TOP 10: os melhores exemplares a leilão em Pebble Beach

25/06/2014
982 views
Share Button

Seja um Aston Martin clássico de 5 milhões de euros, um Porsche 917k, ou os anos 90 em forma de 4 rodas, nos leilões que decorrem este ano no âmbito de Pebble Beach, há automóveis para todos os gostos, mas para poucas carteiras. Este é o nosso Top 10.

O Pebble Beach Concours d’Elegance é um dos certames mais importantes do seu género, e eventualmente o mais emblemático. A classe dos automóveis expostos não tem paralelo e a atenção ao detalhe é levada ao extremo neste concurso de elegância para automóveis. Uma verdadeira montra de vaidades, engenharia, arte e beleza.

Por forma a aproveitar a concentração de coleccionadores e interessados em automóveis históricos, algumas leiloeiras guardam os seus maiores trunfos para esta altura. Os leilões de Pebble Beach decorrem entre 15 e 17 de Agosto e são realizados pela RM Auctions e pela Gooding & Company.

Depois de alguma discussão interna aqui na redação da Razão Automóvel, entre quais os melhores automóveis que vão a leilão este ano em Pebble Beach, decidi elaborar um TOP 10. Numa mistura entre gosto pessoal, importância histórica e beleza, seleccionei os seguintes modelos:

10 – Tucker 48

tucker 48

Três faróis e seis saídas de escape. Porque não? Terá sido mais ou menos este o pensamento da empresa americana que em 1948 decidiu produzir o Tucker 48. Um automóvel raro, com 51 unidades produzidas e com detalhes que se encaixam perfeitamente na exuberância das produções de Detroit dos anos 40-50. O Tucker 48 é um carro importante uma vez que é a materialização do esforço e audácia que a empresa teve ao abandonar a produção de motores para aviões – uma actividade que garantia bons lucros – para se dedicar à pesquisa e desenvolvimento de automóveis. Esperam-se valores na casa dos 1 200 000$ (882 000€).

9 – Vector W8 Twin Turbo

vector w8 1

Lembram-se de ter falado em anos 90 em forma de 4 rodas no início do texto? Pois bem, era ao Vector W8 Twin Turbo que me referia. Este modelo data de 1993 e é um excelente resumo dos anos 90 em forma de automóvel. A Vector foi uma empresa americana que fez um W8 com base nos mais avançados materiais da indústria aeronautica, daí o nome completo da marca ser Vector Aeromotive Corporation. O W8 Twin Turbo está equipado com um motor V8 de 6 litros, capaz de o levar aos 350 km/h. No total foram vendidos 17 W8 Twin Turbo, factor que, aliado ao design…arrojado, fazem deste um dos automóveis mais cobiçados deste leilão. Espera-se que seja vendido por um valor não inferior a 500 000$ (370 000€).

8 – Dual Ghia

dual ghia

Os críticos automóveis da altura escreveram que os Rolls Royce se tinham tornado nos automóveis de quem não conseguia comprar um Ghia. Apesar de podermos ou não concordar com a opinião, o que é certo é que este Dual Ghia apresenta-se com um automóvel extremamente raro, cujo luxo impressionou na altura, e as formas ainda hoje o fazem. Frank Sinatra é apenas um dos nomes que figura na lista de celebridades que tiveram um automóvel da marca.

7 – Ford GT40 Roadster Prototype

gt40c

O Ford GT40 já é um automóvel fantástico agora imagine-se ouvir aquele monstruoso V8 de cabelos ao vento. Esta unidade em particular foi utilizada por, entre outros, por Carroll Shelby em testes de desenvolvimento. Mais uma vez, a raridade é um factor crucial uma vez que apenas foram construídos 12 exemplares do Ford Gt40 Roadster Prototype. Esperam-se mais de 4 000 000$ (3 000 000€).

6 – Aston DB3s

db3s

O Aston Martin DB3S foi utilizado pela marca nas 24 Horas de Le Mans. Ainda que não tenha vencido nenhuma prova, o Aston Martin DB3S conta com o pedigree e com as credenciais certas: linhas fluídas que parecem ter inspirado outros fabricantes como a Ferrari, um motor de 3 litros a produzir 210 cv e o mítico verde. Foram produzidas 20 unidades. Espera-se um valor entre os 5 000 0000$ e os 7 000 000$ (3 700 000 – 5 000 000€).

5 – Porsche 917k

917k

Cobiçado como um dos automóveis com mais sucesso do desporto motorizado, o Porsche 917k que vai a leilão foi o primeiro Porsche da série 917 a entrar em competição, para além de ter entrado no filme Le Mans de 1971 e de ter o mítico patrocínio da Gulf. Diz-se que a experiência de conduzir um Porsche 917 era simplesmente aterradora. Infelizmente não tivemos oportunidade de o comprovar, mas podemos ver e ouvir o glorioso som de um Porsche 917K em pista. Quanto ao valor que vai atingir apenas se podem esperar muitos «zeros» no valor final.

4- Lamborghini Miura SV

miura sv 1

Um automóvel que dispensa apresentações. Fruto da imaginação de um pequeno e jovem grupo de engenheiros da casa de Sant’Agata Bolognese, O Lamborghini Miura é ainda hoje considerado por muitos como o primeiro supercarro. No caso particular do Miura SV que vai a leilão, o exterior é em amarelo tradicional enquanto que o interior é preto, em cabedal. Uma combinação luxuriante.

3 – Nissan Skyline H/T 2000GT-R

gtr

Também conhecido como “Hakosuka”, este Nissan Skyline de 1972 conta com um motor de 6 cilindros em linha. Foi este o modelo que deu verdadeiramente início ao legado GT-R da Nissan. Um verdadeiro automóvel de culto japonês que se torna cada vez mais um sonho difícil de alcançar com um valor esperado de venda de 170 000$ (125 000€) , com tendência a valorizar.

2 – Ferrari 275 GTB/4

275

O que distingue este Ferrari 275 GTB/4 dos restantes é o seu antigo dono, o “King of Cool”, Steve McQueen. Os Ferraris 275 GTB/4 que têm ido a leilão já arrecadam milhões, mas neste caso espera-se um valor a rondar os 10 000 000 $ ( 7 350 000€). O Ferrari 275 é movido por um belíssimo bloco V12 de 3.3l, à moda antiga da Ferrari, escondido debaixo do icónico longo capot.

1 – Toyota 2000GT

2000 2

Existem alguns automóveis que vão certamente atingir 6 ou 7 vezes o valor esperado por este Toyota 2000GT, que poderá valer 1 300 000$ (950 000€). No entanto é este o automóvel que ocupa o primeiro lugar do meu Top 10. Porque? Porque é o primeiro automóvel japonês verdadeiramente colecionável, o primeiro japonês superdesportivo e… porque eu adoro este carro! Apesar dos modestos 150cv obtidos do bloco de 6 cilindros em linha com 2 litros de capacidade, o Toyota 2000GT mostrou ter um comportamento exemplar para a altura. O Design é também um trunfo, com um “nariz” comprido e linhas que ainda inspiram carros actuais como o Toyota GT86. Foram produzidas 351 unidades.

Agora se me permitem, vou ali jogar no Euromilhões já volto…

Imagens: RM Auction e outros.

Apaixonado por automóveis desde que tem memória, Ricardo Correia é fascinado por dois extremos: o hardcore automóvel das direcções não-assistidas e a engenharia de ponta das trocas de caixa instantâneas.