A Audi aderiu às molas em fibra de vidro: saibam as diferenças

02/07/2014
2.336 views
Share Button

A Audi resolveu dar mais um passo em frente, no que toca à inovação automóvel, com um conceito que não é novidade na indústria automóvel mas que traz grandes benefícios. Conheçam as novas molas em fibra de vidro da Audi.

Em paralelo com o investimento no desenvolvimento de motores cada vez mais eficientes e materiais compósitos que permitam reduzir peso, mas aumentar ao mesmo tempo a rigidez estrutural dos chassis e carroçarias, a Audi volta-se de novo para os materiais compósitos, para aplicação noutros componentes.

VEJAM TAMBÉM: Toyota apresenta ideia inovadora para automóveis híbridos

A Audi está apostada em desenvolver e massificar esta tecnologia, tudo com um único propósito: salvar peso, melhorando por isso a agilidade e condução dos seus futuros modelos.

Esta é a nova coqueluche do departamento de pesquisa e desenvolvimento da Audi: as molas de compressão helicoidais em fibra de vidro e polímero reforçado. Uma ideia que já tinha sido aplicada pela Chevrolet, no Corvette C4 em 1984.

Tem no ADN a paixão por automóveis, ainda no ventre materno já gostava de andar de carro. Atingiu na formação como mecânico de automóveis o nirvana do viver e respirar técnica automóvel. Define-se como um Gearhead/Petrolhead e tem a condução como o seu Elixir de Vida.