Crise? Tesla bate recordes de vendas em 2021

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Crise? Tesla bate recordes de vendas em 2021

«Imune» à pandemia e à escassez de chips, a Tesla alcançou um novo recorde de vendas em 2021 e viu as suas ações valorizarem 50%.

Depois de um 2020 «para esquecer», a indústria automóvel enfrentou um ano de 2021 igualmente difícil, com a crise dos chips a juntar-se à pandemia. Contudo, nem todas as marcas parecem ter sido afetadas e a prová-lo estão as vendas alcançadas pela Tesla no ano passado.

No total, em 2021 a marca norte-americana vendeu mais de 936 mil automóveis, um aumento de 87% face aos números alcançados em 2020 (ano no qual a marca vendeu quase meio milhão de veículos). A «ajudar» a este novo e absoluto recorde estão as entregas no último trimestre do ano e cujos valores superaram todas as previsões dos analistas.

Enquanto estes apontavam para a entrega de 263 mil veículos entre outubro e dezembro de 2021, a marca de Elon Musk conseguiu entregar um total de 308 600 veículos, um novo recorde que representa um crescimento de 27,8% face ao anterior melhor trimestre, curiosamente o terceiro trimestre de 2021, no qual foram entregues 241 300 unidades.

A NÃO PERDER: Nova funcionalidade nos Tesla: um espetáculo de luzes «S3XY»

Bons indicadores

Além da Tesla ter atingido um novo recorde, as entregas do último trimestre de 2021 servem ainda como um indicador não só dos resultados financeiros da marca norte-americana como da procura por modelos elétricos — afinal, é das que mais vende automóveis elétricos.

«À boleia» destes bons resultados a Tesla viu as suas ações valorizarem 50% em 2021, com uma capitalização bolsista superior a um bilião de dólares, sendo uma de apenas cinco empresas norte-americanas cotadas em bolsa a alcançarem esse estatuto. Para os próximos anos, a marca mantém a ambição em alta e aponta a crescimentos anuais das entregas na ordem dos 50%.

LEIAM TAMBÉM: Não, não é Dia das Mentiras! Este Tesla Model S tem um V8

Aumento de produção a caminho

Capaz de «fintar» a crise dos chips melhor do que grande parte da indústria, por não só produzir a maioria dos chips que necessita (não estando estão dependente e exposta de fornecedores externos), como também por os seus engenheiros terem vindo a adaptar o software para que funcione com quaisquer chips disponíveis, a Tesla prepara-se para aumentar a sua produção em 2022.

Tesla Model S Plaid
O Model S Plaid como que trouxe de volta alguma da atenção para o maior dos Tesla.

Depois de em 2021 ter produzido um total de 930 422 veículos, neste ano a marca de Elon Musk verá duas novas fábricas iniciarem atividade, o que irá aumentar a sua capacidade de produção: a fábrica de Austin, no Texas e ainda a gigafábrica em Berlim.

Quanto aos best-sellers da marca norte-americana em 2021, esses foram, sem grandes supressas, a dupla Model 3/Model Y, dos quais foram comercializadas 906 032 unidades (foram produzidos 911 208) enquanto que dos Model S/Model X foram vendidas 24 390 unidades (e produzidas 24 964).

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Peugeot 106 Electric?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Este é o Peugeot 106 Electric, o antepassado do e-208

Mais artigos em Notícias