Antecipação

2ª geração do Nissan Juke. Tudo o que já sabemos

O pequeno crossover que deu o pontapé de partida ao segmento "B-SUV", vai ser totalmente renovado. Do atual modelo vai sobrar muito pouco... talvez o nome.

A revelação foi feita pelo responsável máximo pelo design da Nissan, o espanhol Alfonso Albaisa, ao garantir, em entrevista à britânica Autocar, que a segunda geração do Juke “não se parecerá muito com a atual”, nem sequer “com o IMx ou o com novo Leaf”.

Segundo Albaisa, o novo Juke será uma espécie de “meteoro urbano, com uma atitude confiante!”. Não sabemos muito bem o que é isto significa, mas parece-nos uma despedida das formas arrendadas que caracterizaram a primeira geração.

Já quando questionado sobre os rumores de que o design inicialmente apresentado terá sido mandado para trás, para que fosse refeito, o espanhol defendeu que o novo Juke “chegará, seguramente, em breve. Agora, não sei de onde saiu essa história. A verdade é que o carro não foi mandado para trás, continua a ter uma atitude muito cool, além de toda a postura já conhecida”.

RELACIONADO: Nissan Juke GT Sport Playstation. O nome diz tudo
Nissan IMx Concept
O Nissan IMx Concept foi apontado, aquando do seu desvendar, como o protótipo que antevia as linhas do futuro Juke. Aparentemente deixou de o ser…

É claro que o desafio foi mais fácil com o primeiro Juke, até porque não havia nada parecido. Por outro lado, o seu sucesso também ficou a dever-se à imagem extremada que possui. O que faz com que a nova geração não possa ser apenas uma derivação ou evolução do primeiro, e, ainda assim, continuar a chamar-se Juke. Nesse caso, mais valia mudarmos-lhe o nome para Nancy ou outra coisa do género

Alfonso Albaisa, diretor geral para o Design da Nissan

Novo Juke já no ano que vem

Segundo avança a Autocar, o novo Juke deverá chegar já em 2019. Embora esteja ainda por apurar com que plataforma, se a atual (V-Platform) ou a futura (CMF-B) do próximo Renault Clio, e com que motores — a publicação inglesa fala numa aposta em blocos de três cilindros 898 cm3 e quatro cilindros 1197 cm3 turbo, com potências entre os 90 e os 115 cv, assim como num 1.5 Diesel de 110 cv, com tração integral permanente.

Contudo, tudo isto padece ainda de confirmação oficial.

Nissan Juke-R 3
O Juke R foi apenas uma das muitas variantes do actual modelo. Para repetir?…
RELACIONADO: Uma semana INTEIRA ao volante do Nissan 370Z Nismo

Um sucesso de vendas… para continuar?

Recorde-se que a primeira geração do Juke foi apresentada no Salão Automóvel de Genebra de 2010, acabando por contribuir para a explosão do seu subsegmento, que, depois de um crescimento acentuado, chegou a 2016, com um total de 1,13 milhões de carros vendidos, só nesse ano.

Entretanto, as previsões apontam já para uma duplicação desse número, em 2022.

Quanto ao Juke, conseguiu ultrapassar, ao longo do seu ciclo de vida, em quatro anos distintos, as 100 mil unidades vendidas. Será que a Nissan vai conseguir repetir a fórmula vencedora do Juke com novos condimentos?

Sabes responder a esta?
Qual foi o tempo feito pelo Jaguar I-Pace no circuito de Laguna Seca?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Jaguar I-Pace é o veículo elétrico de produção mais rápido em Laguna Seca

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos