto de alto brilho, a juntar a listas azuis em fundo preto e lettering Multibeam também em azul.

RELACIONADO: Mercedes-Benz Vision EQ Silver Arrow. A nova «flecha prateada»

Interior

Já no interior, encontramos um painel de instrumentos, com contorno nervurado, projetado como um cockpit orientado para o condutor, do qual fazem parte saídas de ar planas com abas coloridas em rosé-dourado.

Igualmente presente o já conhecido sistema de info-entretenimento MBUX com várias funções específicas EQ, assim como algumas funcionalidades acrescidas, como é o caso do controlo climático de pré-entrada, além da última geração de sistemas de assistência de condução da Mercedes-Benz.

Dois motores com 408 cv de potência conjunta

Equipado com dois motores elétricos colocados sobre os eixos traseiro e dianteiro, assume-se como um SUV 100% elétrico de tração integral. Os dois motores estão configurados para atuar em simultâneo, com o objetivo de garantirem um menor consumo de energia e ao mesmo tempo maior dinamismo — o motor elétrico frontal foi otimizado para proporcionar a melhor eficiência possível, enquanto que o traseiro tem como objetivo proporcionar uma condução mais dinâmica.

Em conjunto, estes dois motores garantem uma potência de 300 kW, cerca de 408 cv, assim como um binário máximo de 765 Nm.

Na base do Mercedes-Benz EQC, foi instalada uma bateria de iões de lítio, com 80 kWh de potência. A marca avança uma autonomia de “mais de 450 km” (ciclo NEDC, dados provisórios), 5,1 segundos na aceleração dos 0 aos 100 km/h e 180 km/h de velocidade máxima limitada eletronicamente.

Cinco modos de condução, com Eco Assist

Igualmente a ajudarem na condução, estão cinco programas, cada um com características diferentes: Comfort, Eco, Max Range, Sport, além de um programa adaptável individualmente.

O Mercedes-Benz EQC recebeu também o sistema Eco Assist, que oferece ajuda ao condutor, por exemplo, alertando quando é apropriado desacelerar, apresentando dados de navegação, reconhecendo os sinais de trânsito e prestando informações dos assistentes de segurança inteligentes, como é o caso dos radares e câmaras.

80% de carga em 40 minutos… com 110 kWh

Finalmente e quanto ao carregamento das baterias, o Mercedes-Benz EQC surge equipado com equipado com um carregador a bordo (OBC) refrigerado a água, com capacidade de 7,4 kW e adequado para carregamento em casa ou em estações de recarga públicas.

Utilizando uma wallbox da marca, o carregamento torna-se três vezes mais rápido que através de uma tomada doméstica, ao mesmo tempo que, em tomadas de carregamento DC, o reabastecimento das baterias consegue ser ainda mais rápido.

Numa tomada com potência máxima de até 110 kW, em estação de carga apropriada, o Mercedes EQC pode recarregar entre 10 e 80% da capacidade das baterias, em cerca de 40 minutos. No entanto, estes dados são provisórios.

Produção arranca em 2019

A produção do EQC arranca em 2019 na fábrica da Mercedes-Benz em Bremen. As baterias serão produzidas na fábrica de baterias expandidas em Kamenz, um unidade fabril propriedade da marca da estrela.

Sabes responder a esta?
Quantas unidades do Zagato Zele foram fabricadas
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Zagato Zele. A tua oportunidade de ter um Zagato na garagem?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos