700 cv para o último Aston Martin V12 Vantage de sempre. E já esgotou

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

700 cv para o último Aston Martin V12 Vantage de sempre. E já esgotou

O Aston Martin V12 Vantage é um cocktail de performance explosivo com 700 cv de potência, mas também o último da sua «espécie».

O maior motor no carro mais pequeno é a essência do Aston Martin V12 Vantage desde que conhecemos o primeiro em 2009.

E a «tradição» continua na mais recente — e última — versão de topo do desportivo britânico. Afinal, por debaixo do capô deste musculado Vantage reside o mesmo 5.2 V12 biturbo que já conhecemos dos DB11 e DBS.

O nobre «coração» debita aqui 700 cv às 6500 rpm e 753 Nm de binário que estão disponíveis entre as 1800 rpm e as 6000 rpm, fazendo deste o mais poderoso Vantage de sempre.

VEJAM TAMBÉM: O «ronco» dos deuses. Aston Martin V12 Vantage está de volta
Aston Martin V12 Vantage

Com tal «poder de fogo» não admira que seja muito rápido, mesmo sabendo que a transmissão continua a ser feita exclusivamente às rodas traseiras — com generosas medidas de 315/30 R21; à frente são 275/35 R21 —, através de uma caixa automática de oito velocidades da ZF (a mesma do Vantage V8), contando ainda com o auxílio de um diferencial autoblocante mecânico.

A Aston Martin anuncia 3,4s para atingir as 60 mph (96 km/h) e uma velocidade máxima de 200 mph, o mesmo que 322 km/h.

Guerra aos quilos

Como seria de esperar não bastou «encaixar» o enorme V12 no compartimento do motor do Vantage e dar o dia por terminado.

Aston Martin V12 Vantage

A Aston Martin reformulou substancialmente o Vantage para receber o novo motor e um dos principais focos foi o de mitigar a massa adicional do V12 em relação ao V8.

Para isso, o V12 Vantage recebeu uma dieta intensiva de fibra de carbono: para-choques dianteiro e traseiro, capô, guarda-lamas, saias laterais e tampa da bagageira são feitos nesse material.

A guerra aos quilos levou também à adoção de uma bateria mais leve e a um novo sistema de escape com dupla saída central em aço inoxidável (1 mm de espessura),que por si só, reduziu em 7,2 kg a massa do desportivo.

Aston Martin V12 Vantage

Os travões em carbono-cerâmica retiram mais 23 kg (em massas não suspensas) e há ainda a opção de jantes mais leves de 21″, que poupam mais 8 kg.

Mesmo assim, o V12 Vantage não evita um aumento de 165 kg quando comparado com o Vantage V8, com a sua massa a fixar-se nos 1795 kg (DIN).

Apuro dinâmico

O novo Aston Martin V12 Vantage viu também a rigidez da carroçaria aumentar em 8% e a rigidez lateral aumentou em 6,7%, providenciando uma base mais sólida para otimizar todo o pacote dinâmico.

O desportivo britânico vem agora equipado com uma nova suspensão adaptativa, o que levou também à instalação de novas barras estabilizadoras, sinoblocos e novos suportes para amortecedores e molas.

VEJAM TAMBÉM: Aston Martin DBX707. O SUV de luxo mais potente e rápido do mundo

A direção foi recalibrada, as vias são agora mais largas em 40 mm, as molas mais firmes (50% à frente e 40% atrás) assim como os apoios superiores da suspensão (+13%). Curiosamente, apesar da nova barra estabilizadora dianteira ser 5% mais firme, a traseira é 41% mais suave.

Aston Martin V12 Vantage

Como já referimos os travões são agora em carbono-cerâmica e são imensos: 410 mm de diâmetro (e 38 mm de espessura) com pinças de seis pistões à frente; e 360 mm x 32 mm com pinças de quatro pistões atrás.

«Colado» ao asfalto

O controlo do fluxo de ar recebeu também a devida atenção por parte dos engenheiros da Aston Martin. O destaque está na nova e dramática asa traseira que é capaz de gerar 204 kg de força descendente (downforce) à sua velocidade máxima. Atrás também vemos um difusor integrado no novo para-choques traseiro.

Aston Martin V12 Vantage

As necessidades de ar do 5.2 V12 biturbo e dos respetivos radiadores são garantidas por uma nova abertura dianteira 25% maior do que no Vantage V8.

Para libertar o calor em excesso, o capô também integra uma nova saída de ar em forma de ferradura, inspirada por um dos seus antecessores, o Vantage GT12, o tributo da marca ao V12 Vantage GT3 de competição.

Aston Martin V12 Vantage

Já esgotou

Apesar de só agora estarmos a conhecer o Aston Martin V12 Vantage, as 333 unidades que estão prestes a começar a ser produzidas — as entregas começam no segundo trimestre de 2022 — já esgotaram.

A própria marca britânica ficou surpreendida com a elevada procura que o novo modelo conheceu, mas pode não ser assim tão surpreendente. Afinal este será o último V12 Vantage de sempre, tendo em conta que os responsáveis do construtor britânico já anunciaram que os sucessores do Vantage e do DB11 serão 100% elétricos.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Opel Calibra?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Lembras-te deste? Opel Calibra, esculpido pelo vento

Mais artigos em Notícias