Mercedes-Benz Classe A e Classe B. Fim da linha pode chegar em 2025

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Mercedes-Benz Classe A e Classe B. Fim da linha pode chegar em 2025

Segundo os alemães do jornal Handelsblatt os Mercedes-Benz Classe A e Classe B vão deixar a gama da Mercedes-Benz em 2025.

Recordam-se de há uns tempos termos noticiado que o futuro do Mercedes-Benz Classe A (e também do BMW Série 1) podia estar em risco?

Pois bem, ao que parece esta possibilidade é, cada vez mais, uma realidade e agora os alemães do jornal Handelsblatt até apontam uma data para o possível desaparecimento do compacto alemão: 2025.

Segundo esta publicação a Mercedes-Benz deverá manter a atual geração do Classe A — lançada em 2018 — em produção até 2025. Depois dessa data o representante da «marca da estrela» no segmento C desaparecerá sem deixar sucessor direto.

A NÃO PERDER: Digam olá à Mythos e adeus aos «carros acessíveis». Mercedes-Benz revela nova estratégia

A acompanhá-lo nessa «reforma» estará, de acordo com o Handelsblatt, o Mercedes-Benz Classe B. Já na sua terceira geração, o Classe B tem visto as suas vendas ressentirem-se com a perda de popularidade dos monovolumes e pela procura cada vez maior pelos SUV.

As razões do «abandono»

Por trás deste possível desaparecimento dos Mercedes-Benz Classe A e Classe B está o novo modelo de negócio da Mercedes-Benz, no qual apenas 25% do investimento será aplicado nos modelos de base de gama, conhecidos como os «Entry Luxury».

Tendo isto em conta, é provável que a marca de Estugarda se foque nos sucessores dos CLA e CLA Shooting Brake, GLA e GLB. Estes modelos deverão adotar a plataforma MMA pensada para modelos elétricos e híbridos plug-in e que já suporta o novo sistema operativo MB.OS.

Mercedes-Benz -Entry Luxury-
A oferta da Mercedes-Benz nos segmentos mais baixos vai mudar muito nos próximos anos.

Tal foi praticamente confirmado por Markus Schäfer, Diretor de Tecnologia da Mercedes-Benz, que recentemente afirmou: “Os modelos «Entry Luxury» basear-se-ão pela primeira vez na arquitetura de software MB.OS em 2024. Em vez de sete, planeamos oferecer quatro modelos neste segmento”.

Fonte: Handelsblatt.

Sabe responder a esta?
Que empresa foi responsável pela criação do 190E City, a versão hatchback do famoso Mercedes-Benz 190 (W201)?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

190E City. O rival do Golf que a Mercedes-Benz nunca produziu

Mais artigos em Notícias