Meyers Manx 2.0. O buggy original regressa em 2023 só como elétrico

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

Meyers Manx 2.0. O buggy original regressa em 2023 só como elétrico

Chamado Meyers Manx 2.0, o buggy original idealizado por Bruce Meyers nos anos 60 vai regressar como um veículo 100% elétrico.

O buggy original nasceu na década de 60 a partir do Volkswagen “Carocha” e agora prepara-se para «regressar à ribalta», mas como um buggy 100% elétrico: o Meyers Manx 2.0.

Com revelação marcada para o próximo “Monterey Car Week” (13-21 de agosto), o Meyers Manx 2.0 foi desenhado por Freeman Thomas, o atual diretor executivo da Meyers Manx e o designer por detrás de modelos como o Audi TT original ou o Volkswagen New Beetle.

Apesar de ser um modelo totalmente novo (e não um restomod), o Manx 2.0 manteve-se o mais fiel possível às linhas do original.

A NÃO PERDER: LOUCURA. Brabus Crawler é um mega-buggy diabólico de 900 cv
Meyers Manx 2.0
Na traseira as semelhanças com o buggy original são menos evidentes.

Continuamos a ter guarda-lamas pronunciados, rodas de grandes dimensões, a ausência de portas, dois grandes faróis redondos que não estão integrados na carroçaria e barras de proteção metálicas. As primeiras imagens mostram ainda um hardtop amovível.

Já no interior, o volante de três raios e os bancos sem encostos de cabeça são uma reminiscência do passado do buggy mais famoso do mundo.

Meyers Manx 2.0 interior

Mudam-se os tempos…

… mudam-se as vontades motorizações. Se no capítulo visual o Meyers Manx 2.0 ainda tem muito em comum com o modelo original, no capítulo da mecânica estes não podiam ser mais diferentes.

Baseado numa monocoque em alumínio (em vez do chassis do Volkswagen Beetle), o Manx 2.0 trocou o motor boxer refrigerado a ar por um motor elétrico montado atrás com 205 cv e 325 Nm.

A alimentar este motor podemos encontrar uma pequena bateria com 20 kWh que promete uma autonomia de 241 km ou de 40 kWh que já permite percorrer 483 km entre carregamentos sem que seja preciso recarregá-la.

Sempre crucial num buggy, a massa do Meyers Manx 2.0 manteve-se muito «controlada». Na versão com a bateria mais pequena fixa-se nos 680 kg e com a bateria maior não vai além dos 748 kg.

Para já os preços do Meyers Manx 2.0 ainda não foram divulgados. Contudo, sabemos que em 2023 serão produzidas as primeiras 50 unidades deste buggy elétrico.

Meyers Manx 2.0

Os proprietários dos Meyers Manx 2.0 estarão envolvidos no processo de desenvolvimento, recebendo atualizações remotas ou over the air. Quanto ao arranque da produção em série, esse está previsto para 2024.

Sabe responder a esta?
Em que modelo se baseava o pequeno comercial Volkswagen Basis-Transporter?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Basis-Transporter. O elemento “esquecido” dos comerciais da Volkswagen

Mais artigos em Notícias