Novo Peugeot 308 elétrico promete ser o mais eficiente da classe

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

Novo Peugeot 308 elétrico promete ser o mais eficiente da classe

O Peugeot e-308 só chega em 2023, mas promete ser uma referência em eficiência no segmento, com a estreia de uma nova cadeia cinemática.

O Peugeot e-308 está prometido para 2023, mas foi já revelado, completando assim uma gama que agora se pode «orgulhar» de contar com versões a combustão, híbridas plug-in e totalmente elétricas.

A versão elétrica do 308 apresenta-se tanto no formato hatchback como carrinha, sendo esta a primeira carrinha 100% elétrica proposta por um construtor europeu.

Visualmente os e-308 e e-308 SW são difíceis de distinguir dos seus «irmãos» com motor de combustão, mas há diferenças e são justificadas pela necessidade de melhorar o desempenho aerodinâmico.

A NÃO PERDER: Peugeot 308 SW Diesel. Testámos a 308 «devoradora de quilómetros»
Peugeot e-308 SW vista traseira 3/4 a carregar
No total o e-308 tem três modos de condução: “ECO”, “NORMAL” e “SPORT”. Já o modo “BRAKE” aumenta a desaceleração ao libertar o pedal do acelerador, de modo a otimizar a recuperação de energia.

Desta forma tanto a secção dianteira como a parte inferior da carroçaria foram otimizadas para reduzir o arrasto aerodinâmico e os novos e-308 e e-308 SW contam ainda com novas jantes de 18”.

Os números do Peugeot e-308

Os Peugeot e-308 e e-308 SW trazem novidades ao nível da cadeia cinemática, estreando um novo motor elétrico e uma nova bateria.

Começando pelo motor, este apresenta-se com 115 kW (156 cv) e 260 Nm de binário, um incremento de 20 cv face ao motor elétrico que equipa as restantes propostas 100% elétricas da Peugeot.

Peugeot e-308 tabliê
No interior não encontramos diferenças em relação aos 308 que já conhecemos.

Já a nova bateria de 400 V, esta conta com 54 kWh de capacidade (51 kWh úteis) e conta uma nova composição química de 80% níquel, 10% manganês e 10% cobalto.

A Peugeot anuncia que, com esta nova bateria e um redutor mais eficiente, os e-308 e e-308 SW  têm uma autonomia superior a 400 km (ciclo WLTP), mas estando o processo de certificação ainda em curso, não há, por agora, um valor definitivo.

Um valor excelente considerando a capacidade da bateria, com a Peugeot a evidenciar a eficiência de todo o conjunto ao declarar um consumo energético de apenas 12,7 kWh por cada 100 km, um valor de referência entre as propostas elétricas do segmento C.

Peugeot e-308 pormenor logótipo
e-308 também estreia novo símbolo para identificar os elétricos na Peugeot.

Quanto ao carregamento, os e-308 e e-308 SW trazem com um carregador trifásico de bordo com 11 kW. Já utilizando um posto de carregamento público de 100 kW é possível passar de 20% a 80% de carga em menos de 25 minutos.

Quando chega?

Como já referimos inicialmente, a chegada ao mercado dos novos Peugeot e-308 e e-308 SW está prometida para meados de 2023 e, por isso, a marca gaulesa ainda não avançou com preços ou datas concretas de lançamento no mercado português.

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Peugeot 106 Electric?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Este é o Peugeot 106 Electric, o antepassado do e-208

Mais artigos em Notícias