Próxima geração do Volkswagen Golf em discussão. Haverá um sucessor?

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Próxima geração do Volkswagen Golf em discussão. Haverá um sucessor?

Thomas Schäfer, o diretor executivo da Volkswagen, não garante que o Volkswagen Golf venha a ter um sucessor.

Foi há pouco mais de um ano que a Volkswagen confirmou que teríamos sucessores, ainda com motores de combustão, mas eletrificados, para os Golf, Passat, Tiguan e T-Roc.

Destes, por agora, só vimos o Passat — já confirmado pelos protótipos de teste «apanhados» em fotos-espia —, mas só existirá como Variant, ou seja, em formato carrinha.

A berlina, menos vendida, termina com a geração em comercialização e para os interessados ainda neste formato sobra o Arteon e o futuro e exclusivamente elétrico ID. Aero.

VEJAM TAMBÉM: Euro 7 vai custar até 5000 euros por carro diz o novo CEO da Volkswagen

Agora, apesar desse oficial, o novo diretor executivo da Volkswagen, Thomas Schäfer — que assumiu funções no início deste mês de julho —, em entrevista ao jornal alemão Welt am Sonntag levanta dúvidas sobre um sucessor para o best seller da marca, o Golf.

Golf 8 não tem tido «vida» fácil

O Volkswagen Golf é, tradicionalmente, o carro mais vendido da Europa e um dos mais vendidos no mundo pela marca alemã, e a geração atual (oitava, conhecida em 2019), não tem tido uma carreira comercial fácil.

Não só tem sofrido pressão de outras tipologias, como os SUV — o Tiguan ultrapassou o Golf como o carro mais vendido da Volkswagen no mundo —, como também dos novos elétricos, como o «irmão» ID.3.

Volkswagen Golf 2.0 TDI First Edition © Thom V. Esveld / Razão Automóvel

Para mais, a pandemia e consequente crise dos semicondutores têm levado a Volkswagen a dar prioridade à produção de outros modelos na sua gama, mais rentáveis, fazendo com que o Golf tenha caído na tabela de vendas. No primeiro trimestre de 2022 foi o terceiro modelo mais vendido na Europa, atrás do Peugeot 208 e do Dacia Sandero.

Haverá um Golf 9?

Mas segundo Schäfer, é o caminho político traçado pela União Europeia para a mobilidade elétrica — a partir de 2035 será proibida a venda de automóveis novos com motor de combustão — e o desenvolvimento rápido da procura que esse caminho está a gerar, que mais ameaçam a existência ou não de uma futura geração do Volkswagen Golf.

Volkswagen Golf GTE © Thom V. Esveld / Razão Automóvel

“Teremos de ver se vale a pena ou não desenvolver um novo veículo que não durará (no mercado) sete ou oito anos completos”, disse Schäfer ao jornal alemão, antes de rematar que é “extremamente caro” desenvolver um novo modelo.

Thomas Schäfer não deu uma resposta definitiva ao Welt am Sonntag, pois a decisão final ainda não foi tomada: “Saberemos mais em 12 meses”, concluiu.

Se não há certezas sobre um futuro Golf 9, o que sabemos de certeza é que já se trabalha numa atualização do atual Golf 8. Os rumores apontam para que essa renovação chegue em 2024, coincidindo com o 50.º aniversário do familiar compacto alemão.

Fonte: Welt am Sonntag

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançado o primeiro Golf R32?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Glórias do Passado. Volkswagen Golf R32, o primeiro R

Mais artigos em Notícias