GranTurismo Folgore. Mais de 1200 cv para o primeiro elétrico da Maserati

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Antevisão

GranTurismo Folgore. Mais de 1200 cv para o primeiro elétrico da Maserati

O GranTurismo Folgore é o primeiro da ofensiva elétrica da Maserati que culminará em 2030 com todos os Maserati a serem só elétricos.

Durante a apresentação dos seus resultados de 2021, a Maserati revelou também os seus planos acelerados de eletrificação, onde mostrou ainda as primeiras imagens do GranTurismo Folgore, o seu primeiro modelo 100% elétrico.

Apesar das dificuldades criadas pela pandemia e falta de semicondutores, as vendas da Maserati tiveram um crescimento substancial de 41% face a 2020, alcançando as 24 269 unidades. As receitas foram de 2021 milhões de euros e a margem operacional manteve-se nuns estáveis 5,1%.

Mas foi o GranTurismo Folgore que acabou por concentrar todas as atenções, assim como os planos da marca do tridente para a sua eletrificação total.

VEJAM TAMBÉM: 100% combustão e 100% elétrico. Haverá um Maserati GranTurismo para todos
Maserati GranTurismo Fulgore
Apesar de ainda estar camuflado, os contornos do novo GranTurismo nunca foram vistos com tanto detalhe.

GranTurismo Folgore

No caso do inédito GranTurismo Folgore, que será o primeiro elétrico de sempre da Maserati, surpreenderam os números avançados: nunca menos do que 1200 cv, 0 aos 100 km/h abaixo dos 3,0s e uma velocidade máxima acima dos 300 km/h.

Relembramos que o superdesportivo da marca, o MC20, equipado com um V6 biturbo, debita «apenas» 630 cv de potência…

Tendo em conta o «poder de fogo» deste GranTurismo — com soluções derivadas da Fórmula E, da qual fará parte a partir de 2023 —, não admira que venha com tração integral, não estando nos planos um GranTurismo Folgore de apenas tração traseira.

O coupé deverá ser revelado ainda antes do final deste ano, mas a sua comercialização inicia-se em 2023. Nessa altura será acompanhado também por um GranCabrio Folgore, a carroçaria descapotável.

Maserati GranTurismo Fulgore

O primeiro de muitos

O GranTurismo Folgore é apenas o primeiro de muitos elétricos na Maserati. Aliás, em 2030, a marca italiana só terá modelos 100% elétricos na sua gama.

"Estamos a ver uma aceleração forte na procura (por elétricos) por parte dos nossos clientes. Acredito que a procura por motores de combustão interna depois de 2030 será residual."

Davide Grasso, diretor executivo da Maserati

Os GranTurismo Folgore e GranCabrio Folgore chegam em 2023 e serão ainda acompanhados pela chegada do Grecale Folgore, a versão 100% elétrica do novo SUV da Maserati — para a semana será revelado o Grecale, mas com um motor de combustão, um quatro cilindros em linha turbo de 2,0 l, com tecnologia mild-hybrid.

Até 2025 veremos chegar mais três Maserati 100% elétricos. Um deles será a versão 100% elétrica do superdesportivo MC20, que estava prometida desde o início, não tendo sido ainda avançadas quaisquer especificações.

Os outros dois correspondem às novas gerações do Quattroporte e Levante. Fica por confirmar se as novas gerações destes modelos serão exclusivamente elétricas, ou se, como vai acontecer com o GranTurismo, também irão oferecer uma variante com motor de combustão interna.

E o Ghibli?

Para os fãs da berlina italiana, não temos boas notícias. Apesar do Maserati Ghibli ter sido o primeiro modelo da marca a ter recebido algum tipo de eletrificação, a berlina não irá ter um sucessor.

O seu lugar de ponto de acesso à gama Maserati passará a ser ocupado pelo SUV Grecale, a tipologia que ganha o favoritismo entre os clientes deste segmento.

A Maserati não avançou, por agora, com nenhuma data do fim de comercialização do Ghibli, modelo que chegou ao mercado em 2013.

Mais artigos em Notícias